O jogo e a brincadeira na educação infantil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4563 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
92

A IMPORTÂNCIA DAS BRINCADEIRAS E DOS JOGOS NO DESENVOLVIMENTO INFANTIL DE CRIANÇAS DE 0 A 6 ANOS DE IDADE
LOPES, Regina Aparecida1. AYRES da SILVA, Jayme2.

RESUMO Este trabalho propõe que se lance um novo olhar para as brincadeiras e os jogos durante a fase da educação infantil, visto que são inerentes ao ser humano desde a concepção. Dessa forma o objetivo deste artigo é verificar pormeio da literatura existente, a importância e as contribuições dos jogos e brincadeiras no desenvolvimento infantil de crianças de 0 a 6 anos de idade. Uma vez que ainda se nota falta de informações por parte dos educadores sobre como o uso desses recursos podem auxiliar no processo de ensino-aprendizagem. Sendo assim, ao final do presente estágio conclui-se que as brincadeiras e os jogostornam-se um instrumento de grande valia, tanto para os profissionais da educação como outros de diferentes áreas que pretendam obter maiores informações sobre como utilizarem-se desses recursos de maneira positiva no processo de ensino-aprendizagem, para ajudar na construção do ser homogêneo. Palavras-chave: Brincadeiras. Jogos. Lúdicos. Brinquedo. Desenvolvimento.

1 INTRODUÇÃO Ao tratar-se sobre otema educação, seus métodos e propostas de ensino, nota-se que as questões pertinentes as brincadeiras no ambiente escolar, configuram-se em fontes generosas tanto de pesquisas, quanto de discussões sobre suas verdadeiras funções e atribuições. Isso se deve ao fato de que embora o ato de brincar constitua-se como uma das principais atividades do cotidiano infantil, verifica-se no decorrer dahistória, que o mesmo, em muitos momentos, foi considerado por aqueles envolvidos com a educação, apenas como

Pedagoga pela UCB, Professora regente do Ensino Fundamental I, Discente do curso de pós-graduação em Psicopedagogia Clínica e Institucional pelo Instituto Rhema – Arapongas, Estado do Paraná. 2 Professor orientador, Biólogo graduado pela Universidade Estadual do Paraná, Especialista em Ecologiapela UNICENTRO-PR; Especialista em Metodologia Científica pela UNOESTE-SP, Especialista em Ciências Biológicas pelo CRBio-RS; Especialista em Biomedicina pela UNIGUAÇU-PR, escritor, Mestre em Engenharia de Produção e Gestão da Qualidade Ambiental pela UFSC de Florianópolis-SC, doutorando pela UFPR, docente de graduação e pós-graduação da Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde de União daVitória/Pr; docente de graduação e pós-graduação da UCP/Faculdades Centro do Paraná (campus de Pitanga e Ivaiporã).

1

Caderno Multidisciplinar de Pós-Graduação da UCP, Pitanga, v. 1, n.1, p. 92 -105, jan. 2 010.

93

um elemento dispensável e incompatível com a proposta da construção de um indivíduo homogêneo. Assim sendo, entende-se a visão errônea que muitos educadores apresentam emrelação às funções das brincadeiras e também dos jogos, pois a concepção apresentada acima foi àquela disseminada durante vários anos e a falta de maiores estudos iniciais contribuíram para a criação do estigma em torno do assunto. Nesse sentido D’Espíndola (2009) ressalta tornar-se impreterível, que educadores e estudiosos, olhem o brincar através do tempo, pois se têm evidenciado a presença deatividades lúdicas e o registro de brinquedos infantis em várias culturas, desde a pré-história, caracterizando-se dessa forma, como uma atividade fundamental, por ser intrínseco à alma humana; o que deixa claro que brincar é inerente à natureza de qualquer indivíduo, seja qual for a sua origem, sua época e faz parte de todo seu percurso através dos séculos. Em razão desses entendimentos e da verificaçãode que o lúdico sempre esteve presente no dia-a-dia de civilizações como o Egito e a Grécia, Platão “ iniciou os primeiros estudos sobre sua aplicação no desenvolvimento das crianças como facilitador no processo de aprendizagem da matemática” (D’ESPÍNDOLA, 2009, p.10), divulgado em estudos. Mesmo sabendo-se que atualmente apesar de grande parte dos educadores entenderem sobre a importância e...
tracking img