Visita domicilar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5345 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Problematizando o instrumento visita domiciliar
Problematizing the home visit Cristine Jaques Ribeiro1

___________________________________________________________
Resumo: O presente artigo pretende apresentar a análise da autora sobre o instrumento visita domiciliar. Esta análise surge como resultado das experiências vividas no campo da formação profissional como docente e, em especial, nadisciplina de Oficina Profissional, que instiga os acadêmicos a trocar experiências e a posicionar-se frente à intervenção profissional. O texto convida a problematizar o uso do instrumento como legitimação de um poder imposto, bem como reinvenção do seu sentido para a conexão de práticas coletivas e criativas entre visitantes e visitados. Palavras-chave: visita domiciliar; prática profissional;coletivo; reinvenção.

Introdução Considera-se a visita domiciliar um instrumento profissional e, consequentemente, este é utilizado por diferentes áreas do conhecimento, tornando a sua existência mais frequente na vida das multidões. No entanto, enquanto instrumento de análise, pouco se tem encontrado em termos de produções que problematizem o modo como é utilizado no cotidiano profissional doServiço Social, bem como analisem como ele ressoa na vida da população (CERTAU, 1998). Assim, o presente texto surge das experiências vividas pela autora na docência, assim como nos diferentes espaços acadêmicos do curso de graduação em Serviço Social, na Universidade Católica de Pelotas, no ensino junto à prática pedagógica de orientação em estágio curricular, buscando problematizar o sistema deensino no cotidiano da prática profissional através dos encontros de supervisão acadêmica, orientação de trabalhos de conclusão de curso e nas discussões em sala de aula e, em especial, na disciplina de Oficina Profissional em Serviço Social, na qual os acadêmicos são convidados a trocar experiências e a posicionar-se frente às diferentes realidades do cotidiano profissional. É recorrente amanifestação dos acadêmicos em questionar a falta de um debate maior sobre a visita domiciliar e a preocupação em tal instrumento se tornar equipamento de punição (FOUCAULT, 2000) frente às histórias de vida que o Serviço Social encontra em seus processos de trabalho. Para fundamentar a discussão, busca-se, então, dialogar a partir de um movimento desterritorializante e através de uma escrita cujo
1Assistente Social, Mestra e Doutora em Serviço Social pela PUCRS, Professora do Curso de Serviço Social da Universidade Católica de Pelotas. cristinejr@bol.com.br.

Problematizando o instrumento visita domiciliar

objetivo é ampliar o olhar profissional, propiciando o alargamento deste tema como temática social e objeto de análise científica. A visita domiciliar - um instrumento de poderConsiderando, hoje, que a sociedade está cada vez mais produzindo sistemas semióticos plagiados pela economia capitalista, é possível afirmar que os instrumentos profissionais fortalecem os códigos sociais de poder que, constantemente, reproduzem padrões de comportamentos policiais na vida heterogênea da população, tornando imperativa a imposição de uma modelização homogeneizante2. Contudo, sabemosque, quando nos aproximamos, a partir da visita domiciliar, no espaço de convivências das famílias, a quem supostamente vamos atender, é recorrente o risco de impor um modelo de vida desconsiderando os arranjos familiares, as histórias, as concepções do viver que podem ultrapassar os sistemas semióticos impostos, pois oferecem, em suas narrativas, um outro olhar de existência que necessita serconsiderado (GUATTARI, 1987). Portanto, problematizar a visita domiciliar enquanto instrumento profissional não é apenas olhá-la como ferramenta, mas, antes, analisar o efeito de seu discurso a partir de uma política simbólica dos estabelecimentos institucionalizados e de suas praticas instituídas (BAREMBLITT, 1998). Não se trata aqui, porém, de negar a validade desse instrumento, e sim de instigar a...
tracking img