O nome da rosa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1060 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Resenha Crítica:
Filme “O nome da Rosa”.
O filme “O nome da Rosa” tem como tema principal a igreja católica e a inquisição no ano de 1327 – século XIV - num Mosteiro Beneditino Italiano que possuía uma biblioteca com um grande acervo de livros e pergaminhos com textos científicos e filosóficos, considerados proibidos e incontáveis artigos de natureza cristã do mundo. Poucos eram os monges quetinham acesso a essa biblioteca .Dentre esses livros existia um que era do filósofos Aristóteles e que era considerado pela igreja como ofensa a igreja católica medieval . Outro fator que se deixa transparecer é que a igreja acreditava que essas obras não devia ser de domínio publico.
Após o surgimento de crimes em um Mosteiro Beniditino o monge franciscano e renascentista William de Baskervilleé convocado para investigar, e acompanhado de seu pupilo o noviço Adson Von Melk começam a desvendar os crimes. Os mortos tinham a língua e os dedos roxos. Um reverendo do monastério acredita que na Bíblia está a explicação, já um monge busca explicações racionais em termos científicos para os crimes.Um tinha o preceito de que em alguma passagem da bíblia estaria a resposta enquanto o outro queriaencontrar provas cabíveis para solução do mistério que envolvia essas mortes.
O que nos remete ao racionalismo e o cientificismo do século XIV até o XIX, onde os conhecimentos científicos e racionais prevalecem.E que muitas pessoas eram consideradas irracionais
A Igreja queria ser redentora de todo saber e não permitia as pessoas comuns acesso ao saber, para que não questionassem, mantendoassim as explicações remetidas a ``Textos Sagrados´´ acreditando serem esses textos infalíveis e inquestionáveis.
Para isso criou-se a inquisição a igreja católica que poderia punir aquele que fosse considerado criminosos perante a igreja e suas leis.Todo aquele que levantassem qualquer suposição sobre os dogmas da igreja ou fossem acusados eram submetidos a julgamentos onde o juiz pertencia aigreja.
E no filme fica claro que eles acreditavam que podiam ser redentores do conhecimento, chegando a envenenar toda e qualquer pessoa que ousasse tocar o livro de Aristóteles já que em suas paginas foi colocado veneno o que leva os monges que o leram a morte é esse veneno que ao passarem a mão na língua para lerem inconscientemente estão se envenenado. Enquanto o representante maior daquelemosteiro quando quer ler faz uso de uma luva e não leva o dedo a boca.
Dessa forma, o Monge Franciscano e Renascentista, William de Baskerville, que usou da ciência e da razão para dar solução aos crimes do mosteiro e desagradou, e muito, a Santa Inquisição.Que queria matar três inocentes pois se utilizou de suas artimanhas para fazer com que uma pessoa desprovida de inteligência assumisse oscrimes acompanhado de uma mulher e um homem que era seu cuidador .Apesar de quase morrem queimados na biblioteca,em um incêndio.O monge William e o noviço Adson ainda conseguem impedir que uma moça inocente fosse queimada. O que nos remete a um pensamento de que a igreja tinha suas próprias leis.

RESENHA CRÍTICA DO FILME O NOME DA ROSA

O NOME DA ROSA

TÍTULO DO FILME: O NOME DA ROSA (TheName of the Rose, ALE/FRA/ITA 1986)
DIREÇÃO: Jean Jacques Annaud
ELENCO: Sean Conery, F. Murray Abraham, Cristian Slater. 130 min, Globo

Em 1327 William de Baskerville (Sean Connery), um monge franciscano e renascentista, e Adso Von Melk (Christian Slater), um noviço que o acompanha, chegam a um mosteiro beneditino no norte da Itália para participar de um conclave e decidir se a Igreja devedoar parte de suas riquezas, contudo várias mortes começam a ocorrer e as vítimas aparecem sempre com as pontas dos dedos e a língua roxa, desta forma a atenção é totalmente desviada. Por sua maravilhosa capacidade de dedução William de Baskerville e seu noviço começam a investigar os fatos, os mais religiosos acreditavam que era obra do demônio, mas William de Baskerville não aceitava esta...
tracking img