O andar do bebado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3584 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O ANDAR DO BÊBADO

1. Todos nós criamos um olhar próprio sobre o mundo e o empregamos para filtrar e processar
nossas percepções, extraindo significados do oceano de dados que nos inunda diariamente.
2. A intuição humana é má adaptada a situações que envolvem incertezas. A mente humana foi
construída para identificar uma causa definida para cada acontecimento, podendo assim ter
bastantedificuldade em aceitar a influência de fatores aleatórios ou não relacionados.
3. O êxito ou o fracasso podem não surgir de uma de uma grande habilidade ou grande
incompetência, e sim, como escreveu o economista Armen Alchian, de “circustâncias fortuitas”.
Os processos aleatórios são fundamentais na natureza e onipresentes em nossa vida cotidiana; a
maioria das pessoas não compreende nem pensamuito a seu respeito.
4. O andar do bêbado = analogia que descreve o movimento aleatório; metáfora para a nossa vida,
sempre se esbarrando com o acaso.
5. Criou-se um novo campo acadêmico que estuda o modo como as pessoas fazem julgamentos e
tomam decisões quando defrontadas com informações imperfeitas ou incompletas.
6. O livro trata dos princípios que governam o acaso, do desenvolvimentodessas ideias e da
maneira pela qual elas atuam em política, negócios, medicina, economia, lazer, esportes etc.

1. Olhando pela lente da aleatoriedade

1. História de como seus pais se conheceram. Nazismo. Campo de concentração. Eventos
aleatórios, sorte e azar.
2. O desenho de nossas vidas é continuamente conduzido em novas direções por diversos eventos
aleatórios que, juntamente com nossasreações a eles, determinam nosso destino. Como
resultado, a vida é ao mesmo tempo difícil de prever e de interpretar.
3. Podemos ler de diversas maneiras os dados da economia, do direito, medicina, esporte... Há,
porém, maneiras certas e erradas de se interpretar o acaso.
4. Usa-se, normalmente, processos intuitivos ao fazermos avaliações e escolhas em situações de
incerteza. Isso, porém, deacordo com estudos, está conectado com as emoções, a principal
fonte de irracionalidade.
5. Experiência de cartas vermelho/verde.
6. A capacidade de tomar decisões e fazer avaliações sábias diante da incerteza é uma habilidade
rara. Porém, como qualquer habilidade, pode ser aperfeiçoada com a experiência. Citação de
Bertrand Russel.
7. Fenômeno chamado regressão à media, explicado peloeconomista Kahneman.
8. Os seres humanos, por necessidade, empregam certas estratégias para diminuir a complexidade
de tarefas que envolvem julgamento e que a intuição sobre probabilidades tem um papel
importante nesse processo. Quando lidamos com processos aleatórios – seja em situações
militares ou esportivas, negócios ou médicas -, as crenças e a intuição muitas vezes nos deixam
em mauslençóis.
9. Muito do que nos acontece – êxito na carreira, nos investimentos e nas decisões pessoais,
grandes ou pequenas – resulta tanto de fatores aleatórios quanto de habilidade, preparação e
esforço. No mundo político, econômico ou empresarial frequentemente os eventos fortuitos são
manifestamente mal interpretados como sucessos ou fracassos.
10. Teoria das moedas e dos filmes (exemplo com o filmeStar Wars). Regressão à média em
Hollywood.

2. As leis da verdades e das meias verdades
1. A teoria da aleatoriedade é fundamentalmente uma codificação do bom senso. Exemplo de

Linda. A probabilidade de que dois eventos ocorram nunca pode ser maior que a probabilidade
de que cada evento ocorra individualmente.
2. Quanto maior o número de informações, mais real ela parecerá e, portanto,será considerada
mais provável, porém, quanto mais detalhes, menos provável a conjecture se torne. “Uma boa
história muitas vezes é menos provável que uma explicação menos satisfatória” (Kahneman e
Tversky.
3. Exemplo do ing. Viés de disponibilidade.

4. Os gregos não conseguiram criar nem especular nenhuma teoria sobre aleatoriedades. Os

romanos foram os primeiros a fazer algum...
tracking img