Tubocompressor

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1861 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic] FACULDADE PITÁGORAS
















TURBOCOMPRESSOR















NOMES:






IPATINGA
20012
SUMÁRIO
1 DEFINIÇÃO 2

1.1 TURBO COMPRESSOR RADIAL 2

2 APLICAÇÃO EM MOTORES DE COMBUSTÃO INTERNA 2

3 CICLOS DE FUNCIONAMENTO DO TURBO 3

4 CONSTITUIÇÃO DE UM TURBOCOMPRESSOR 3

5 REGULAGEM DA PRESSÃO DO TURBO 4

6 VÁLVULADE DESCARGA OU WASTEGATE 4

7 EXEMPLO PRÁTICO DE MODIFICAÇÃO DA PRESSÃO DE SOPRO DO TURBO. 6

9 INTERCOOLER 8
























1 DEFINIÇÃO




1.1 TURBO COMPRESSOR RADIAL



Os turbocompressores, também conhecidos como compressores dinâmicos, é uma máquina rotativa e são exemplos de turbomáquinas geradoras, que consomem energia paraaumentar a pressão do fluido, ou seja, a energia mecânica é transferida do eixo da máquina para o fluido.

O turbocompressor considerando a direção do escoamento, pode ser classificado como compressor de fluxo axial ou radial, onde o escoamento entra no rotor paralelo ao eixo e saí perpendicular a este.

Os turbo compressores possuem dois órgãos principais: impelidor e difusor. O impelidor é um órgãorotativo munido de pás que transfere ao ar a energia recebida de um acionador. Essa transferência de energia se faz em parte na forma cinética e em outra parte na forma de entalpia. Posteriormente, o escoamento estabelecido no impelidor é recebido por um órgão fixo denominado difusor, cuja função é promover a transformação da energia cinética do ar em entalpia, com conseqüente ganho de pressão.Os compressores dinâmicos efetuam o processo de compressão de maneira contínua, e, portanto corresponde exatamente ao que se denomina, em termodinâmica, um volume de controle.




2 APLICAÇÃO EM MOTORES DE COMBUSTÃO INTERNA


O turbocompressor tem a particularidade de aproveitar a força dos gases de escape para impulsionar uma turbina colocada na saída do coletor de escape, a dita turbinaune-se mediante um eixo a um compressor. O compressor está colocado na entrada do colector de admissão, com o movimento giratório que lhe transmite a turbina através do eixo comum, o compressor eleva a pressão do ar que entra através do filtro e consegue que melhore a alimentação do motor. O turbo impulsionado pelos gases de escape alcança velocidades acima das 100.000 rpm, por tanto, há que terem conta o sistema de lubrificação dos suportes onde apoia o eixo comum dos rodetes da turbina e do compressor. Também há que saber que as temperaturas às quais está submetido o turbo durante o contacto com os gases de escape vão a ser muito elevadas (perto de 750 ºC).


[pic]




3 CICLOS DE FUNCIONAMENTO DO TURBO


Funcionamento ao rolete e carga parcial inferior: Nestas condições orolete da turbina dos gases de escape é impulsionado por meio da baixa energia dos gases de escape, e o ar fresco aspirado pelos cilindros não será pré-comprimido pela turbina do compressor, simples aspiração do motor.

Funcionamento a carga parcial média: Quando a pressão no coletor de aspiração (entre o turbo e os cilindros) se aproxima da atmosférica, a roda da turbina é impulsionada a umregime de rotações mais elevado e o ar fresco aspirado pelo rolete do compressor é pré-comprimido e conduzido até aos cilindros sobre pressão atmosférica ou ligeiramente superior, atuando já o turbo na sua função de sobrealimentação do motor.

Funcionamento a carga parcial superior e plena carga: Nesta fase continua a aumentar a energia dos gases de escape sobre a turbina do turbo e se alcançará ovalor máximo de pressão no colector de admissão que deve ser limitada por um sistema de controlo (válvula de descarga). Nesta fase o ar fresco aspirado pelo rodete do compressor é comprimido à máxima pressão que não deve ultrapassar os 0,9 bar nos turbos normais e 1,2 nos turbos de geometria variável.


4 CONSTITUIÇÃO DE UM TURBOCOMPRESSOR


[pic]
[pic]

Os elementos principais que...
tracking img