Direito E Sociedade No Oriente Antigo Mesopotamia E Egito artigos e trabalhos de pesquisa

  • O DIREITO E A SOCIEDADE NO ORIENTE ANTIGO

    O DIREITO E A SOCIEDADE NO ORIENTE ANTIGO INTRODUÇÃO 3 1 O direito e a sociedade Mesopotâmia e Egito 3 2 O direito e a sociedade dos hititas 5 3 O direito e a sociedade persa 6 4 Direito e a sociedade hebraica 6 CONSIDERAÇÕES FINAIS 9 REFERÊNCIAS 9 INTRODUÇÃO Esta pesquisa tem o intuito de maior conhecimento sobre o direito e história do Oriente Antigo, as cidades que fazem parte desta pesquisa são os povos do Egito, a Mesopotâmia...

    2009  Palavras | 9  Páginas

  • O direito nas sociedades primitivas

    FINAC RESUMO SOBRE O DIREITO NAS SOCIEDADES PRIMITIVAS E O DIREITO E SOCIEDADE NO ORIENTE ANTIGO: MESOPOTÂMIA E EGITO Por: Antonio Carlos Wolkmer e Cristiano Paixão Araújo Pinto VITÓRIA-ES SETEMBRO DE 2012 FINAC RESUMO SOBRE O DIREITO NAS SOCIEDADES PRIMITIVAS E O DIREITO E SOCIEDADE NO ORIENTE ANTIGO: MESOPOTÂMIA E EGITO Por: Antonio Carlos Wolkmer e Cristiano Paixão Araújo Pinto ...

    3148  Palavras | 13  Páginas

  • Direitos e Sociedade no Oriente Antigo: Mesopotâmia e Egito

    Direitos e Sociedade no Oriente Antigo: Mesopotâmia e Egito   Elementos de Transição na Sociedade e no Direito Geralmente, a modificação da sociedade e a evolução do direito caminham juntas. “Assim, a atividade do historiador envolve duas dimensões: a cartografia de sociedade e a percepção do fenômeno jurídico que brota na coletividade”, já que além de texto jurídicos e instituições judiciárias, é necessário também ampliar o campo histórico para aferir o real significado das manifestações do...

    730  Palavras | 3  Páginas

  • Direito E Sociedade

     FICHAMENTO : Direito e Sociedade no Oriente Antigo. De acordo com o texto as modificações das sociedades e a evolução do direito não podem ser separadas, elas tem que estar sempre juntas. Onde ele fala que todas as coisas históricas de antepassados tem que ser estudado e entendido para que se passe para futuras gerações e que é necessário para ampliar o campo histórico para ter o significado das manifestações do direito que surgem ao longo desse tempo. Niklas Luhmann classifica três grandes grupos...

    776  Palavras | 4  Páginas

  • resumo fundamentos de historia do direito 7° edicao

    1 CAPITULO DIREITO NAS SOCIEDADES PRIMITIVAS As origens do direito arcaico deve-se em muito ao amplo quadro de hipóteses possíveis e proposições explicativas distintas.O direito arcaico pode ser interpretado a partir da compreensão do tipo de sociedade que o gerou. Se a sociedade pré-histórica fundamenta-se no princípio do parentesco, nada mais natural do que considerar que a base geradora do jurídico encontra-se primeiramente, nos laços de consangüinidade, nas práticas...

    2761  Palavras | 12  Páginas

  • 2 Slide Direito e Sociedade no Oriente Antigo 1

    Direito e Sociedade no Oriente Antigo: Mesopotâmia e Egito Cristiano Paixão Araújo Pinto Sobre o texto Objetivo: Descrever os principais aspectos relacionados à produção, vigência e aplicação do direito nas civilizações da Mesopotâmia e Egito. Tema central: as formas de manifestação do direito e as instituições encarregadas de sua aplicação e propagação. Além de insinuar algumas possibilidades de subsistência desses institutos jurídicos nas civilizações clássicas posteriores. Elementos de transição...

    539  Palavras | 3  Páginas

  • teoria do direito

    O QUE É O DIREITO? Lei do mais forte. Homem primitivo – defesa. Inimigos naturais, submetê-los a seu domínio. Descoberta do fogo. Machado de silex, lanças com pontas de ossos. Grupos formados por “parentes” – rivalidades. Fracos fogem. Elemento do direito: respeito à coisa alheia. Necessidade de impor regras. O DIREITO NAS SOCIEDADES PRIMITIVAS Toda cultura tem um aspecto normativo. Cada sociedade esforça-se para assegurar uma determinada ordem social, instrumentalizando normas de...

