A vontade em schopenhauer

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2031 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1 TEMA.
A Vontade em Schopenhauer.
1.1 Delimitação do tema.
A negação da vontade enquanto fundamento da ética em Schopenhauer.
2 PROBLEMA.
A negação da vontade em Schopenhauer enquanto fundamento ético pode ajudar na construção tanto individual como social do ser humano na atualidade?
3 JUSTIFICATIVA.
Schopenhauer é extremamente pessimista em relação à vida humana (realidade humana). Paraele o homem é o pior dos animais, o único capaz de causar sofrimento no seu semelhante apenas por simples prazer, ou para aliviar seu próprio sofrimento. Ele mostra claramente um repudio pelo ser humano e todas as suas ações, aplacado apenas pela compaixão, pela piedade de tão miserável, perverso e estúpido ser.
Por outro lado nos coloca a vontade como essência do ser humano, sendo que a mesma éinata ao homem e responsável por todo o sofrimento humano. Onde o mesmo é uma constante na vida de cada ser humano, e é inevitável, todo ser, já passou ou vai passar por um determinado sofrimento ao longo da vida.
Essa consciência deve ser fundamentada de tal modo, que ela necessite de um conhecimento seja ele a priori ou posteriore, para que se possa conhecer e compreender o determinado assuntoe usá-lo para a construção ética do ser humano tanto no individual como no social do ser humano.
Schopenhauer traz nesta mesma teoria a importância da negação, a auto-anulaçao da vontade, que consiste em uma renuncia quietista da vontade e de suas manifestações no homem. O que consiste em um sofrimento voluntário capaz de proporcionar esta auto-anulação da vontade, um distanciamento dos instintosda maldade e do egoísmo, uma busca do nada.
Embora a proposta para a superação da verdade, permaneça no sofrimento, mas Schopenhauer, um sofrimento purificador, portanto, digno de ser acatado pelo homem.
Enquanto futuros educadores precisamos mostrar aos alunos este conhecimento de forma bem clara e de forma que os mesmos entendam e possam levá-la para sua vida e para seu cotidiano, procurandotirar o que é bom e melhorar os pontos que não forem bons.
Mas não devemos só ver este conhecimento, devemos trazê-lo em primeiro lugar a nos mesmos, a sociedade, a instituição como escola como algo conhecido, mas que se pode inovar a visão de individuo e de aluno, assim como professor, não se deve aprender só a teoria, devemos sim criar novas idéias sobre um conhecimento já conhecido.
4OBJETIVOS.
4.1 Geral.
Compreender o que é a negação como fundamento ético em Schopenhauer?
4.2 Específicos.
- Analisar o que Schopenhauer entende por vontade;
- Entender o porquê o mundo como fenômeno é ilusão;
- Verificar o que é a vontade como essência de nosso ser.
5 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA.
A negação da vontade enquanto fundamento da ética em Schopenhauer, é tratada como algo que é inato aohomem, e independe de sua própria vontade, que segundo ele é a causa de todo o sofrimento humano, onde o homem não pode fugir deste sofrimento, pois é inevitável, uma constante em sua vida. E em conseqüência disto é preciso negar a vontade, sendo esta a única forma de se afastar do sofrimento por ela imposto à vida humana.
Schopenhauer nos coloca a vontade como a causa da infelicidade de todos, ondeo egoísmo humano é colocado como ponto de partida para todo e qualquer sofrimento enfrentado pelo ser humano. Cada ser humano busca apenas o seu próprio bem estar, tentando ser o centro do universo, preocupado apenas com sua própria existência, não ligando para o seu semelhante. Achando-se no direito de sacrificar os demais indivíduos apenas para seu proveito próprio.
A forma encontrada porSchopenhauer para romper com a maldade inerente à vontade humana seria a própria negação da vontade, mas esta negação da vontade também gera um sofrimento, só que um sofrimento purificador, digno de ser acatado pelo ser humano.
Arthur Schopenhauer é extremamente pessimista em relação à vida, ele nos coloca o ser humano como um ser desprezível, como o pior dos animais, o único capaz de causar...
tracking img