O conceito de inconsciente freudiano

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3946 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO
O termo inconsciente se tornou alvo de inúmeras interpretações em diversas épocas e lugares, tendo se tornado mais famoso nas teorias de Sigmund Freud (1856-1939) um médico neurologista, que nascido na era racionalista, utilizou-se de perspectivas, até certo ponto, diferentes ao abordá-lo, colocando-o no cerne de suas pesquisas.
Freud, mesmo tendo buscado fazer do inconsciente partede um sistema fisiológico, acabou desviando dos caminhos traçados pela medicina racionalista e ainda assim fugindo às concepções filosóficas e psicológicas.
Durante o tempo em que, juntamente com Breuer, estudou e tratou dos casos de histeria, o inconsciente sofreu várias mudanças em seu conceito, além de suas teorias terem sido muitas vezes contestadas, se equiparando a teorias filosóficas. Atémesmo a criação da psicanálise em alguns casos nem lhe era atribuída ou em outros casos era atribuída em um sentido depreciativo.
A busca pela cura das neuroses, principalmente da histeria, levou Freud a formular hipóteses em torno do inconsciente, de onde provinham os traumas responsáveis pelos sintomas psicossomáticos, fazendo-o chegar a várias teorias como a do recalque e da sexualidade, queforam se organizando para fazer surgir a psicanálise.
O seguinte trabalho tem por objetivo apontar uma síntese do surgimento e da evolução do conceito de inconsciente formulado por Freud durante suas obras, além do principal caminho que o levou a abordá-lo, juntamente das teorias e técnicas surgidas a partir de suas pesquisas e de seu trabalho em torno dele, as influências que recebeu e aoriginalidade de suas “descobertas” e termos envolvidos neste processo que culminou em um novo e diferenciado modelo de inconsciente que ainda hoje é alvo de críticas, análises e interpretações diversas.
É no objetivo de esclarecer também as características que diferenciam o inconsciente freudiano dos conceitos surgidos durante a história da psicologia, da filosofia e da medicina e sua importância para osurgimento da psicanálise, que nos valemos de pesquisas bibliográficas na edição standard das obras de Freud, dentre livros e artigos de autores que abordaram o tema, o que deverá proporcionar um entendimento de como começou a história do inconsciente de Freud.

1. A CONCEITUAÇÃO DE INCONSCIENTE FREUDIANO
De acordo com Garcia-Roza (2005) o inconsciente não é a profundeza do consciente, nemdeve ser confundido como sendo o mais instintivo, nem o menos lógico ou o caótico. O inconsciente não é um lugar propriamente dito, mas uma lei de articulação, caracterizado por ser um meio de operação que impõe seus conteúdos a determinada forma. É uma outra estrutura, diferente do consciente, mas tão inteligível quanto este. É um sistema onde se encontram as representações que estão associadas umasàs outras de acordo com as leis de deslocamento e condensação e onde se formam os pensamentos. Estes pensamentos inconscientes, quando encontram um meio de expressão simbólica na palavra, podem vir a se tornar conscientes.
Freud (1900) define dois modelos de inconsciente. Sendo que ambos têm o mesmo sentido descrito pela psicologia, mas somente um deles podendo chegar à consciência.
É nointuído de diferenciar o seu modelo do da psicologia e filosofia, que Freud (1923) organiza sua primeira tópica se utilizando das abreviações Ics. (inconsciente) para designar o inconsciente no sentido dinâmico, de conteúdos recalcados, sem condições de chegar ao consciente; Pcs. (pré-consciente) para o inconsciente apenas no sentido descritivo, sendo capaz de tornar-se consciente; e Cs. (consciente),que abrange os fenômenos que são perceptíveis em dado momento pelo indivíduo.
O conteúdo do Ics., seria composto por impulsos carregados de desejo, procurando descarregar seu investimento. Esses impulsos, incompatíveis ao nível da consciência, quando se tornam ativos juntos, não se eliminam, mas se unem para encontrar um meio termo. O Ics. seria ainda caracterizado por processos que substituem a...
tracking img