Zinco

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2564 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE PAULISTA

TALITA ALBERTIN GENARI

“APLICAÇÃO E FUNÇÃO DO ZINCO NA CÉLULA E NO TECIDO HUMANO”

Trabalho Integrado com o objetivo
de complementar as disciplinasestudadas durante este semestre do
curso de graduação em Farmácia
apresentado à Universidade
Paulista – UNIP

Coordenador: Prof. Dr. WilsonRoberto Malfará.

RIBEIRÃO PRETO

RESUMO

O Zinco, no qual está sendo priorizado neste trabalho, é considerado um dos sais minerais mais importantes para o organismo, sendo crucial para o fortalecimento do sistema imunológico e para suplementação do organismo. Também é essencial à divisão celular, crescimento, desenvolvimento e recuperação. O Zincorealiza um importante papel a desintoxicação do álcool no fígado, auxilia na digestão e aumenta a produção de proteínas. Está envolvido em reações de mais de trezentas metaloenzimas, entre elas, está a enzima zinco onde auxilia o organismo durante ações de diversos hormônios, como o hormônio de crescimento, testosterona, insulina e estrogênio. Também mantém um nível aceitável de colesterol do sangue.Estudos recentes comprovam sua participação no sistema imunológico, desenvolvi- mento e funcionamento do sistema nervoso.
Não manter a taxa de zinco recomendada pode afetar adversamente hormônios sexuais e levar a atrofia de músculos. E, além disso, pessoas que trabalham e prati-cam exercícios físicos estão mais sujeitas à deficiência de zinco, consequentemente, precisam de mais zinco.
Ozinco, quando, administrado na medida certa é fundamental para uma vida saudável.

SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO 05
1.1. Descrição do Zinco 05
1.2. Características Principais 06
1.3. História do Zinco-Metal 06
1.4. Papel Biológico 07
1.5. Fontes 08
1.6. Produção do Zinco 10

2. CONCENTRAÇÕES RECOMENDADAS 11

3. ATUAÇÃO DO ZINCO NA CÉLULA E NO TECIDO 13
3.1. Funções 14
3.2. Essencial para aSíntese de DNA e Desenvolvimento Celular 15
3.3. Metabolismo e Biodisponibilidade 16
3.4. Deficiência nas Células 17
3.5. Avaliação Nutricional do Zinco Corporal 23
3.6. Efeitos da Deficiência de Zinco na Obesidade 24
3.7. O Zinco no Epitélio Respiratório 25
3.7.1. A relação entre asma e deficiência de zinco 25
3.8. O Zinco como Antioxidante 26
3.9. O Zinco como Estabilizador da Membrana e doCitoesqueleto
27
3.10. O Zinco como Agente Anti-Apoptótico 27
3.11. Cura de Ferimentos 28
3.12. Efeitos Antiinflamatórios do Zinco 28

4. TOXICIDADE DO ZINCO 29
4.1. Intoxicação Aguda 29
4.2. Primeiros Socorros 30

5. APLICAÇÕES FARMACÊUTICAS E COSMÉTICAS DO ZINCO 31
5.1. Aplicações Farmacêuticas 31
5.2. Suplementação 33
5.3. Tratamento de Enfermidades 35
5.4. Interação comMedicamentos 36
5.5. Aplicações Cosméticas 38

6. BIOSSEGURANÇA 39
6.1. Combate ao Incêndio 40
6.2. Controle para Derramamento ou Vazamento 40
6.3. Manuseio 41
6.4. Armazenamento 41
6.5. Controle de Exposição e Proteção Individual 41
6.6. Estabilidade e Reatividade 42
6.7. Considerações Sobre Tratamento e Disposição 42
6.8. Transporte 42
6.9. Informações Toxicológicas 43
6.10. InformaçõesEco-Toxicológicas 43

7. CONCLUSÃO 43

REFERÊNCIAS 45

1. INTRODUÇÃO


Fonte: http://www.nautilus.fis.uc.pt

1.1. Descrição do Zinco

O zinco (do alemão Zink) é um elemento químico pertencente ao grupo IIb da tabela periódica (metais de transição), de símbolo Zn, número atômico 30 (30 prótons e 30 elétrons) com massa atômica 65,4 uma. À temperatura ambiente, o zinco encontra-se no...
tracking img