    783  Palavras | 4  Páginas

  • O Direito nas sociedades primitivas

    CAPÍTULO 1 – O Direito nas sociedades primitivas A evolução na sociedade é constatada pela evolução do sistema jurídico que esta possui. É com a sua evolução que começa a distinção entre moral, direito e religião. O direito primitivo tem fonte na tradição, nos costumes e nos preceitos verbais. Trata-se de um direito marcado pelo simbolismo e força de rituais sagrados, assentado na mesma estrutura organizacional da sociedade. Como exemplo, tem-se o código de Hamurabi e os dez mandamentos de Moisés...

    951  Palavras | 4  Páginas

  • conceito de direito

    Capítulo 1 ANTONIO CARLOS WOLKMER1 SUMÁRIO: 1. Introdução 2. Formação do direito nas sociedades primitivas 3. Características e fontes do direito arcaico 4. Funções e fundamentos do direito na sociedade primitiva 5. Conclusão 6. Referências bibliográficas. 1. INTRODUÇÃO Toda cultura tem um aspecto normativo, cabendo-lhe delimitar a existencialidade de padrões, regras e valores que institucionalizam modelos de conduta. Cada sociedade esforça-se para assegurar uma determinada ordem social, instrumentalizando...

    16788  Palavras | 68  Páginas

  • O egito e a mesopotâmia

    História O Egito e a Mesopotâmia Valinhos-SP Março / 2012 Centro Educacional SESI 389 O Egito e a Mesopotâmia Trabalho apresentado à disciplina de História, como requisito da presente Etapa Letiva do curso de Educação Básica do 1º Ano da turma A do Ensino Médio do C.E. 389 sob a orientação do Professor André Medeiros. Valinhos - SP Março - 2012 INTRODUÇÃO Este trabalho tem o objetivo de aprofundar os conhecimentos no Egito e na Mesopotâmia, com os...

    3918  Palavras | 16  Páginas

  • Mesopotamia e egito

    .............................................03 2 MESOPOTÂMIA..................................................................................................................04 2.1 Antiga Mesopotâmia........................................................................................................04 2.2 Atual Mesopotâmia..........................................................................................................05 3 EGITO.......................................................

    1635  Palavras | 7  Páginas

  • Fichamento FUndamentos de Historia do Direito

    O Direito nas Sociedades Primitivas (pp. 1-10) primeiro capítulo WOLKMER, Antônio Carlos: Fundamentos de História do Direito São Paulo: 2006. A família teve papel fundamental para a criação do direito primitivo. A sociedade pré-histórica tinha sua base no princípio do parentesco, por isso considera-se que a base geradora do jurídico encontra-se primeiramente nos laços de sangue. As leis eram proferidas através da oralidade pois não havia uma forma de escrita naquela época. Eram marcadas pelas...

    579  Palavras | 3  Páginas

  • MESOPOTÂMIA E EGITO

    MESOPOTÂMIA E EGITO “Não há direito fora da sociedade .E não há sociedade sem direito.” Direito e sociedade no oriente antigo: Mesopotâmia e Egito. Introdução: Mudança fundamental na forma de sociedade e propiciar as novas manifestações do direito. Recapitulação do parâmetro geográfico, político e econômico. As formas de manifestação do direito, sua aplicação e propagação. Elementos de transição na sociedade e no direito: a mutação social é dependente de uma evolução do direito e vice e versa...

    1342  Palavras | 6  Páginas

  • Historia do Direito

    3. MESOPOTÂMIA E EGITO: ASPECTOS GEOGRÁFICOS, POLÍTICOS E ECONÔMICOS As civilizações ora estudadas fornecem um raro exemplo de simultaneidade do tempo histórico: elas são construídas de forma lenta, mas a finalização do processo de mudança dá-se no mesmo período. Com efeito, existem indícios de existência de vida humana na Mesopotâmia e Egito já na Era Neolítica (ano 7000 a.C. na região da Mesopotâmia e 5500 a.C. no Egito). Mas é no quarto milênio a.C. que a proximidade de datas fica mais...

    2429  Palavras | 10  Páginas

  • Mesopotamia e egito

    1 INTRODUÇÃO A Mesopotâmia é a denominação de um planalto de origem vulcânica localizado no Oriente Médio, delimitado entre os vales dos rios Tigre e Eufrates, ocupado pelo atual território do Iraque e terras próximas. Os rios desembocam no Golfo Pérsico e a região toda é rodeada por desertos. O Egito é um país do norte da África que inclui também a península do Sinai, na Ásia, o que o torna um Estado transcontinental. Com uma área de cerca de1 001 450 km², o Egito limita-se a oeste com a Líbia...

