O caso dos exploradores das cavernas - resumo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1461 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
introducao
Este trabalho e baseado no livro “O caso dos exploradores da caverna” que retrata o drama do sacrificio da vida entre quatro exploradores, que no meio de seu trabalho, acabaram ficando presos em uma caverna e sua previsao de saida era de no minimo 10 dias. Eles tiveram que tomar uma grande decisao e agora estao sendo julgados por sua escolha.desenvolvimento
Em 4299, quatro exploradores estavam estudando uma caverna recheada de pedras calcarias em Commonwealth, quando de repente houve um desmoronamento que trancou todas as saídas. Em pouco tempo a ajuda já estava presente.O meio de comunicação utilizado pelos exploradores foi uma maquina sem fio por onde mandavam mensagens.
Roger Whetmore tomou a iniciativa e perguntou aos engenheirosquanto tempo duraria o resgate e este lhe responde que no mínimo 10 dias, whetmore então pede que chamem o medico pois a situação havia ficado mais critica ainda já que eles estavam sem comida e na caverna não se tinha vegetação ou animais. Ao medico chegar, Whetmore lhe pergunta se eles poderiam passar mais de 10 dias sem comer. O medico lhe diz que não. De novo falando pelo grupo, whetmorepergunta se eles teriam chance de sobreviver comendo carne humana e o medico lhe respondi que sim. Whetmore pergunta se ha algum padre, juiz ou outra pessoa que possa lhe dizer se seria um crime matar uma pessoa para três sobreviverem, e tem como resposta não.
Sem saber se era um crime ou não, preocupando-se apenas com a sobrevivência os quatro exploradores decidem tirar na sorte com os dados quemseria sacrificado pelo grupo. Whetmore foi quem se sacrificou.
Aos sobreviventes conseguirem sair da caverna eles foram levados a tribunal sendo processados pelo assassinato de Whetmore.
O representante do júri pede para a decisão ser tomada somente pelo tribunal.Os jurados declararam os réus culpados e condenados a forca, pois o estatuto diz: “Qualquer um que, de própria vontade, retira a vida deoutrem, deve ser condenado com a morte”. O juiz pede ao Chefe do executivo para que a pena seja reduzida a seis meses de prisão. Com o respeito a tal pedido,nenhuma ação foi tomada. E o julgamento que já havia durado três meses se prolonga mais ainda. O ministro Foster J. toma a palavra e diz que neste caso as leis do estatuto de Commonwealth não devem ser usadas e que os réus deveriam serinocentados por dois motivos: Primeiro, neste caso deve-se rever as “leis naturais”. Os réus estavam sem escolha e em uma situação como esta, a lei perde o valor e suas conseqüências também, este e chamado de Maxim. Segundo, eles estavam subterrados como se estivessem a milhas de Commonwealth e assim as leis territoriais não deveriam ter valos, pois se este crime acontecesse em outro lugar os réus seriamjulgados inocentes pelo fato de que a decisão do crime foi realizada em comum acordo entre os réus e Roger Whetmore e também diz que se foi permitida a morte de 10 pessoas para retirar as pedras da caverna e assim salvar os exploradores, por que não pode matar uma pessoa para salvar quatro vidas, estando todos em comum acordo? O tribunal contra-diz afirmando que qualquer crime mesmo sendo feitopor legitima defesa, e sim considerado um crime.
Foster alega em defesa dos réus que estes não estariam infringindo a lei pois eles estavam agindo com imoralidade mas ao mesmo tempo defendendo suas moralidades, eles fizeram o que era preciso ser feito, todos em comum acordo. Foster termina suas alegações e passa a palavra para o ministro Tatting J., este que vai contra a hipótese de absolviçãoda pena dos reus devido ao fato de estarem sob “lei natural” no decorrer dos acontecimentos.
Tatting acredita que a “lei natural” a ser descutida e uma lei fantasiosa e se fosse mesmo lei não teria o que se julgar e por isso ele vai contra a defesa. Também afirma que se os réus fossem soltos por terem agido em legitima defesa, whetmore se estivesse com uma arma escondida e vendo o que iam fazer...
tracking img