A copa do mundo de 2014

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3169 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]






















































































SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3

2 A COPA DE 2014 4

3 CONCLUSÃO ..........................................................................................................9

4 REFERÊNCIAS......................................................................................................10

INTRODUÇÃO

O presente trabalho tem o escopo de evidenciar um tema relevante e atual que é a realização da copa do mundo de 2014 no Brasil a partir de uma perspectiva econômica e financeira, observando, sobretudo, as oportunidades de novos negócios, sob o âmbito que interessa a administração de empresas, e as relaçõescusto-benefício entre essas e o Governo investidor.
Há, também, que se avaliar o caso hipotético fornecido, como se dessa realidade esse fizesse parte, para, assim, identificar inúmeros aspectos imprescindíveis ao estudo da administração privada.
Ao mesmo tempo, importa-nos analisar as questões sociológicas, filosóficas e linguistas que se relacionam tanto com o contexto geral avaliado de copa domundo em território brasileiro, quanto com a própria situação e texto que nos foi fornecida, de modo a concretizar um estudo dialético, completo e fundamentado com os conhecimentos teóricos acerca das matérias e aplicações de tal teoria no campo prático hipotético fornecido.
É imprescindível o estudo em fomento, em razão da importância que o evento possui e da relevância econômica que esse vaiter para o país, conferindo ao Brasil uma série gama de bônus e ônus que serão melhores abordados no conteúdo do trabalho.






























TÍTULO I – A COPA DO MUNDO DE 2014

A copa do mundo de 2014, a se realizar no Brasil, trará aspectos de cunho positivos e negativos para o país. Em uma primeira análise, imediatista, os pontos positivos se referemaos empregos diretos e indiretos que esta gera, desde o período de preparação, com a reforma em uns estádios, construção de outros, ampliação do setor hoteleiro, na questão de transportes, entre outros. Além da receita que será gerada para o país, uma vez que torcedores de todo o mundo se encontrarão no Brasil para gastar seu dinheiro na moeda nacional. A grande problemática, contudo, é averiguadaapós a realização do evento, pois grandes serão os investimentos realizados com o dinheiro público, bem como ousadas iniciativas privadas que demandarão gastos imensos por parte das grandes empresas, sobretudo em estruturas físicas e de pessoal imensas para atender o grande número de pessoas que estará no país e nas cidades onde os jogos se realizarão , que certamente ficarão inócuas após o evento,conforme se verificou em algumas outras cidades-sedes de acontecimentos deste porte.
Salvador, segundo as estatísticas apuradas no sítio do IBGE (www.ibge.gov.br/cidades) é uma cidade com 2.675.656 (dois milhões, seiscentos e setenta e cinco mil, seiscentos e cinquenta e seis) habitantes, sendo em sua maioria mulheres entre 20 (vinte) e 24 (vinte e quatro) anos e homens entre 15 (quinze) a 24(vinte e quatro) anos, ou seja , uma população jovem. Sua dimensão de 693 km² de Mata Atlântica, cujo produto interno bruto é predominantemente relacionado aos serviços, no valor de R$ 23.354.078,00 (vinte e três milhões, trezentos e cinquenta e quatro mil, setenta e oito reais), sendo estes voltados basicamente para a exploração econômica do turismo e do lazer, uma vez que toda a sua estruturaestá voltada para o verão, sobretudo no que se refere aos carnavais. Justamente pela exploração econômica de tal atividade, é que muito se investe na referida cidade, em segurança pública, bem como no desenvolvimento de vias, e em tudo que diz respeito à política urbana, que interferem diretamente na qualidade do serviço prestado. A renda per capita alta em relação a muitos outros municípios...
tracking img