    1572  Palavras | 7  Páginas

  • Fundamentos de história do direito

    Professor e pesquisador nos cursos de Graduação e Pós-Graduação em Direito da UFSC Doutor em Direito e Professor Titular de História das Instituições Jurídicas. 3a EDIÇÃO – 2ª TIRAGEM Belo Horizonte – 2006 Copyright © 2006 by Editora Del Rey Ltda. Nenhuma parte deste livro poderá ser reproduzido, sejam quais forem os meios empregados, sem a permissão, por escrito, da Editora. Impresso no Brasil / Printed in Brazil w.delreyonline.com.br Editor: Arnaldo Oliveira Tel.: (31) 3284-9770 editor@delreyonline...

    19891  Palavras | 80  Páginas

  • Sociedades Mesopotâmicas

    Sociedades Mesopotâmicas 1-As primeiras grandes civilizações caracterizaram-se por se desenvolver à beira dos grandes rios. Estas características devem-se: a)ao fácil encontro de argila, material necessário para a fabricação dos tabletes sobre os quais puderam registrar os avanços de sua cultura. b)à facilidade de defesa e à rapidez de deslocamento pelo rio no caso de ameaça externa. c)à facilidade para a atividade agropecuária como meio de sobrevivência. d)à abundância de metais indispensáveis...

    2357  Palavras | 10  Páginas

  • Wolkmer (capítulo ii mesopotamia e egito.pdf

    CAPÍTULO II DIREITOS E SOCIEDADE NO ORIENTE ANTIGO: MESOPOTÂMIA E EGITO Não é possível separar a modificação da sociedade e a evolução do direito. Não há direito fora da sociedade. E não há sociedade fora da história. "[...] Nikolas Luhmann classifica três grandes grupos de manifestações do direito - que ele denomina ‘estilos' ao longo da história: (1) o direito arcaico, característica dos povos sem escrita; (2) o direito antigo, que surge com as primeiras civilizações urbanas e (3) o direito moderno...

    1381  Palavras | 6  Páginas

  • História do Direito

    2 Desenvolvimento Mesopotâmia Segundo Gilberto Cotrim a Mesopotâmia é a região do oriente médio localizada entre os rios tigre e Eufrates, que deságuam no golfo pérsico. Palavra de origem grega, Mesopotâmia significa ”terra entre rios’’. (Historia para o ensino Médio ,Brasil e geral, página 24). Egito Gilberto Cotrim afirma em seu livro Historia para o ensino Médio, Brasil e geral , que, “a civilização egípcia teve início por volta de 4000 a.c., desenvolveu-se em uma estreita faixa...

    1129  Palavras | 5  Páginas

  • O DIREITO ANTIGO

    CURSO DE DIREITO INTRODUÇÃO AO DIREITO – ASPECTOS HISTÓRICOS O DIREITO NO ORIENTE ANTIGO (EGITO E MESOPOTÂMIA) 1) A SOCIEDADE: - De uma sociedade arcaica para uma nova conformação social complexa; - Surgimento das cidades; - Invenção e domínio da escrita; - Desenvolvimento do comércio. De início, há que se ter em mente que a evolução do direito tem profunda, e necessária relação, com a evolução social. As primeiras cidades foram formadas na Mesopotâmia por volta do século IV a.C. Elas ...

    854  Palavras | 4  Páginas

  • História do direito

    Finac - Faculdade Nacional Direito - 1 Periodo -Noturno Aluno: Fabiano Gomes Cont Matéria - História do Direito Professor : João Cardoso Resumo dos Capítulos 1 , 2 O DIREITO NAS SOCIEDADES PRIMITIVAS Toda cultura tem um aspecto normativo,cabendo-lhe delimitar a existencialidade de padrões regras e valores que institucionalizam modelos de condulta. Cada sociedade esforça-se para assegurar uma determinada ordem social, capazes de atuar como sistema eficaz...

    2709  Palavras | 11  Páginas

  • LEGADO DA MESOPOTÂMIA E EGITO PARA O DIREITO

    história do direito se baseia na existência de fatores naturais, do individuo viver em sociedade. A escolha de um agrupamento, seja por total impulso, como forma natural de vida, presente desde o seu nascimento. Ou por uma VONTADE NATURAL, onde o individuo, escolhe viver em conjunto, seja por autoproteção contra um ambiente desconhecido, ou uma forma de se proteger, das más condutas do próprio homem. “NÃO A DIREITO SEM SOCIEDADE, E NÃO HÁ SOCIEDADE FORA DA HISTÓRIA” Para existir um direito, é necessário...

    1174  Palavras | 5  Páginas

  • FUNDAMENTOS DE HISTORIA DO DIREITO

    DIREITO E SOCIEDADE NO ORIENTE ANTIGO: MESOPOTÂMIA E EGITO CRISTIANO PAIXÃO ARAÚJO PINTO1 1. INTRODUÇÃO Serão abordados, de início, alguns fatores históricos que caracterizaram uma mudança fundamental na forma de sociedade e propiciaram a emergência de novas manifestações do direito. Em segundo lugar, apresenta-se uma rápida recapitulação do panorama geográfico, político e econômico que permeou as civilizações mesopotâmica...

