Ulceras

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1299 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ÚLCERAS POR PRESSÃO
Prof. Ms. Érick Igor dos Santos
ÚLCERAS POR PRESSÃO - Conceito
* Qualquer lesão causada por pressão não aliviada, que resulta em danos teciduais, desde a epiderme, derme, tecido subcutâneo, músculo, articulações até os ossos. Ocorre quando a pressão aplicada à pele, por algum tempo, é maior que a pressão capilar normal (32mmHg/arteríolas e 12mmHg/vênulas). (MAIA EMONTEIRO, 2007)

ÚLCERAS POR PRESSÃO - Etiologia

Fatores de Risco:
Extrínsecos
* Pressão
* Cisalhamento
* Fricção
* Umidade
* Tempo de internação

Intrínsecos
* Nutrição
* Idade
* Nível de Consciência
* Patologia de Base
* Mobilidade reduzida ou ausente
* Peso corpóreo
* Incontinência urinária e/ou fecal;

ÚLCERAS POR PRESSÃO - Etiologia* PRESSÃO: É o fator mais importante. O tecido mole é comprimido entre uma saliência óssea e uma superfície dura, ocorre pressão maior que a pressão capilar, havendo a isquemia.

ÚLCERAS POR PRESSÃO - Etiologia
* CISALHAMENTO: ocorre quando o paciente desliza na cama; o esqueleto e os tecidos mais próximos se movimentam, mas a pele das nádegas permanece imóvel.
* FRICÇÃO: Ocorrequando duas superfícies são esfregadas uma contra a outra. A causa mais comum é “arrastar” o paciente ao invés de levantá-lo, o que remove as camadas superiores de células epiteliais.

ÚLCERAS POR PRESSÃO – Localização

* Hiperemia
* Hematoma
* Edema
* Flictena
* Escarificação
* Laceração

ÚLCERAS POR PRESSÃO – Periferida

ÚLCERAS POR PRESSÃO – Bordos
*Indistinto ou difuso
* Aderido ou Não Aderido
* Enrolado para baixo,
* Grau de espessura
* Fibrótico, com cicatriz
* Macerado

ÚLCERAS POR PRESSÃO – Como Mensurar?
* Linear
* Instilação
* Decalque (C/ Acetato)
* Fotografia
largura

comprimento

profundidade

* ÚLCERAS POR PRESSÃO – Presença de túneis ou descolamentos?
Para avaliar se há ounão descolamento ou túnel, insira um swab estéril sob a borda da ferida; introduza-o tão profundamente quanto possível, levante a ponta do aplicador de forma que possa ser visualizada ou sentida na superfície da pele; marque com caneta e meça a distância entre a borda da ferida e a marca na pele, utilizando uma régua.
* ÚLCERAS POR PRESSÃO – Exsudato
Aparência
Seroso
Purulento
Hemáticoou Sanguinolento
Odor
Inodoro
Fétido
(Intenso ou Discreto)

ÚLCERAS POR PRESSÃO – Exsudato
* Sanguinolento: fino, vermelho brilhante.
* Serosanguinolento: fino, aguado, pálido ou róseo.
* Seroso: fino, amarelo claro.
* Purulento: fino ou espesso, de amarelo, esverdeado a marrom, com odor fétido.
* Piosanguinolento: fino ou espesso, amarelomisturado com sangue.
ÚLCERAS POR PRESSÃO – Exsudato
Amarelado
Esbranquiçado
Avermelhado
Drenagem
Pequena
Moderada
Esverdeado
Acastanhado
Abundante

ÚLCERAS POR PRESSÃO – Leito da Ferida
Exsudato?
Tecido de Granulação?
Epitelização?
Necrose?

ÚLCERAS POR PRESSÃO – Leito da Ferida
Tipos de Necrose
Necrose de Coagulação
Necrose de Liquefação
Necrose Gordurosa
NecroseCaseosa

ÚLCERAS POR PRESSÃO - Estadiamento
* Estágio I
Dano superficial, sem solução de continuidade na superfície da pele. Caracteriza-se pelo comprometimento da epiderme apenas, com formação de eritema em pele íntegra e sem perda tecidual.
Ex: Hiperemia que não desaparece à digitopressão.

ÚLCERAS POR PRESSÃO - Estadiamento
Estágio II
Perda parcial da espessura dérmica. Apresenta-secomo úlcera superficial com o leito de coloração vermelho pálida, sem esfacelo. Pode apresentar-se ainda como uma bolha.

ÚLCERAS POR PRESSÃO - Estadiamento
Estágio III
Derme e epiderme são destruídas e o tecido subcutâneo é atingido, podendo haver presença de drenagem de exsudato, sem atingir fáscia muscular.

ÚLCERAS POR PRESSÃO - Estadiamento
Estágio IV
Perda total de tecido com...
tracking img