Teofania

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1491 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
.
igreja batista shalom |
BIBLIOLOGIA |
A HISTÓRIA DO CÂNON |
|
fabiano |
[Escolha a data] |

AQUI APRENDEREMOS QUANDO E COMO FOI CRIADO O CÂNON, A SUA ORIGEM E DATA. |

A FORMAÇÃO DO CANONE

A formação de um cânone bíblico se deu gradualmente. Foi formado em um período de aproximadamente de 1500 anos. Os cristãos protestantes acreditam que o ultimo livro doAntigo Testamento foi escrita pelo profeta Malaquias. Para os católicos ortodóxicos foi o Eclesiástico ou Sabedoria de Sirácida.
Os 66 livros da Bíblia provavelmente só foram preservados por se acharem em conexão com as coleções eclesiásticas, e não por terem sido copiados diretamente de originai isolados.
A canonicidade é determinada pela inspiração. Isto porquê eles tem valor, provieram deDEUS.
A processo mediante o qual DEUS nos concede sua revelação chama-se inspiração. É a inspiração de DEUS num livro que determina sua canonicidade.
A Bíblia constitui o “cânon”, pelo qual tudo mais pode ser medido e avaliado pelo fato de ter autoridade concedida por DEUS.
Só a inspiração divina determina a autoridade de um livro, se ele é canônico.

INTRODUÇÃOO QUE É UM CÂNON BÍBLICO?

O cânone bíblico designa o inventário ou lista de escritos ou livros considerados pela religiões cristãs.
Cânone em hebraico é qenéh e no grego Kanóni, tem o significado de “régua” ou “cana [de medir]” no sentido de um catálogo.
São ensinos que foram transmitidos pelo próprio DEUS (por meio de inspiração, visão ou manifestação verbalaudível) a homens que os registram por escrito, para que fossem preservados e repassados com fidelidade á humanidade, afim de, por meio deles, as pessoas pudessem saber corretamente sobre DEUS, crer e se relacionar pessoalmente com ELE para a salvação.
Os livros canônicos, por terem sido transmitidos pelo próprio DEUS, são a autoridade máxima e o padrão, em termos de fé e prática, para os cristãos. Emtermos práticos, as Escrituras Sagradas servem como uma norma referencial para julgarmos se um ensinamento ou conhecimento espiritual é de DEUS ou não. Se um ensinamento sobre a pessoa de DEUS ou sobre o relacionamento entre DEUS e os homens está de acordo com que está escrito nos livros canônicos, é correto e proveniente de DEUS. Senão é proveniente da especulação do próprio homem ou até domaligno, sendo, portanto, errôneo e desprezível.

SUA DESCOBERTA

O povo de DEUS tem desempenhado um papel de grande importância no processo de canonização. A comunidade dos crentes arca com a tarefa de chegar a uma conclusão sobre quais livros são realmente de DEUS. A fim de cumprir esse papel, a igreja de vê procurar certas características próprias da autoridade divinaOS PRINCÍPIOS DA DESCOBERTAS DA CANONICIDADE

Sempre existiu falsos livros e falsas mensagens. E por representarem ameaça constante, surgiu-se a necessidade que o povo de DEUS tivesse mais cuidado com a coleção de livros sagrados guardados consigo, pois poderiam haver alguns erros. A partir daí a igreja passou a questionar esses livros sagrados mediante cinco critérios; ao qual são eles:1- O livro é autorizado - Veio de DEUS;
2- É profético – Foi escrito por um cervo de DEUS;
3- É digno de confiança – Fala a verdade a cerca de DEUS;
4- É dinâmico – Possui o poder de transformar vidas;
5- E aceito pelo povo de DEUS para o qual foi originalmente escrito.

VEJAMOS CADA CRITÉRIO SEPARADAMENTE

A autoridade de um livro – Cada livro da Bíblia traz umareivindicação da autoridade divina. A expressão “Assim diz o SENHOR” está escrito na Bíblia com frequência. Sempre existe uma declaração divina. Se faltasse a um livro a autoridade de DEUS, esse era considerado não canônico, não sendo incluído no cânon sagrado.
Os livros dos profetas eram facilmente reconhecidos como canônicos por esse princípio de autoridade. A expressão repetida “ e o Senhor me...
tracking img