    2669  Palavras | 11  Páginas

  • Hitoria do Direito

    entre o Direito e a História tem sido de há muito explorada, sem a preocupação, por nós considerada acertada, de estabelecer qualquer critério de subordinação ou dependência entre os fenômenos histórico e jurídico, mas sim uma relação de interdependência sob o enfoque normativo. Isso não significa que o tema seja pacífico e desprovido de divergências doutrinárias, sobretudo no que se refere ao mundo do Direito. Pretendemos a partir do estudo do direito vigente na Mesopotâmia e no Egito Antigo, compreender...

    1848  Palavras | 8  Páginas

  • A economia no antigo oriente proximo

    A Economia no antigo Oriente Próximo A economia das sociedades do antigo oriente próximo e caracterizada por organização não capitalista, diferente da economia atual Há existência de estabelecimentos humanos era possível através do aproveitamento dos recursos naturais ,como na mesopotâmia com os rios tigre e Eufrates , e do rio Nilo no egito ,na mesopotâmia os rios Tigre e Eufrates permitiram que a terra se tornassem férteis o bastante para o desenvolvimento da agricultura. Tanto Nilo quanto...

    1265  Palavras | 6  Páginas

  • Direito nas sociedades primitivas- wolkmer

    - O direito nas sociedades primitivas Questões propostas 1)Explique como se deu a formação do direito nas sociedades primitivas. O direito arcaico pode ser interpretado a partir da compreensão do tipo de sociedade que deu a sua origem. A sociedade da pré-história fundamenta-se no princípio do parentesco, considerando que a base geradora do jurídico, primeiramente provém de laços consanguíneos, nas práticas do convívio familiar de um mesmo grupo social, unido por crenças e tradições. Num tempo...

    2757  Palavras | 12  Páginas

  • Egito, Mesopotâmia e Hebreus

    Economia e Modo de Produção Asiático Sistemas de Irrigação e Grandes Construções Diferenças No Egito há mobilidade social para os Escribas. As principais construções são as Pirâmides. Eles adoravam deuses Antropozoomórficos e acreditavam na vida após a morte.  Faraós (governante é o Deus vivo). Escrita por Hieróglifos. São considerados civilização, pois constituem o mesmo povo. Na Mesopotâmia não há mobilidade social. As principais construções são zigurantes. Adoravam deuses Antropomórficos...

    653  Palavras | 3  Páginas

  • Trabalho de direito

    HERBERT LUCKAS GAU História do Direito: Direito, Ética e Religião nas Sociedades Primitivas e Antigas. Londrina 2012 As manifestações do Direito na história começaram no período Arcaico, onde surgiram as primeiras organizações sociedades primitivas. Depois vieram o Direito Antigo, onde surgiram as primeiras civilizações humanas como: Mesopotâmica, Egípcia, Hebreia, Grega, Romana e Feudal. E por fim o Direito Moderno, posterior a Revolução Francesa e Americana, onde surge a formação...

    1181  Palavras | 5  Páginas

  • Historia do direito: egito e mesopotâmia

    MESOPOTÂMIA E EGITO A RELIGIÃO E O DIREITO • Essas Grandes civilizações “floresceram” numa mesma época – num raro exemplo de simultaneidade do tempo histórico: elas foram construídas de forma lenta, mas a finalização do processo de mudança dá-se no mesmo período. • Existem indícios de existência de vida humana na Mesopotâmia e Egito já na Era Neolítica (ano 7000 a.C. na região da Mesopotâmia12 e 5500 a.C. no Egito). Mas é no quarto milênio a.C. que a proximidade de datas fica mais evidente....

    1965  Palavras | 8  Páginas

  • Egito e Mesopotamia

    Economia e Modo de Produção Asiático Sistemas de Irrigação e Grandes Construções Diferenças No Egito há mobilidade social para os Escribas. As principais construções são as Pirâmides. Eles adoravam deuses Antropozoomórficos e acreditavam na vida após a morte.  Faraós (governante é o Deus vivo). Escrita por Hieróglifos. São considerados civilização, pois constituem o mesmo povo. Na Mesopotâmia não há mobilidade social. As principais construções são zigurantes. Adoravam deuses Antropomórficos...

