O perfil das empresas que utilizam sicredi como facilitador de benefícios

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4647 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1 INTRODUÇÃO

O mundo dos negócios avança hoje com uma rapidez nunca alcançada. O uso inteligente e criterioso da pesquisa é fundamental na administração de nossos empreendimentos.
O artigo tem o objetivo de fazer o resgate histórico do surgimento das cooperativas de crédito, do funcionamento e das formas de atuação dos associados. Mostrar a função de cada cooperado e a função dascooperativas, enfatizando como é feito o levantamento de crédito e como a associação pode se beneficiar dos créditos e dessa prestação de serviço.
Em segundo momento, será mostrar a cooperativa do estudo em questão, o SICREDI, através do levantamento histórico da empresa seu surgimento e os benefícios que ela traz aos empresários e profissionais do comercio em Araguatins-TO
Na sequência, fez-se umapesquisa exploratória, com o objetivo de buscar o nível de conhecimento e o grau de importância que o SICREDI oferece aos associados e não associados, uma vez que o público-alvo da cooperativa são as empresas de pequeno e médio porte que fazem parte da associação. Desse modo avaliar-se-á o interesse do associado e a estratégia de marketing até então adotada pela cooperativa, mostrando suafuncionalidade e o ponto de vista dos associados em relação ao trabalho e os benéficos de se tornarem membros da instituição.
Finalmente a partir dessa pesquisa, foi avaliada a estratégia adotada pela cooperativa, aumentado o conhecimento e a prospecção de cooperados, levando o SICREDI a se tornar uma cooperativa grande, com capital de giro significativo, além de alcançar os objetivos esperados, assim como,aumentar os benefícios oferecidos aos associados, uma vez que a cooperativa tem como objetivo único dar suporte e apoio financeiro a seus clientes.

2 O SURGIMENTO E AS FUNÇÕES DAS COOPERATIVAS

As cooperativas tiveram seu início através da necessidade de buscar alternativas econômicas para atuarem no mercado. Em 21 de dezembro de 1844 no bairro de Rochdale, em Manchester - Inglaterra, 27(vinte e sete) tecelões e uma tecelã fundaram a Sociedade dos Probos Pioneiros de Rochdale onde cada integrante investia uma libra por mês durante um ano, tendo os indivíduos como finalidade e não o lucro. Os tecelões buscavam formas alternativas de desenvolvimento, frente ao capitalismo rígido que praticava preços abusivos e o aumento do desemprego vindo pela revolução Industrial. Segundo PINHO (2001)os precursores do cooperativismo criaram condições para o aparecimento do cooperativismo símbolo pelos pioneiros de Rochdale.
Diante dessa união, surge a primeira cooperativa de consumo que viria a mudar os padrões da economia e dar origem ao movimento cooperativo.
Essa instituição, inicialmente, foi motivo de piada por parte dos comerciantes da época, porém no primeiro ano de cooperativa, foiconstatado um desenvolvimento significativo e um constante crescimento do capital.
O cooperativismo cresce e passa a ser uma nova forma de pensar o homem, o trabalho e o desenvolvimento social. Devido a esse crescimento, o cooperativismo foi aceito por todos os governantes e passou a ser uma forma de solução para os proprietários econômicos. Com a grande valorização da ideia do cooperativismoque se manteve desde o surgimento, as cooperativas formadas se organizaram internacionalmente. A entidade que coordena esse movimento nos cinco continentes é a ACI - Aliança Cooperativa Internacional - criada em 1895 e que atualmente encontra-se em Genebra - Suíça. É uma organização não governamental e independente que tem como objetivo reunir, representar e prestar apoio às cooperativas e suasorganizações, visando à integração, autonomia e desenvolvimento do movimento cooperativo. Em 1946 esse movimento representado pela ACI foi a primeira organização não governamental a receber uma cadeira no conselho da ONU - Organização das Nações Unidas.
Mais uma vez os esforços da ACI dirigem-se à valorização da tradição humanista rochdaleana, ao modo de operação das cooperativas, ao reconhecimento...
tracking img