Copa do mundo 2014

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 70 (17422 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Material produzido em junho de 2010

Brasil sustentável
Impactos Socioeconômicos da Copa do Mundo 2014

Índice
Apresentação

01

Impactos socioeconômicos
• Economia produzirá R$ 142 bilhões adicionais
• Mudanças ao longo da história
• Fluxo de turistas turbina o consumo
• Cidades-sede: os vários corações da Copa

03
03
05
06
07

Efeito dominó
• Impactos socioeconômicosdiretos e indiretos
• Impactos diretos em números
• As ações vitais da operação

08
08
09
13

O mapa dos investimentos

14

Copa sustentável
• Responsabilidade socioambiental em jogo

16
16

Sete passos para a Copa verde

18

Microeconomia e impacto social
• Milhares de microempresas serão beneficiadas

24
24

Riscos e condicionantes
• Corrida de obstáculos
• De queprecisam as cidades-sede?
• A preocupação com o legado
• O risco da ineficiência econômica
• Os imponderáveis fatores externos

26
26
26
29
30
31

Desafios e oportunidades
• Como potencializar os efeitos positivos da Copa?

32
32

Governança e planejamento
• Plano diretor da Copa para cada cidade-sede

34
34

Monitoramento, controle e transparência
• Gestão de projetos comfoco em análise de riscos,
controles e monitoramento

36

Gestão financeira
• Recursos do BNDES relacionados à Copa

38
38

Ambiente regulatório
• Lei Geral da Copa e as exigências dos organizadores

40
40

Infraestrutura e serviços
• Condições para o sucesso

42
42

Capital humano
• Copa deve contar com milhares de voluntários bilíngues

46
46

Gestão de imagem
• Ganhode imagem pode ser maior do que o financeiro

48
48

Legado e sustentabilidade
• Legado da Copa pode ser físico, institucional e social

50
50

36

Apresentação
A série Brasil Sustentável, após cinco
edições analíticas sobre o horizonte
macroeconômico nos setores
habitacional, energético, de consumo,
industrial e agroindustrial, traz mais um
tema estratégico à pauta dediscussão,
tanto por sua capacidade geradora e
multiplicadora de riquezas para o País,
quanto pela importância e grandiosidade
do evento: Copa do Mundo 2014.

Este estudo, portanto, tem sete objetivos,
além de pontos de ineditismo:

Em 30 de outubro de 2007, o Comitê
Executivo da Fifa nomeou o Brasil como
anfitrião da competição. Com isso, o País
será o quinto a sediar duas edições da
Copa doMundo, após o México, Itália,
França e Alemanha. Entretanto, o perfil
do evento se alterou significativamente
desde a Copa de 1950. Em 2014,
teremos uma competição de grande
porte, cuja realização vai requerer
extensos processos de preparação e
complexas operações. Por um lado, o
Campeonato Mundial gerará reflexos
e benefícios em diversos setores
da economia e da sociedade, sejamtemporários ou duradouros, diretos ou
indiretos. Por outro, também apresenta
vários riscos, necessitando de processos
de gestão eficientes no setor público e
privado para que possa proporcionar
plenamente esses benefícios à sociedade.

• Apontar os impactos dos
investimentos nos PIBs regionais
em cada cidade-sede do evento;

• Apresentar estimativas dos
impactos socioeconômicos da Copa
doMundo 2014 sobre o Brasil;
• Estabelecer métricas e
indicadores para a realização da
primeira Copa sustentável;

• Entender os efeitos nos PIBs
setoriais de mais de 30 áreas da
macro e microeconomia;
• Apresentar em detalhes
os processos de gestão para o
sucesso de um megaevento;
• Delinear e avaliar os riscos e gargalos
para a concretização dos impactos
positivos e minimização dosimpactos
negativos;
• Mostrar oportunidades
e iniciativas para potencializar
e perenizar os benefícios do evento
para a sociedade brasileira.



BRASIL SUSTENTÁVEL IMPACToS SoCIoECoNôMICoS DA CoPA Do MUNDo 2014

Este trabalho, resultado de parceria da
Ernst & Young com a Fundação Getulio
Vargas (FGV), busca jogar luz em um
novo ambiente que se desenha no País
com a Copa do Mundo...
tracking img