    627  Palavras | 3  Páginas

  • Historia e Direito

    arte de fazer Direito na Mesopotâmia e no Egito antigo Rogério de Araújo Lima|Lucas Cavalcante de Lima Publicado em 10/2011. Elaborado em 06/2011. Página 1 de 1 100%gostaram1voto ASSUNTOS: HISTÓRIA DO DIREITO TEORIA DO DIREITO As formas por meio das quais o direito se apresenta são delineadas no e pelo processo histórico. Para entendê-las é preciso conhecer a cultura dos povos numa relação espaço-temporal. Por isso, a Teoria do Culturalismo Jurídico permite-nos vislumbrar o Direito em sua inter-relação...

    2870  Palavras | 12  Páginas

  • ANÁLISE COMPARATIVA CIVILIZAÇÕES DO EGITO, MESOPOTÂMIA E PÉRSIA

    ANÁLISE COMPARATIVA CIVILIZAÇÕES DO EGITO, MESOPOTÂMIA E PÉRSIA Priscila Costa Egito Vários fatores geoclimáticos contribuíram sobremaneira para o estabelecimento das populações que, ao longo de milênios, foram se fixando nas diversas regiões do Oriente Médio. Ainda no período Pré-Histórico, uma enorme estiagem tomou grande parte do interior africano. Os animais e os homens primitivos, movidos pelo instinto de sobrevivência e pela busca da água, foram buscar refúgio no nordeste africano...

    2727  Palavras | 11  Páginas

  • Direito Egípcio e Babilônico

    Direito Egípcio e Babilônico A respeito do Direito da Antiguidade, os documentos jurídicos mais antigos datam cerca de 3.000 antes da nossa era, no Egito e na Mesopotâmia. Apenas há algumas centenas de anos os direitos da antiguidade ficaram conhecidos graças às descobertas arqueológicas, isso porque antes só se conhecia o Direito Romano, o Direito Grego e o Direito Hebraico. A reconstituição do Direito Egípcio e dos Direitos Cuneiformes só foi possível por causa da publicação e tradução de...

    1276  Palavras | 6  Páginas

  • Do contrato, da familia e da responsabilidade civil no egito antigo

    Os mais antigos documentos escritos de natureza jurídica aparecem por volta de 3100 aC. no Oriente Próximo, tanto no Egito como na Mesopotâmia. A transmissão oral da cultura passou a ser insuficiente para a preservação da memória e identidade dos primeiros povos urbanos, já que possuíam uma estrutura religiosa, política e econômica mais diferenciada.A característica principal do Egito foi e é o fato de ter o rio Nilo cortando o seu território por aproximadamente mil quilômetros e sua dependência...

    539  Palavras | 3  Páginas

  • O direitos dos povos primitivos

    O DIREITO DOS POVOS PRIMITIVOS: Introdução: Quando falamos sobre o direito dos povos sem escrita, deixamos vago o assunto. Através de estudos e pesquisas profundamente minuciosas, for possível restituir os vestígios deixados pelos povos primitivos, suas moradias, rituais, religião e artesanatos, Enfim, quase tudo que diz respeito ao modo de sobrevivência dessa época. Mas, o direito requer além desses itens, o domínio do conhecimento de como funcionavam as instituições dessa época, considerando...

    2475  Palavras | 10  Páginas

  • Civilização da Mesopotâmia

     SUMÁRIO 1 REGIÃO ENTRE RIOS TIGRES E EUFRATES A Mesopotâmia era uma região que se localizava entre os rios Tigre e Eufrates no continente asiático, onde atualmente encontra-se o Iraque.  Este fato deu origem ao seu nome, que significa “terra entre rios”. Varias civilizações surgiram na Mesopotâmia, como os Sumérios, Acádios, Babilônios, Caldeus, que possuíam algumas características semelhantes, entretanto, a região era frequentemente palco de varias invasões e guerras...

    1908  Palavras | 8  Páginas

  • Resumo dos capítulos 1,2 e 3 do livro Fundamentos históricos do Direito Antonio Carlos Wolkmer

    RESUMO Livro: “Fundamentos de história do Direito”, Antonio Carlos Wolkmer. Capítulos 1, 2 e 3. Capt. 01- Todas as sociedades comportam maneiras para obter o equilíbrio dentro delas, comportando normas para que haja esse tal equilíbrio. As normas ou leis são consideradas...

    3329  Palavras | 14  Páginas

  • EGITO X MESOPOTÂMIA

    Segundo Ciro Flamarion Santana Cardoso, em sua obra ''O Trabalho Compulsório Na Antiguidade'' a hierarquização da sociedade egípcia é um tema que gera controvérsias, em vista de que a documentação existente não deixa clara a divisão entre homens livres e escravos. Estes de fato existiam no Egito, provavelmente desde o Reino Antigo segundo G. Dykmans, quando os prisioneiros de guerras eram transformados em escravos pelo Estado, passando a ser sua posse. Mas de fato o escravo como propriedade particular...

