A canonicidade da biblia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4241 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Discente: Rodrigo César Panzarini

Data: 09 de fevereiro de 2010

ÍNDICE

INTRODUÇÃO....................................................................................página 03
1 – O TERMO “CANON”....................................................................página 04
2 – O CANON DO ANTIGO TESTAMENTO......................................página 05
3 – O CANON DO NOVOTESTAMENTO..........................................página 07
4 – COMO FOI DETERMINADO A CANONICIDADE DA BÍBLIA.....página 11
CONCLUSÃO......................................................................................página 14

INTRODUÇÃO

A maioria de nós manuseia e estuda diariamente a Bíblia, dando a ela enorme importância, nela buscando respostas, alívio, soluções e crendo ser elaa Palavra de Deus, sem que paremos para nos questionar com perguntas que afligem alguns, como:
- Por que a Bíblia surgiu?
- Quando a Bíblia foi escrita?
- Como a Bíblia foi escrita?
- Como ela tomou o formato atual?
- Quem determinou quais os livros eram sagrados e quais a comporiam?

O nosso Deus é um Deus que fala, ele não se esconde. Os grandes propósitos que Deus sempre teve parao homem desde sua criação, só poderiam e podem ser alcançados e experimentados pelo homem por meio da revelação que Deus, o Criador, fez à sua criatura humana, da sua Divina vontade, de seu caráter e desses mesmos propósitos.
Ele começou falando no Éden, diretamente ao homem, andando com este pelo jardim, na viração do dia, por meio da sadia e santa consciência humana, e por meio da própriacriação. A princípio Ele não precisava da palavra escrita.
O pecado ao invadir a história humana, tornou esta revelação insuficiente (pela necessidade de ser revelado um Deus também Salvador) e de certa forma impotente (pelas limitações agora impostas ao homem e à própria criação) O homem afastou-se do Deus que falava, e teve sua consciência cauterizada. Deus então providenciou umarevelação especial ao longo da história e por meio de homens escolhidos, diretamente orientados e registrarem o que lhes era revelado a fim de que está revelação permanecesse para todas as futuras gerações. Esta coletânea de livros ou de material revelado e registrado chama-se o "Cânon Bíblico".
Muitas coisas Deus fez e falou, mas não mandou escrever. Não temos os livros de Abraão, José, Noé, etc.,mas o que Ele determinou que fosse escrito assim o fez porque tinha propósitos.
A Bíblia possui 66 livros escritos por cerca de 40 autores, durante um período aproximado de 1600 anos (1500 a.C. - 95 a.D.). Todos os autores tiveram seu estilo, cultura, temperamento e características preservados, o que marca seus escritos. Eles foram inspirados por Deus, não psicografaram seus livros.O primeiro autor sagrado foi Moisés, e o registro da primeira ordem a este respeito encontramos em Êxodo 17:14. Então disse o SENHOR a Moisés: Escreve isto para memória num livro, e relata-o aos ouvidos de Josué; que eu totalmente hei de riscar a memória de Amaleque de debaixo dos céus
No entanto, nos perguntamos como Moisés vivendo em torno de 1500 a.C. pode ter conhecimento fidedigno dedetalhes da revelação feita a Adão? Se nos lembrarmos que o mesmo Deus que se revelou a Adão é o inspirador de Moisés, e que o propósito de um registro fiel movia Deus a vocacionar Moisés, entendemos que o poder do Espírito santo é suficiente resposta, por meio da inspiração dada ao autor sagrado. Além disso se as gerações relatadas no Gênesis não forem representativas somente, mas, se porhipótese, seguirem realmente a seqüência histórica, podemos traçar uma corrente de Adão a Moisés passando por apenas sete homens que foram verdadeiros "livros humanos", reservatórios das revelações divinas, os quais as  compartilharam com as suas gerações contemporâneas, havendo assim preservação.
Mas, como foram agrupados e escolhidos os escritos sagrados a partir de Moisés?
Como...
tracking img