O ensino de linguas estrangeiras no brasil, do ensino fundamental ao universitário

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5597 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS NO BRASIL

DO ENSINO FUNDAMENTAL AO UNIVERSITÁRIO


|Lucia Helena Ferraz Gomes, R.A: 910114854 |
|Professora Orientadora: Adriana Lílian Garcia |
| |












Resumo: Este artigo tem como objetivo analisar o processo de aprendizagem das línguas estrangeirasem sala de aula. Quais as principais etapas a serem seguidas, para que o aluno tenha o máximo aproveitamento no aprendizado das línguas,quais os caminhos para fazer da segunda língua tão natural quanto a língua materna. Serão vistos quais os métodos destinados a pratica de ensino,entre eles o método direto, o áudio-lingual e a tradução. Veremos como a tradução é utilizada em sala de aula, quaisos benefícios desta técnica, e o que pensam os profissionais da área de ensino a respeito desses métodos. As tecnologias que auxiliam o ensino de línguas estrangeiras.



Palavras-chave: ensino, línguas estrangeiras, métodos,tecnologias


Introdução:



Em 1930 o Brasil começa a desenvolver o ensino de língua inglesa, por questões de expansão política junto a outros países. No anoseguinte 1931, Francisco de Campos, introduz mudanças nos métodos de ensino de idiomas, esses métodos que já haviam sido implantados na França, recebeu o nome de ensino direto aqui no Brasil.
Segundo Francisco Fogaça e Telma Nunes Gimenez, o método áudio-lingual ou áudio visual, foi adotado em 1970, por institutos de línguas, esse método é semelhante ao método direto, com embasamento teórico advindodo Behaviorismo e de uma concepção estruturalista da língua. Esse método prioriza a língua como interação social.
Segundo, Antonieta Celani, hoje os métodos utilizados nas escolas e universidades, não passam de uma imitação do método áudio-lingual, que nada mais é que a repetição oral.
Para uma melhor absorção da língua estrangeira seria necessário uma carga
horária maior que duas horas emsala de aula, dando mais ênfase a conversação e seguindo de perto a gramática, pois uma não funciona sem a outra.
Vários métodos foram testados e rejeitados especialmente na rede pública de ensino. Por não ter uma ter uma política nacional para a disciplina de línguas estrangeiras, não existem meios para que o ensino evolua.
A língua estrangeira é a ultima das preocupações no ensino público,cabe ao professor na maioria das vezes a preocupação em encontrar novos meios para ensinar, buscando links entre os jovens, como a internet, letras de músicas, assuntos que despertem a curiosidade do aluno, e faça com que isso torne as aulas proveitosas para ambos, professores e alunos.
No início dos ensinos de língua estrangeira a tradução era usada como método de aprendizado. Muitos eramcontrários à tradução em sala de aula, por não ser uma atividade básica, ao lado das quatro habilidades clássicas : compreender a fala – ouvir,falar , ler e escrever e a tradução seria a quinta habilidade.
Segundo José Pinheiro de Souza, esse panorama tem mudado atualmente, devido à grande demanda de literatura especializada e muitas delas defendem o uso da técnica tradutória, como recurso para aaprendizagem de línguas.
Segundo o lingüista Widdowson (1978/1979/1991), autoridade reconhecida na área da lingüística aplicada, cita que todos os cursos práticos de línguas, tem como objetivo o desenvolvimento da competência comunicativa em língua estrangeira e que o objetivo principal da tradução é complementar a competência comunicativa dos alunos, por meio do ensino da tradução, como comunicaçãointerlingual e intercultural.
O ensino de línguas no ensino fundamental e nas universidades, acompanham a tendência da globalização e do conceito de cidadania global, a importância de inserir esses indivíduos em novos contextos culturais e sociais, salientar o valor educacional da aprendizagem de línguas estrangeiras, capacitar seus aprendizes a se comunicar, haja vista que a segunda língua é...
tracking img