    5074  Palavras | 21  Páginas

  • RESUS EGITO

    na região do Crescente Fértil. Dentre estas civilizações, está o Egito. O Egito é um país que está localizado no nordeste da África. As sociedades egípcias e mesopotâmicas foram conhecidas como sociedades hidráulicas. O Egito destacou-se pela organização de um forte Estado, vinculado aos recursos hídricos, que comandou milhares de pessoas. O rio Nilo é tão importante para os egípcios que o historiador Heródoto afirmou se o “Egito, uma dádiva do Nilo”. As águas do Nilo servem para a agricultura...

    3968  Palavras | 16  Páginas

  • Povos antigos - egito/hebreus/fenicios/persas

    invadiram a Grécia). b) A sociedade dos AQUEUS e a PRIMEIRA DIÁSPORA GREGA Os AQUEUS construíram sua principal cidade, Micenas, estabelecendo um imenso intercâmbio com os cretenses(da Ilha de Creta) e iniciaram um processo expansionista e militar, por volta de 1400 a.C., dominando o mar Egeu e o mar Negro e participaram da lendária Guerra entre gregos(aque- us) e troianos(da Turquia). Por volta do séc. XI a.C.,a civilização micênica(ou sociedade dos aqueus) foi derrotada pela...

    2223  Palavras | 9  Páginas

  • Historia do direito

    3 - Direito e Sociedade no Oriente Antigo - Parte I: Egito [pic] Com a mudança climática ocorrida no início do período neolítico, por volta de 12.000-10.000 anos a.C., regiões antes úmidas tornaram-se secas, e algumas comunidades nômades que ali viviam se fixaram nas margens de grandes rios. No Egito, povos se fixaram nas margens do rio Nilo; e na Mesopotâmia – região que hoje corresponde mais ou menos ao que é o Iraque, parte da Síria e da Turquia –, entre os rios Tigre e Eufrates. Outras...

    1042  Palavras | 5  Páginas

  • Direito no Egito

    o Direito no Egito Antigo 4.1 o Reino do Egito Antigo: no alvorecer das civilizações O Egito dos faraós foi, senão o reino de maior projeção política na longa trajetória histórica do Oriente Próximo, pelo menos um dos mais influentes durante toda a Antiguidade. Para tanto, concorreram alguns fatores geográficos, além, é claro, da habilidade peculiar cre- ditada àquela gente. Sabe-se que a terra foi descrita por Heródoto como verdadeira "dádiva", graças à fecundidade do solo proporcio- nada por...

    2534  Palavras | 11  Páginas

  • Caracteristicas do direito hebreu

    ARGENTINO DEPARTAMENTO: PÓS GRADUAÇÃO CARRERA: CIÊNCIAS JURÍDICAS E SOCIAIS ASIGNATURA: HISTÓRIA DO DIREITO COMISIÓN: TURMA 1RC10 AÑO DE INGRESO AL DOCTORADO: 2010 FECHA/PERIODO 17/Julho/2010 PROFESOR A CARGO: JOAQUIM MIRANDA INSTITUCIÓN DE ORIGEN (POR CONVENIO): CEI ± Centro de Estudos Internacionais NOMBRE Y APELLIDO DEL DOCTORANDO: LUIZ ALBERTO DE SOUZA RIBEIRO TÍTULO DEL TRABAJO: DIREITO HEBRAICO ANTIGO FECHA DE PRESENTACIÓN DEL TRABAJO: Julho / 2010 DE CURSADA DE LA ASIGNATURA: 05 a 1 Sumário ...

    4899  Palavras | 20  Páginas

  • história do direito

    UNESC – CACOAL PROFª MATILDE MENDES DISCIPLINA: HISTÓRIA DO DIREITO CONTEÚDO: HISTÓRIA DO DIREITO NO EGITO ANTIGO. O Egito não nos transmitiu até agora nem códigos nem livros jurídicos; mas foi a primeira civilização da humanidade que desenvolveu um sistema jurídico que se pode chamar individualista. Em qual época os fatos a seguir teriam ocorrido?  Cena familiar A mãe olha ao entorno na pequena sala, joga os braços ao longo do corpo, o filho adolescente com a perna engessada;...

    2657  Palavras | 11  Páginas

  • Historia do direito

    Oriente Próximo: Egito, Hebreus e Mesopotâmia. Três são os principais fatores históricos responsáveis pela transição das formas arcaicas da sociedade para as primeiras civilizações da antiguidade: a) Surgimento das cidades; b) Invenção e domínio da escrita; c) Advento do comércio. d) Os mais antigos documentos escritos de natureza jurídica aparecem por volta de 3100 a.C no Oriente Próximo, tanto no Egito como na Mesopotâmia. A transmissão oral da cultura...

