Utilizando o tms (transportation management system)

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2725 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
http://www.ilos.com.br/web/index.php?option=com_content&task=view&id=1100&Itemid=74&lang=br

ARTIGOS - UTILIZANDO O TMS (TRANSPORTATION MANAGEMENT SYSTEM) PARA UMA GESTÃO EFICAZ DE TRANSPORTES
  | Data: 10/04/2002 
Vitor Marques |
INTRODUÇÃO
A gestão de transportes é parte essencial de um sistema logístico. É a atividade responsável pelos fluxos de matéria prima e produtoacabado entre todos os elos da cadeia logística. Utiliza grande número de ativos, que se encontram dispersos geograficamente, o que torna a gestão de transportes ainda mais complexa. A alta complexidade gerencial, intensa utilização de ativos e a gestão sob um grande fluxo físico de produtos torna o transporte a maior conta individual de custos logísticos, que varia entre 1/3 (um terço) e 2/3 (doisterços) do total dos custos logísticos das empresas (veja a figura 1). Desta forma, um bom gerenciamento de transportes pode garantir melhores margens para a empresa, através de reduções de custos e/ou uso mais racional dos ativos, e um bom nível de serviço para os clientes, através do aumento da disponibilidade de produtos, reduções nos tempos de entrega, entre outros benefícios.
  |

Paraesclarecer como a tecnologia de informação vem auxiliando o gerenciamento de transportes, apresentaremos as principais funcionalidades disponíveis nos Sistemas de Gerenciamento de Transportes – os TMSs (Transportation Management System).
Antes de descrever as principais funcionalidades do TMS serão apresentadas as principais decisões na gestão de transportes divididas em três níveis de decisão:Estratégico, Tático ou Operacional. O parâmetro adotado, para enquadrar cada uma das decisões de transportes em um dos três níveis mencionados acima, é a freqüência com que as decisões precisam ser revisadas. Para melhorar o entendimento desta abordagem, a figura 2 mostra de forma esquemática algumas das decisões da gestão de transportes agrupadas nos três diferentes níveis.
O objetivo da descriçãomencionada acima é poder contextualizar em quais níveis decisórios um software de TMS pode ser utilizado (estratégico, tático e/ou operacional), baseado em quais decisões de transportes ele pode suportar.
  |
AS PRINCIPAIS DECISÕES EM TRANSPORTES
• Nível Estratégico
Este nível de planejamento está relacionado com as decisões de longo prazo, entre elas:
Definição da Rede Logística - A necessidade demovimentar materiais de um ponto a outro culmina na realização de uma atividade de transporte. Pensando de forma estratégica, a gestão de transporte possui forte influência na concepção da rede logística, que determinará a localização de fábricas, CDs em função da localização de seus fornecedores, clientes e dos fluxos de materiais. Esta decisão toma como base o menor custo logístico total,mantidas algumas premissas de nível de serviço, definidos pela empresa.
Decisão de Utilização de Modais - A escolha entre as alternativas de modais - rodoviário, ferroviário, aéreo, aquaviário e dutoviário - deve ser baseada nos impactos de serviços e custos na rede logística. O aspecto de nível de serviço deve tangibilizar o tempo de transporte “porta a porta”, consistência no tempo de entrega, afreqüência e disponibilidade/flexibilidade. A tabela 1 apresenta de forma comparativa algumas características dos modais. Por exemplo, na primeira coluna podemos observar o modal aéreo como o mais caro e o aquáviário como o mais barato.
  |
Decisão da Propriedade da Frota - Fatores de custo, qualidade do serviço e rentabilidade devem ser considerados determinantes para suportar esta decisão. Éaconselhável realizar uma avaliação financeira precisa dos impactos no fluxo de caixa da empresa em qualquer decisão, além de calcular a taxa de retorno dos investimentos ou desinvestimentos (casos em que se possui frota própria e queira terceirizá-la).
Outras variáveis são importantes para tomar a decisão sobre a propriedade da frota, tais como: tamanho da operação, competência gerencial interna,...
tracking img