Violencia nas escolas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 85 (21122 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
© UNESCO 2003 Edição publicada pela Representação da UNESCO no Brasil

As autoras são responsáveis pela escolha e pela apresentação dos fatos contidos nesta publicação e pelas opiniões aqui expressas, que não são necessariamente as da UNESCO e não comprometem a Organização. As designações empregadas e a apresentação do material não implicam a expressão de qualquer opinião que seja, porparte da UNESCO, no que diz respeito ao status legal de qualquer país, território, cidade ou área, ou de suas autoridades, ou no que diz respeito à delimitação de suas fronteiras ou de seus limites.

edições UNESCO BRASIL
Conselho Editorial Jorge Werthein Cecilia Braslavsky Juan Carlos Tedesco Adama Ouane Célio da Cunha Comitê para a Área de Ciências Sociais e Desenvolvimento SocialJulio Jacobo Waiselfish Carlos Alberto Vieira Marlova Jovchelovitch Noleto Edna Roland Revisão: DPE Studio Assistente Editorial: Rachel Gontijo de Aráujo Diagramação: Fernando Brandão Projeto Gráfico: Edson Fogaça © UNESCO 2003 Abramovay, Miriam Violências nas escolas/ Miriam Abramovay et alii. – Brasília : UNESCO Brasil, REDE PITÁGORAS, Coordenação DST/AIDS do Ministério da Saúde, aSecretaria de Estado dos Direitos Humanos do Ministério da Justiça, CNPq, Instituto Ayrton Senna, UNAIDS, Banco Mundial, USAID, Fundação Ford, CONSED, UNDIME, 2002. 88p. 1. Problemas Sociais-Brasil 2. Violência 3. Juventude 4.Educação I. Abramovay, Miriam II. UNESCO III. Título. CDD 362
BR/2003/PI/H/8

Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura Representação noBrasil SAS, Quadra 5 Bloco H, Lote 6, Ed. CNPq/IBICT/UNESCO, 9º andar. 70070-914 – Brasília – DF – Brasil Tel.: (55 61) 2106-3500 Fax: (55 61) 322-4261 E-mail: UHBRZ@unesco.org.br

EQUIPE RESPONSÁVEL: Miriam Abramovay, Coordenadora (Consultora Banco Mundial) Maria das Graças Rua, Coordenadora (Consultora UNESCO)

COLABORAÇÃO ESPECIAL: Mary Garcia Castro, Pesquisadora UNESCO

ASSISTENTESDE COORDENAÇÃO: Diana Teixeira Barbosa Lorena Vilarins dos Santos Soraya Campos de Almeida ASSISTENTES DE PESQUISA : Cláudia Beatriz Silva e Souza Cláudia Tereza Signori Franco Danielle Oliveira Valverde Fabiano de Sousa Lima Joani Silvana Capiberibe de Lyra Leonardo de Castro Pinheiro Lena Tatiana Dias Tosta Rodrigo Padua Rodrigues Chaves Viviene Duarte Rocha

AMOSTRA QUANTITATIVA:David Duarte Lima

APOIO ESTATÍSTICO: Maria Inez M.T. Walter

CRÍTICA E E XPANSÃO DA AMOSTRA: Milton Mattos Souza

NOTA SOBRE AS AUTORAS

MIRIAM ABRAMOVAY é professora da Universidade Católica de Brasília, vice-coordenadora do Observatório de Violência nas Escolas no Brasil e consultora de vários organismos internacionais em pesquisas e avaliações nos temas: juventude, violência egênero. Formou-se em Sociologia e Ciências da Educação pela Universidade de Paris, França (Paris VII – Vincennes), possui mestrado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e é doutoranda e na Universidade de Bordeaux Victor Segalen, França. Coordenou e publicou várias avaliações de programas sociais, entre eles do Programa Abrindo Espaços. É co-autora de livros sobrejuventude, violência e cidadania, bem como de vários artigos publicados em revistas, científicas e especializadas no tema violência nas escolas. MARIA DAS GRAÇAS RUA é professora da Universidade de Brasília e consultora da UNESCO em pesquisas e avaliações, principalmente para questões de gênero, juventude e violência. Bacharel em Ciências Sociais, fez pós-graduação em Ciência Política noInstituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro, Brasil. Entre muitos trabalhos, destacase sua tese de doutorado: “Políticos e Burocratas no Processo de PolicyMaking: A Política de Terras no Brasil, 1945-1984”. Foi coordenadora do Grupo de Trabalho de Políticas Públicas da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais (ANPOCS).

SUMÁRIO

Apresentação...
tracking img