A crise nos eua e na europa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1245 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A Crise Econômica Mundial e Os Seus Reflexos no Brasil





















A presidente Dilma Rousseff reconheceu que é impossível o Brasil não sofrer os impactos da crise econômica internacional, que afeta principalmente alguns países europeus, os Estados Unidos e o Japão. Mas ela ressaltou que a economia do Brasil, mesmo sob dificuldades, registroucrescimento e segue com a mesma tendência nos próximos meses.

O Brasil não é uma ilha imune aos efeitos da crise econômica internacional.
Presidente da República Dilma Rousseff

O mercado mundial vivencia uma crise de grandes proporções iniciada nos EUA a partir do crescimento na especulação imobiliária, da redução na oferta de créditos e do descontrole do sistema financeiro. Em um mundoglobalizado, diante da complexidade das relações estabelecidas entre os mercados financeiros, é inevitável a repercussão dos efeitos da crise nas diversas economias ao redor do mundo, inclusive na economia brasileira.


Tudo começou em 2001 nos EUA com a especulação no mercado de ações relacionadas à internet. Inúmeras instituições financeiras americanas investiram grandes quantias, apostando emum enorme aquecimento deste setor, que, com o passar dos anos, mostrou-se muito menos rentável do que o esperado. Este momento da crise foi chamado de “Bolha da Internet”, e resultou na falência de duas das maiores instituições financeiras dos EUA: o AIG (American International Group) e o Lehman Brothers.
A intensificação da crise veio com o aumento da especulação imobiliária, que fez com que ospreços dos imóveis subissem mais do que o devido: as pessoas passaram a pagar cada vez mais pelos imóveis, a maioria delas a partir de empréstimos bancários, imaginando que no futuro valeriam ainda mais. Quando os agentes do mercado imobiliário e de crédito resolveram estender os empréstimos para clientes de menor renda, proliferando os chamados empréstimos “subprime” (empréstimos a pessoas debaixa renda e, portanto, de maior risco), foram estabelecidas as condições que mais à frente culminariam na crise econômica.
Na realidade, os empréstimos “subprime” foram concedidos porque se esperava uma queda de juros que afastaria a possibilidade de inadimplência, o que não ocorreu, acarretando prejuízos monumentais aos bancos. Este desequilíbrio gerou um colapso nos mercados bancários, queperdura até o momento. Com a onda de falências, inúmeras instituições financeiras bloquearam a concessão de empréstimos, inclusive entre si mesmas, o que afetou diretamente o crédito em virtude da insegurança gerada aos clientes. A repercussão no crédito é um fator que propicia a transferência da crise do sistema financeiro para toda a economia. Rapidamente a crise alastrou-se dos Estados Unidospara a Europa e trouxe inúmeras repercussões para todo o mundo.

A formação de uma crise financeira na zona do euro deu-se, fundamentalmente, por problemas fiscais. Alguns países, como a Grécia, gastaram mais dinheiro do conseguiram arrecadar por meio de impostos nos últimos anos. Para se financiar, passaram a acumular dívidas. Assim, a relação do endividamento sobre PIB de muitas nações docontinente ultrapassou significativamente o limite de 60% estabelecido no Tratado de Maastricht, de 1992, que criou a zona do euro. No caso da economia grega, exemplo mais grave de descontrole das contas públicas, a razão dívida/PIB é mais que o dobro deste limite. A desconfiança de que os governos da região teriam dificuldade para honrar suas dívidas fez com que os investidores passassem a temer possuirações, bem como títulos públicos e privados europeus.
Os primeiros temores dos investidores na Europa remontam em 2007 quando existiam suspeitas de que o mercado imobiliário dos Estados Unidos vivia uma bolha. Temia-se que bancos americanos e também europeus possuíam ativos altamente arriscados, lastreados em hipotecas de baixa qualidade. A crise de 2008 confirmou as suspeitas e levou os...
tracking img