    2789  Palavras | 12  Páginas

  • O Oriente e o Mediterraneo

    O Oriente e o Mediterrâneo Modelos Educativos 1 – A Revolução do Neolítico e a Educação. A Pré-História humana, ainda que confundida com a história da natureza, geologia, biologia e a antropologia inicia-se com a mudança de postura do que seria o primata, ou seja, acredita-se que o homem andava como os macacos e essa mudança ocorreu a partir do momento que ele passou a andar sobre seus pés. Essa mudança de postura os torna capazes de controlar as coisas ao seu redor ao passo que libera as...

    4781  Palavras | 20  Páginas

  • O DIREITO NOS PRIMEIROS POVOS E O C DIGO DE HAMURABI

    O DIREITO NOS PRIMEIROS POVOS E O CÓDIGO DE HAMURABI O direito primitivo nasceu de forma espontânea devido a necessidades de antigamente, grupos estava à procura de melhores condições de convivência em grupo, possuindo principalmente sua origem nas famílias, derivado de crenças religiosas admitidas na época, posteriormente com o surgimento da escrita que nasceu os “códigos” formais, ligados a divindades sagradas, para por ordem nas sociedades. No entanto o simples fato da descrição de textos jurídicos...

    1546  Palavras | 7  Páginas

  • Mesopotâmia (seminário)

    Bibliográficas ________________________________________12 História A palavra mesopotâmia tem origem grega e significa "terra entre rios". Essa região localiza-se entre a Ásia, África e a Europa, delimitada pelos rios Tigre e Eufrates no Oriente Médio, onde atualmente é o Iraque. Esta civilização é considerada uma das mais antigas da história. Vários povos antigos habitaram essa região. Entre estes povos, podemos destacar: babilônicos, assírios, sumérios, caldeus, amoritas...

    1788  Palavras | 8  Páginas

  • historia da mesopotâmia

    História da Mesopotâmia  História da Mesopotâmia, Povos Mesopotâmicos, Assírios, Babilônios, Sumérios, Babilônia, Código de Hamurabi, Escrita Cuneiforme, Zigurate, Jardins Suspensos da Babilônia, Torre de Babel, economia, arquitetura, arte, administração, Caldeus Principais povos  Vários povos antigos habitaram essa região entre os séculos V e I a.C. Entre estes povos, podemos destacar: babilônicos, assírios, sumérios, caldeus, amoritas e acádios.  Características comuns No geral, eram povos...

    2082  Palavras | 9  Páginas

  • A mesopotâmia

    A MESOPOTÂMIA RESUMO A Mesopotâmia era uma região que se localizava entre os rios Tigre e Eufrates no continente asiático, onde atualmente encontra-se o Iraque.  Este fato deu origem ao seu nome, que significa “terra entre rios”. A Mesopotâmia fazia parte de uma grande região conhecida como “Crescente Fértil”, pois era a região mais fértil do mundo antigo, juntamente com Egito, Palestina, Fenícia dentre...

    3248  Palavras | 13  Páginas

  • Direito nas sociedades primitivas

    O DIREITO NAS SOCIEDADES PRIMITVAS Todo agrupamento social produtora de cultura, possui um aspecto normativo, onde este é responsável por delimitar a existência de padrões, regras e valores que reunidos formam modelos de condutas que devem ser seguidos por componentes deste agrupamento como forma de garantir uma ordem no convívio do mesmo. Cada sociedade esforça-se para manter esta ordem social, para isto utilizam-se normas de regulamentações como forma de estabelecer e manter certo controle social...

    2600  Palavras | 11  Páginas

  • Ciro Flamarion Cardoso - Sociedades do Oriente Próximo - Resumo

    Texto: Sociedades do Oriente Próximo Autor: Ciro Flamarion Cardoso Campus: ICHS Seropédica Professor: Lobianco Matéria: História Antiga 1 Fichamento: Raphael Castelo Branco da Silva Parte 1: A Antiga Mesopotâmia: O autor começa o texto dando a localização geográfica da Mesopotâmia, depois passa a falar sobre o povoamento da alta Mesopotâmia, que começou em tempos remotos, e da baixa Mesopotâmia, que foi tardio, não existindo antes de 5000 antes de Cristo. O autor cita a heterogeneidade...

    1970  Palavras | 8  Páginas

  • Resumo introdução ao estudo do direito

    1 ANHANGUERA EDUCACIONAL HISTÓRIA DO DIREITO E INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO PROF. ANA CLARA CORREA HENNING HISTÓRIA DO DIREITO UNIDADES 1 E 2 NÃO EXISTE SOCIEDADE SEM DIREITO: “Ubi societas, ibi jus” Direito Positivo: aquele que encontra-se em vigor em uma sociedade em um momento específico, seja no passado ou na atualidade. UNIDADE 1 – ANÁLISE HISTÓRICA O estudo de qualquer sociedade, em determinada época, necessita englobar todos os seus aspectos: sociais, econômicos, políticos...

