O home que comeu o meu queijo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (337 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Faculdades EST
Disciplina: Antropologia e Religião
Professor: Roberto Zwetsch
Aluno: Lionel Soares Milani

Por que os homens fazem religião?
Talvez nenhuma outra pergunta tenha tidotantas, tão variadas e tão contraditórias respostas. Revelação dos deuses, neurose obsessiva da humanidade, diário em que o homem escreve os seus mais altos pensamentos acerca de si mesmo, ópio do povo:há respostas para todos os gostos.
O que torna a religião mais enigmática ainda é o fato de que, apesar de não entender as suas origens – ou talvez precisamente por não entendê-las – o homem nãoconsegue se desvencilhar do seu fascínio. Na realidade, não se tem noticia de cultura alguma que não tenha produzido, de uma forma ou de outra.
Numa época anterior à ciência – o homem teria sidolevado a imaginar a existência de uma dimensão invisível da realidade, um mundo misterioso habitado por deuses, demônios e espíritos e movidos por forças mágicas.
Augusto Comte falava, assim, nastrês fases do desenvolvimento humano. A mais primitiva de todas seria a religião. Depois deva veio o período metafísico que nos seus dias já estava desaparecendo sob o impacto de uma formacientifica, positiva, de compreender a realidade.
Em Marx, se a estrutura da explicação se torna diferente, as linhas gerais do “script” permanecem inalteradas. Religião é o produto de uma sociedadeirracional e opressiva, um conjunto de ilusões necessárias para que o homem possa suportar as correntes que o escravizam. “A religião é o suspiro da criatura oprimida”. Desaparecendo a opressão, por quesuspirar? Com o advento da revolução e a instauração de uma sociedade livre, a religião haveria inevitavelmente de desaparecer.
A história, entretanto, parece que se deleita em zombar de nossasprevisões cientificas. Quando tudo parecia anunciar os funerais de Deus e o fim da religião, o mundo foi invadido por uma infinidade de novos deuses e demônios, e o novo fervor religioso, que totalmente...
tracking img