Vacinas infantis

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 33 (8057 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

A vacinação tem um papel importante no controle das doenças, reduzindo o número de indivíduos com probabilidade de adoecer, através da imunização ativa.
No atual calendário de vacinação, consta vacinas para 15 doenças.
O Programa Nacional de Imunizações do Brasil (PNI), é uma das mais bem sucedidas ações de prevenção e controle de doenças do mundo.
As orientações preconizadaspelo PNI, devem ser de conhecimento geral das instituições de saúde, públicas ou privadas, e da população.
A prática da vacinação envolve diversos aspectos científicos e técnico-operacionais que dizem respeito aos agentes imunizantes e a pessoa a ser imunizada.
O programa de imunização visa, em primeira instância, a ampla extensão da cobertura vacinal, para alcançar adequado grau de proteçãoimunitária da população contra as doenças transmissíveis por ele abrangidas.

1-ASPECTOS CIENTÍFICOS

1.1- Natureza - A vacina é um produto farmacêutico que conte um ou mais agentes imunizantes (monovalente ou combinada), em diversas formas biológicas como: bactérias ou vírus atenuados; vírus inativados e bactérias mortas; componentes purificados ou modificados dos agentes causadores dasdoenças contra as quais a vacina é dirigida.
1.2- Composição - Contém alem do agente imunizante, proteínas, culturas de células, líquido de suspensão, conservantes, antibióticos, estabilizantes, adjuvantes.

2- ORIGEM DOS PRODUTOS
Laboratórios nacionais e internacionais fornecem as vacinas para o país. Embora a maioria dos produtos seja obtida a partir de cepas iniciais provenientes deinstituições de referência da Organização Mundial da Saúde - OMS. As células de cultura, também estejam padronizados, existem particularidades no processo de produção de cada laboratório, ou mesmo substâncias químicas acessórias (adjuvantes; conservantes; estabilizantes ou outras), que podem ser diferentes. Estes fatores contribuem para que as vacinas variem discretamente no seu aspecto ou coloração.

3-CONTROLE DE QUALIDADE
Realizado pelo laboratório produtor, deve obedecer a critérios padronizados estabelecidos pela OMS. Os lotes vacinais, após a aprovação nos testes de controle do laboratório produtor, são submetidos a análise pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde - INCQS, do Ministério da Saúde. Depois, a vacina é liberada para o uso, garantindo a segurança, a potênciaadequada e a estabilidade do produto final.

4- CONSERVAÇÃO
Todos ao agentes imunizantes, devem ser mantidos em temperatura adequada, de acordo com as especificações do seu produtor. As vacinas, imunoglobulinas e soros, que fazem parte desta Norma devem ser conservados em geladeira, fora do congelador, em temperaturas entre 2 e 8°c. Nas regiões mais frias do Estado, é recomendado mantertemperatura entre 4 a 8°C, para evitar o congelamento.

5- PESSOA A SER IMUNIZADA.
5.1- Contra indicações gerais.
- Indivíduos que apresentaram reações de caráter anafilático à dose prévia da vacina ou de seus componentes.
- Gestantes - não devem ser vacinadas com vacinas virais atenuadas.
- Indivíduos com imunodeficiência congênita ou adquirida como: portadores de neoplasias malignas, submetidosa transplante de medula ou outros órgãos,
- Infectados pelo HIV
- Em tratamentos com corticoides em dose alta (equivalente a prednisona na dose de 2 mg/kg/dia ou mais, para crianças e 20 mg/dia ou mais, para adultos.
5.2- Situações em que se recomenda o adiamento da vacinação.
- Até três meses após o tratamento com imunodepressores ou com corticoides em dose alta. Esta recomendação éválida inclusive para vacinas de componentes e de organismos mortos ou inativados, pela possível inadequação da resposta.
- Administração de imunoglobulina ou de sangue e derivados, devido a possibilidade de que os anticorpos presentes nesses produtos neutralizem o vírus vacinal. Esta recomendação é válida para as vacinas contra sarampo, caxumba, rubéola e varicela.
- Durante a evolução das...
tracking img