Tudo sobre o mst

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2450 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1.0 - INTRODUÇÃO

Neste trabalho relatarei sobre o MST “Movimento dos Sem Terra”, onde é o principal movimento social de luta pela terra desde a década de 1980, vem se tornando um fenômeno mundialmente conhecido, adquirindo conotações diversas.
Dentro do Brasil, a notoriedade adquirida pelo movimento se deve, principalmente, à estratégia por ele empregada para possibilitar o acesso à terra deseus integrantes, organizam-se acampamentos nas margens de rodovias, manifestações em praças públicas, passeatas em grandes cidades, longas caminhadas do interior do país até a capital federal, ocupações de prédios públicos, bancos, e ainda a ocupação de áreas rurais públicas ou privadas. Essa estratégia visa criar fatos políticos que obriguem o Estado a interferir na estrutura agrária,promovendo desapropriações de terra para o assentamento dos participantes do movimento.

2.0 - O MOVIMENTO DOS SEM TERRA

O Movimento dos Sem Terra é uma realidade atual, polemica e complexa do panorama brasileiro. Muito se tem dito e escrito sobre o assunto, mas no que se refere a uma solução não parece haver consenso e, nem sempre, boa vontade. No entanto, é uma questão que afeta, diretamente, a vidade alguns milhões de brasileiros. O Brasil tinha, em meados da década de 90, uma população urbana de cerca de 111 milhões de pessoas, contra uma população rural de 36 milhões, dos quais perto de 12 milhões são sem terra. Quanto às terras, 26,3% são consideradas produtivas, 62,4% não produtivas e 9,2% não estão classificadas. Em relação aos proprietários, cerca de 2% detêm 48% da terra.

2.1 -ANTECEDENTES HISTÓRICOS E A IDÉIA DA REFORMA AGRÁRIA

A questão da posse das terras no Brasil não é recente. Quando da colonização foi implantada no Brasil a Lei das Sesmarias, de origem portuguesa. Era o plano de povoamento seguido, com êxito, em Portugal, mas com resultados diferentes num território com a dimensão do Brasil. A lei ditava que, ao receber o latifúndio, o proprietário secomprometia a cultivá-lo, caso contrário devolveria o terreno. Ora não consta que haja registro de qualquer devolução. Os terrenos doados eram extensos e de limites pouco claros. Em 1822, põe-se um fim a esta lei, que durou 3 séculos, e em 1850, após cerca de 30 anos sem legislação sobre a propriedade rural, surge a Lei de Terras, segundo a qual para se possuir terra tinha de pagar-se por ela, negando,assim, a oportunidade aos escravos libertados de se tornarem proprietários.
Nos finais do séc. XIX, André Rebouças, abolicionista baiano e amigo do Imperador D. Pedro II, defendia a alteração da estrutura fundiária do país. Era liberal, mas apoiava a monarquia e acabou por ver a sua campanha derrubada pelos grandes latifundiários, que apoiaram os militares na queda do regime monárquico.
Ostrabalhadores rurais começam a formar movimentos, sem grande expressão, já nos finais do séc. XIX. Nos anos 20, começam a surgir movimentos que defendem a reforma agrária e nos anos 30 surgem as associações de trabalhadores rurais. Quando a industrialização e a urbanização começam a ser realidades em franco crescimento, principalmente depois de 1945, é que a agricultura começa a ter mais problemas. São,então, apresentadas no Congresso novas leis agrárias e, na Constituição de 1946, são aprovados alguns artigos sobre a desapropriação de terra. Durante os 20 anos seguintes, são apresentados no Congresso dezenas de projetos com vista a resolver ou minorar o problema agrário.
3.0 - ORIGENS DO MST

Fundado em 1986, o MST é um movimento nacional extremamente organizado, presente em 23 EstadosBrasileiros, dos quais nenhum é a Amazônia, uma vez que o Movimento não concorda com a colonização da floresta. O Movimento dos Trabalhadores Sem Terra é constituído por camponeses sem terra para cultivar ou sem condições para o fazer, tendo como conseqüência a impossibilidade de sustentar as suas famílias. As medidas de pressão do MST são, essencialmente, as invasões de terras improdutivas,...
tracking img