Vantagens comparativas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1418 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA
CENTRO SÓCIO-ECONÔMICO
DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS
DISCIPLINA ECONOMIA INTERNACIONAL I
PROFESSOR: FERNANDO SEABRA
ALUNOS: RODRIGO PAULO GARCIA

Trabalho de Pesquisa – Vantagens Comparativas

Florianópolis, 01 de outubro de 2012.
INTRODUÇÃO
Primeiramente, neste trabalho, temos como objetivo realizar uma revisão teórica-conceitual sobrevantagens comparativas e vantagens absolutas, duas abordagens diferentes para a teoria do comércio internacional, utilizaremos o arcabouço teórico de Adam Smith para descrever sobre vantagens absolutas e David Ricardo para o conceito de vantagens absolutas.
Na segunda parte do trabalho, iremos avaliar empiricamente as vantagens comparativas na produção de cerveja do Brasil e da China, durante os anosde 2009, 2010 e 2011. Iremos verificar através do Índice de Vantagem Comparativa Revelada (IVCR) se algum dos dois países possui vantagem comparativa e comparar os resultados entre ambos.

VANTAGEM ABSOLUTA
Esse é o conceito usado na teoria liberal de Adam Smith (1776), na sua obra: A Riqueza das Nações é evidenciada a importância de se obter metais preciosos por parte da Inglaterra. Eradefendida a ideia de livre comércio entre as nações, Smith percebe que o comércio internacional é benéfico para as nações desde que os países se especializem de acordo com as suas vantagens absolutas.
A vantagem absoluta sobre determinado produto é garantida para aquele país que precise de menos recursos para a produção do mesmo, aquele país que tenha menor custo para produzir o bem, ou seja, é maiseficiente na produção. Desta maneira o autor sugere que os países devem produzir apenas aquilo que são mais eficientes, no que não são, deveriam importar dos países mais eficientes na produção desse bem.
Para exemplificar usaremos a tabela a seguir:

Tabela 1 – Comparação de tempo de produção entre países A e B
Países | Tempo para produzir um metro de tecido | Tempo para produzir uma máquinaa vapor |
País A | 1 hora | 48 horas |
País B | 2 horas | 24 horas |

Nesse caso, o país A, possui vantagem absoluta em produção de tecido, enquanto o país B tem vantagem absoluta na produção de máquinas a vapor. Segundo a teoria de Smith o país deveria produzir tecido e exportar o excedente para o país B, e este, deveria produzir máquinas a vapor e exportar para o país A. Dessa maneira cadapaís produz aquilo em que é mais eficiente.
Adam Smith estava preocupado com a abertura do comércio internacional, já que a Inglaterra possuía um mercado interno insuficiente para toda a oferta de produtos industrializados que produzia, então precisava escoar a produção para outro país.
A teoria das vantagens absolutas apresenta uma séria limitação, pois aqueles países que não possuíssemvantagem absoluta em nenhum produto não poderia fazer parte do comércio internacional, apenas poderia importar os bens de outras nações.
Para um país como a Inglaterra, com alta tecnologia na produção, essa teoria seria muito benéfica, pois tendo vantagem absoluta na produção de muitos bens e exportando o excedente faz com que entre uma grande quantidade de moedas no país. Por outro lado, países menoseficientes na produção dos bens comercializados no mercado internacional teriam que importar mais que exportar causando um déficit na balança comercial.

VANTAGEM COMPARATIVA
David Ricardo veio preencher a lacuna deixada por Adam Smith para demonstrar que o comércio internacional é bom não apenas para os países mais eficientes. Para demonstrar tal fato, a teoria ricardiana utiliza osargumentos do modelo da vantagem comparativa ou relativa.
Utilizamos a tabela a seguir para ilustrar um exemplo:

Tabela 2 – Tabela de vantagens comparativas
Países | Custo (horas de trabalho para produzir) |
| Tecido (1 metro) | Vinho (1 litro) |
Inglaterra | 80 | 90 |
Portugal | 120 | 100 |

Calculando a razão entre a produtividade de Inglaterra em vinho e a produtividade em tecido,...
tracking img