Violencia nas escolas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 27 (6524 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A violência nas escolas
como resultado dos problemas de inadaptação social

1. Resumo
2. Introdução
3. O papel da família na educação
4. Violência e sociedade
5. A violência nos jovens como inadaptação social
6. A violência na escola
7. Alunos e escola: adversários ou aliados?
8. Causas da violência
9. Prevenção da violência
10. O papel do educador socialna prevenção da violência
11. Conclusão
12. Bibliografia
13. Anexos

Trabalho realizado para o módulo de “A escola e os seus agentes perante a exclusão social” do Doutoramento em Educação Social

Resumo:
A violência protagonizada pelos jovens nas escolas é uma realidade inegável. A sociedade terá que se organizar e insurgir-se ativamente contra este fenómeno. De igual modo, a escolaterá que ajustar os seus conteúdos programáticos e acercar-se mais às crianças. Devido às exigências, as famílias muitas vezes destituem-se da sua função educativa, delegando-a à escola. No meio de toda esta confusão, estão as crianças, que, atuam conforme aquilo que observam e agem consoante os estímulos do meio. Meio esse que por vezes oferece modelos de conduta e referências positivasquestionáveis.
Palavras-chave: escola; violência; meio; família; sociedade.
Abstract:
the violence protagonised for young people in the schools is a reality undeniable. The society will have to organize itself and fight actively against this phenomenon. In the same way, the school will have to adjust their programmatic contents and approach more to children. Due to the exigencies, several times familiesdismiss their educational function, delegate that to school. In the middle of this confusion, are the children, which actuate as they watch and act according the environment stimulation. Environment that certain times gives conduct models and positive references questionables.
Key words: school; violence; environment; family; society.

Introdução
A sociedade mundial tem sido um poucoindiferente relativamente aos seres que são socialmente frágeis e que muitas vezes adotam condutas violentas como forma de proteção e/ ou imitação.
A violência nas escolas não é um fenómeno novo. Todavia tem vindo a assumir proporções tais que a escola não sabe que medidas tomar para sanar este problema.
Pretende-se com este trabalho fazer uma breve abordagem sobre os fenómenos da violênciaexercida por jovens nas escolas e como tal facto é devido a problemas de inadaptação, confirmando se essa inadaptação é consequência do meio onde se inserem.
Ao longo deste trabalho serão alvo de reflexão o papel da família na educação numa perspectiva histórica até aos dias de hoje; o fenómeno de violência e como ela se regista na sociedade; a violência nos jovens fruto da ausência dereferências positivas no meio onde se circunscrevem; análise da violência e seus implicados no contexto escolar e se poderá haver uma interação positiva ou não entre a escola e seus alunos. Serão também apontadas as causas da violência, sua prevenção e como o educador social, enquanto profissional qualificado, poderá agir na prevenção do fenómeno em questão.
Em suma, procurou-se aprofundar osconhecimentos em torno desta temática, com um intuito ávido de conhecer como a escola, a família e em sentido lato a sociedade se organiza na gestão desta problemática tão grave nos dias de hoje.


1. O papel da família na educação
O conceito de família nem sempre foi o mesmo, sofreu alterações de acordo com o evoluir dos tempos.
No Antigo Regime, não existia os termos criança ouadolescente, a criança não tinha infância, era considerada um “adulto jovem”. A este propósito, Philippe Ariés (1988: 10-11) refere que:
“passava-se diretamente de criança muito pequena a adulto jovem, sem passar pelas várias etapas da juventude de que eram talvez conhecidas antes da Idade Média e que se tornavam o aspecto essencial das sociedades evoluídas dos dias de hoje”.
A educação da...
tracking img