Usinas de asfalto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1686 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TRABALHO DE PCE III

USINAS DE ASFALTO COM MISTURADORES PUG-MILL E DRUM MIXER
03/12/2010

Prof. Odair Rosa

Fábio Mitelman de Araujo Bento matr. 0820201-1

USINAS DE ASFALTO GRAVIMÉTRICAS (MISTURADOR PUG-MILL)

As usinas gravimétricas foram as primeiras a consolidarem-se no mercado de pavimentação e sua qualidade é ainda hojereverenciada, com a produção de excelentes misturas asfálticas, que atendem às mais diversas especificações.

PRINCÍPIOS DE OPERAÇÃO

Os silos de alimentação armazenam e medem as quantidades de agregados (minério virgem), que passam por um processo de aquecimento e secagem, utilizando a energia provida por um queimador.

Depois de extraída a umidade, um elevador de canecas transporta osmateriais quentes e secos até a parte superior da torre de dosagem, que possui um conjunto de peneiras vibratórias para classificação granulométrica, onde o material é classificado conforme o tamanho das pedras e armazenado em silos quentes. Conforme a mistura desejada, é feita a dosagem do material seco na balança destes silos, que têm por função garantir a fração de cada material na misturaatravés da pesagem individual.

Os componentes pétreos, o ligante (CAP) – medido pela balança própria e possíveis aditivos chegam juntos no misturador. O sistema controla o tempo de mistura; terminado o processo, o concreto betuminoso usinado a quente é direcionado para silos de armazenamento ou descarregado diretamenteno caminhão para a pista.

A usina gravimétrica também é chamada de usina porbatelada, pois cada carga de materiais dentro do misturador equivale a uma batelada. A produção deste tipo de usina é dada pela capacidade de bateladas por hora.

PRINCIPAIS COMPONENTES

Silos alimentadores

Nos silos de alimentação a dosagem dos materiais é controlada de forma automática por meio de moto-redutores elétricos e variadores de velocidade em cada uma das correias dosadoras.Cada silo possui correia individual. O controle de dosagem, independente, é realizado por meio de conversores de freqüência em forma automática.

Secador

O secador do tipo contra-fluxo tem características que garantem uma produção efetiva de massa asfáltica homogênea com secagem extremamente eficiente. Isso evita que a umidade residual chegue ao misturador, oxidando o asfalto e prejudicandosuas propriedades. O calor é aplicado gradativamente aos agregados, resultando em alta eficiência de troca térmica. A secagem em contra-fluxo gera melhor aproveitamento da energia, economizando combustível.

Queimador

O queimador pode ser abastecido com óleos leves e pesados e/ou gás (GLP ou Gás Natural). Utiliza um eficiente controle de mistura, no qual a relação da mistura ar e combustívelpode ser ajustada de forma automática ou manual.

Tem ignição controlada pelo operador com chama piloto e controle de purga e pressão, nos casos de utilização de GLP ou gás natural. Com dosagem de combustível precisa, por controle microprocessado, o queimador tem atomização eficiente e pode ser acessado facilmente para manutenção e regulagem.

Sistema de peneiras

Além dos controlesiniciais de dosagem de materiais na entrada, as usinas gravimétricas possuem um sistema composto por peneiras vibratórias para classificação granulométrica, que classificam e separam os agregados em diferentes tamanhos.

Com vibração variável, o processo permite o descarte de material fora de padrão e pode conter sistema de adição de filler, polímeros e fibras, além de pesagem e separação definos.

Filtro de mangas

Para qualificar a purificação de gases de exaustão da usina e atender as normas de proteção ambiental, é usado um sistema exclusivo com filtro de mangas plissadas. Construídas em forma de cartucho, as mangas plissadas possuem área filtrante cinco vezes superior às mangas lisas tradicionais, possibilitando a construção de uma usina portátil com alta eficiência na...
tracking img