    2574  Palavras | 11  Páginas

  • Historia do direito no oriente próximo e no extremo oriente

    HISTÓRIA DO DIREITO NO ORIENTE PRÓXIMO E NO EXTREMO ORIENTE Disciplina: História do Direito Objetivo: obtenção de Créditos Professor: Edimar Molinari ARACRUZ 2013 Sumário Introdução 3 ORIENTE PRÓXIMO 4 Egito 4 Breve histórico 4 Característica do direito 5 Principais institutos 6 Hebreus 7 Breve histórico 7 Características do direito 8 Principais...

    4420  Palavras | 18  Páginas

  • História do Direito Egípcio e Direito Babilônico

    1 - O Direito Egípcio Na Civilização Egípcia predominou um Estado Teocrático, vinculado ao regime de castas. A primeira camada da sociedade era formada pelos sacerdotes e pelos guerreiros, abaixo vinham os pastores, os agricultores e os artesãos. Os escravos formavam a última classe. A história de rei e sacerdote, no Egito, é diferente da história da Babilônia, pois os Reis da Suméria e da Assíria, eram sacerdotes que se tinham tornado reis. O Faraó do Egito não parece ter seguido esta direção...

    798  Palavras | 4  Páginas

  • História do direito e os direitos humanos

    DO DIREITO E OS DIREITOS HUMANOS Módulo 1 - Os Povos Antigos e as primeiras normas escritas HISTÓRIA Conceito – “A história é a memória da humanidade ...”. [1] Objeto – “O ser humano e a sucessão temporal de seus atos.”.[2] DIREITO Conceito - Dis + Rectum = muito reto, justo, significa o que é muito justo. Pode-se dizer que o Direito é um complexo de normas destinado à solução de conflitos, realizando-se desta forma a justiça. As regras destinam-se a disciplinar a vida em sociedade, portanto...

    1414  Palavras | 6  Páginas

  • resumo história direito

    HISTÓRIA DO DIREITO Grupos de manifestações: Direito Arcaico: Característico dos povos sem escrita. Direito Antigo: Surge com as primeiras civilizações humanas. Direito Moderno: Próprio das sociedades posteriores a Revolução Francesa. A história do direito começa em 300 a.c nas sociedades primitivas, o qual era denominado de direito arcaico primitivo. As principais características desse período são: Direito não Legislado/não escrito Direito único no grupo social Pluralidade de direitos Direito...

    2374  Palavras | 10  Páginas

  • Direito

    ocorrer no atual Oriente Médio, lugar de solos férteis bastante propícios ao desenvolvimento da agricultura. HISTÓRIA DO EGITO ANTIGO LOCALIZAÇÃO: Deserto do Saara-nordeste da África. EVOLUÇÃO POLÍTICA PERÍODO PRÉ-DINÁSTICO( 4000 A.C - 3200 A.C.) Divisão em nomos (pequenas unidades políticas), ou seja, as antigas vilas neolíticas. Seus chefes eram chamados de nomarcas. Com o passar do tempo, estes nomos vão se unindo até formar dois reinos: ALTO EGITO, ao sul e BAIXO EGITO, ao norte. Em 3200...

    2295  Palavras | 10  Páginas

  • Mesopotâmia

    Introdução A palavra mesopotâmia tem origem grega e significa "terra entre rios". Essa região localiza-se entre os rios Tigre e Eufrates no Oriente Médio, onde atualmente é o Iraque. Esta civilização é considerada uma das mais antigas da história. Vários povos antigos habitaram essa região entre os séculos V e I A.C. Entre estes povos, podemos destacar: babilônicos, assírios, sumérios, caldeus, amoritas e acádios.  Vale dizer que os povos da antiguidade buscavam regiões férteis, próximas a rios...

    2353  Palavras | 10  Páginas

  • Sociedades e história antiga

    de Web-aula tratando de um assunto fascinante, no qual desperta o interesse, tanto de historiadores quanto de simples curiosos. Nesta Web-aula, trabalharemos alguns conhecimentos fundamentais sobre o Egito antigo, assim como alguns cuidados metodológicos importantes para trabalhar com as sociedades antigas. Para realizar este trajeto, você contará com a ajuda de dois autores que foram selecionados: Ciro Flamarion Cardoso e Eric Voegelin. No decorrer da exposição dos conteúdos aparecerá a indicação...

    3472  Palavras | 14  Páginas

tracking img