Violencia contra mulher

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2280 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ATUALIDADES NO PANORAMA MUNDIAL

O mundo nesta década de 2010 é marcado por uma realidade sócio, política, cultural e econômica que
necessita ser contextualizada por fatos históricos recentes. Nós precisamos conhecer a história para
entender e melhor discutir coisas práticas da vida, como uma alta dos preços de combustível; a
influência de um posicionamento de um líder religioso no mundoárabe, ou até mesmo como uma
conquista de Copa do Mundo é utilizada para fins políticos em países democráticos.
Após a Segunda Guerra Mundial (1939-1945), o planeta se dividiu em dois blocos políticos antagônicos.
No oriente predominava o comunismo, enquanto o lado ocidental era capitalista, com raras exceções.
Dois países dominavam esses blocos, os Estados Unidos da América e a União dasRepúblicas
Socialistas Soviética (URSS). Essa grande divisão foi denominada Guerra Fria, pois não houve
confrontos bélicos.
Os conflitos se estenderam pela economia e política, nos campos ideológicos, tecnológicos e militares.
Esse último no que concerne à fabricação de grande parte do arsenal de ogivas nucleares.
A Alemanha era um dos países mais simbólicos dessa dicotomia. Você já ouviu falar noMuro de
Berlim? A capital alemã era dividida por um muro que separava a República Democrática Alemã
(Alemanha Oriental) e a República Federal da Alemanha (Alemanha Ocidental). Construído em 1961,
pela Alemanha Oriental, o Muro de Berlim impediu a fuga em massa para o lado capitalista. Antes da
construção, estima-se que mais de 3 milhões de alemães fugiram do regime comunista.
A queda do Muro deBerlim em 1989 foi um acontecimento histórico, que simbolizou a decadência do
bloco de países comunistas, o que viria a culminar com a extinção da União Soviética em 1991. Essa
extinção foi gradativa, tendo sido iniciada por Mikhail Gorbachev, último secretário-geral do Comitê
Central do Partido Comunista. Permaneceu à frente do poder de 1985 a 1991. Quem ocupava esse
cargo era consideradopresidente da União Soviética.
Duas ações políticas foram o grande legado de Gorbachev: a Perestroika, uma série de reformas que
permitiu a abertura das relações econômicas dos países que constituíam a União Soviética com o
mundo capitalista; e a Glasnost, um processo de abertura política, que tornou o governo mais
transparente e permitiu a liberdade de expressão aos opositores do regime.
Asmudanças ocorridas na União Soviética foram aos poucos alterando o panorama político do bloco
comunista. Em 1989, ocorreram as primeiras eleições livres e diretas. Com essa democratização, o
regime socialista dos países regidos pelo Pacto de Varsóvia começou a ruir. A Polônia, influenciada pelo
Papa João Paulo II e pelo Solidariedade, o primeiro movimento sindical não-comunista em um paíscomunista, e a Hungria foram os primeiros países a eleger líderes de partidos não comunistas. 1989 foi
emblemático para o fim da Guerra Fria, pois em 9 de novembro daquele ano o Muro de Berlim caiu.

A década de 1990 foi chamada de “tempos prósperos” por analistas do desenvolvimento global. Além
das nações que viviam sob regime comunista, países sob ditadura como a África do Sul (fim do regimeApartheid) e o Chile (queda de Augusto Pinochet) derrubaram regimes totalitários. Então a primeira
grande característica dessa década foi a consolidação da democracia.
A segunda característica marcante da década de 1990 foi a globalização. Você sabe o que é
globalização? É um processo de integração política, econômica, cultural e social através da qual as
nações do mundo inteiro passaram a comporuma aldeia global.
As relações entre os países mudaram com a globalização, pois passaram a interagir atendendo as
necessidades do capitalismo. A aldeia global aproximou os países, permitiu a criação dos blocos, como
a União Europeia e o Mercosul. Os países emergentes foram beneficiados pela globalização,
especialmente os que formam o bloco chamado BRIC: Brasil, Rússia, Índia e China, que...
tracking img