O tratado de versailles de 1919

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 27 (6696 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O Tratado De Versailles de 1919

Introdução
Nenhum evento nas relações internacionais tem tanta capacidade de transformar a forma como se pensa o cenário mundial quanto uma guerra. Em sistemas de equilíbrio de poder, mudanças tão drásticas, sejam elas territoriais, politicas e econômicas, podem significar seu próprio declínio, sendo fundamental a compreensão do conflito e a estabilização destebalanço de poder.
Sendo assim, com o término da Primeira Guerra Mundial, se faz necessário repensar a política internacional, principalmente no que diz respeito ao equilíbrio de poder europeu. Questões adormecidas há praticamente um século, como a manutenção da paz entre Estados soberanos, ressurgem nas negociações do Tratado de Versailles, documento que, além de concluir a Primeira GrandeGuerra, marca o nascimento das Relações Internacionais como disciplina, instaurando um caráter liberalista nas análises da Política Internacional.

Este trabalho tem por finalidade analisar a construção e efeitos do Tratado de Versailles na compreensão da Política Internacional a partir de então, além de apontar seus equívocos que culminaram na Segunda Guerra Mundial apenas vinte anos depois.

1.Contexto Histórico
A Primeira Guerra Mundial, que se desenvolveu entre 1914 a 1918 na Europa central e somou pelo menos 25 milhões de mortes, foi o conflito resultante da tensão construída pelos Estados imperialistas europeus no fim do século XIX e início do século XX.

As causas que levaram as potências imperialistas à Grande Guerra permanecem motivo de debate entre especialistas.

SegundoMartin Kelly, da Universidade da Flórida, as causas mais amplamente aceitas são:

1)      As Alianças de Defesa Mútua entre: Rússia e Sérvia; Alemanha e Império Austro-Húngaro; França e Rússia; Grã-Bretanha, França e Bélgica; Japão e Grã-Bretanha.
 “O Império Austro-Húngaro, ao declarar guerra contra a Sérvia, envolve a Rússia para defender a Sérvia. A Alemanha, notando a mobilização da Rússia,declara guerra contra a mesma. A França se coloca contra a Alemanha e o Império Austro-Húngaro. A Alemanha ataca a França através da Bélgica, trazendo a Grã-Bretanha para o conflito, acompanhada do Japão. Mais tarde, os Estados Unidos e a Itália decidem se envolver.”
Esta breve explicação tem como objetivo apenas esclarecer por meio de quais alianças as potências foram atraídas para o conflito, osmotivos pelos quais cada um destes Estados escolheu se envolver serão abordados posteriormente.

2)      O Imperialismo. No início do século XX, compreende-se poder e riqueza como sinônimo de posse territorial. Tanto a África quanto a Ásia são pontos de disputa entre as potências europeias, principalmente pela abundância de matérias-primas existente nestas regiões. O processo de invasão,ocupação, colonização e anexação do território africano contribuiu para o aumento da tensão entre os Estados europeus, o que resultou na partilha da África por estes, com o objetivo de impedir a consolidação de um conflito. A Conferência de Berlim, que ocorre de 1884 a 1885, busca regulamentar a colonização europeia do território africano, mas falha em satisfazer as reivindicações das partes envolvidas,tornando ainda mais difícil o diálogo pacífico entre as nações.
3)      O Militarismo iniciado pela corrida armamentista do início do século XX. Em 1914, a Alemanha registra um considerável aumento em seu poderio militar e naval. O mesmo ocorre na Grã-Bretanha no mesmo período, ao passo em que as instituições militares começam a ter uma maior influência nas políticas públicas, principalmente naRússia e Alemanha. Este aumento do militarismo contribui para atrair os países envolvidos à guerra.
4)      O Nacionalismo: Uma grande parte dos motivos para o conflito foi o desejo dos representantes da etnia eslava residente na Bósnia e Herzegovina de ser incorporado pela Sérvia. Desta maneira, o nacionalismo os leva diretamente à guerra e sua extensão na Europa.
As disputas de cunho...
tracking img