O mercador de veneza

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3790 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O mercador de Veneza

The Merchant of Venice (publicada em português como O Mercador de Veneza) é uma peça teatral do autor inglês William Shakespeare, uma comédia trágica que teria sido escrita entre 1596 e 1598. Embora seja classificada como uma comédia no Primeiro Folio, e tenha algumas características em comum com as outras comédias românticas do autor, a peça talvez seja mais lembrada porsuas cenas dramáticas, e pelo personagem de Shylock e sua célebre fala, "Hath not a Jew eyes?".
O personagem-título é o mercador Antônio, e não o agiota judeu Shylock, personagem mais importante e célebre da obra, de acordo com o frontispício do Primeiro Quarto: The moſt excellent Hiſtorie of the Merchant of Venice. With the extreame crueltie of Shylock the Iewe towards the ſayd Merchant, incutting a iuſt pound of his fleſh: and the obtayning of Portia by the choyſe of three cheſts.,
Personagens
 Antônio (Antonio) - um mercador de Veneza
 Bassânio (Bassanio) – amigo de Antônio, apaixonado por Pórcia e seu pretendente
 Graciano (Gratiano), Solânio (Solanio), Salarino, Salério (Salerio) – amigos de Antônio e Bassânio
 Lourenço (Lorenzo) – amigo de Antônio e Bassânio, apaixonadopor Jéssica
 Pórcia (Portia) – uma rica herdeira
 Nerissa – criada de Pórcia
 Baltasar (Balthazar) – disfarce de Pórcia como advogado
 Estéfano (Stephano) – disfarce de Nerissa como aprendiz de Baltasar
 Shylock, um judeu rico, pai de Jéssica
 Tubal – um judeu, amigo de Shylock
 Jéssica (Jessica) – filha de Shylock, apaixonada por Lourenço
 Lancelot Gobbo – um tolo, empregado deShylock
 Velho Gobbo (Old Gobbo) – pai de Lancelot
 Leonardo - criado de Bassânio
 Duque [Doge] de Veneza (Duke of Venice) - autoridade veneziana que preside o caso judicial de Shylock
 Príncipe do Marrocos (Prince of Morocco) – pretendente de Pórcia
 Príncipe de Aragão (Prince of Arragon) – pretendente de Pórcia
 Magníficos de Veneza, oficiais da Corte de Justiça, o Carceireiro, criadosde Pórcia e outros empregados
[editar]Sinopse
No século XIV a cidade de Veneza, na Itália, era uma das mais ricas do mundo. Entre os mais ricos de seus comerciantes estava Antônio, uma pessoa boa e generosa. Bassânio, um jovem veneziano, de origem nobre mas que gastou todo o seu patrimônio, deseja viajar para Belmonte, onde pretende cortejar a bela e rica herdeira Pórcia. Bassânio contacta seuamigo, Antônio, que havia sido seu fiador por diversas vezes, para pedir-lhe um empréstimo de três mil ducados, necessários para pagar os custos da viagem durante três meses. Antônio concorda, porém está com pouco dinheiro; seus navios e suas mercadorias estão no mar, e ele promete ser o fiador se Bassânio conseguir um empréstimo, e este procura o financista judeu Shylock.
Shylock odeia Antônio porseu antissemitismo, demonstrado certa vez em que ele insultou e cuspiu no judeu. Além disso, Antônio faz empréstimos sem juros, o que atrapalha os negócios de Shylock. Este propõe então uma condição para o empréstimo: se Antônio não conseguir pagá-lo na data especificada, ele receberá uma libra da carne de Antônio. Bassânio não quer que Antônio aceite uma condição tão arriscada, porém Antônio sesurpreende com o que ele vê como 'generosidade' do agiota (já que ele não pede juros), e assina o contrato. Com o dinheiro em mãos, Bassânio parte para Belmonte com seu amigo, Graciano, que pediu para acompanhá-lo. Graciano é um jovem gentil, porém impertinente, extremamente falante e com grande falta de tato. Bassânio pede a seu amigo que tente se controlar, e os dois partem para Belmonte ePórcia.
Enquanto isso em Belmonte, Pórcia está sendo visitada por diversos pretendentes. Seu pai lhe deixou um testamento estipulando que cada um dos seus pretendentes deve escolher corretamente um de três cofres - um de ouro, outro de prata e outro de chumbo, cada um com uma inscrição. Se escolher o correto, ele conquistará Pórcia; caso contrário, deverá ir embora e nunca mais incomodá-la, ou...
tracking img