Transtornos alimentares

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 24 (5973 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
IBECC- INSTITUTO BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO, CULTURA CIÊNCIAS

SUELI MENDES DE OLIVEIRA

SAÚDE MENTAL E FAMÍLIA



São João de Meriti
2011

SUELI MENDES DE OLIVEIRA



SAÚDE MENTAL E FAMÍLIATrabalho do Curso de Mestrado, apresentado ao Instituto Brasileiro de Educação, Cultura e Ciências (IBECC), como requisito parcial para obtenção do título de Mestre em Saúde Mental.

Orientador: Prof.Nelson Messias dos Santos

São João de Meriti
2011
TRANSTORNOS ALIMENTARES

Introdução

Os transtornos da alimentação – anorexia nervosa e bulimia nervosa –têm recebido uma atenção crescente nas últimas décadas devido ao reconhecimento de sua alta prevalência e às dificuldades associadas ao seu tratamento. Os casos refratários ao tratamento são frequentemente associados a altos índices de mortalidade: 15% desses pacientes falecem. Formas crônicas destes transtornos ocorrem em 25% dos pacientes, caracterizando-os por baixo peso crônico ou por acentuadasflutuações de peso. As complicações metabólicas (inclusive desnutrição), as sequelas psicológicas (transtornos de ansiedade ou do humor) e o isolamento social estão presentes em todos os casos.

Definição

Transtornos alimentares são doenças que causam graves alterações na maneira como as pessoas comem e nos pensamentos e sentimentos relacionados à alimentação. Estes pacientes geralmentepreocupam-se de maneira exagerada com a alimentação, com o seu peso e sua forma corporal. Os transtornos alimentares afetam principalmente as mulheres de 12 a 35 anos de idade, porém também podem ocorrer em mulheres de outras faixas etárias e homens. Os dois tipos principais de transtornos alimentares são a Anorexia nervosa e a Bulimia nervosa.
As pessoas com anorexia nervosa ou bulimia nervosatendem a serem extremamente críticas sobre seus corpos. Elas geralmente sentem-se gordas, mesmo que estejam muito emagrecidas ou desnutridas. Elas também podem apresentar medo intenso de engordar, podendo afetar todas as suas atividades. Frequentemente, os portadores de transtornos alimentares não reconhecem que têm um problema de saúde.
A anorexia nervosa se caracteriza por um jejum espontâneo eauto imposto, parte de uma busca incansável por emagrecer e pavor de obesidade. Afeta cerca de 0,51% das mulheres jovens. As alterações de comportamento apresentados por essas mulheres podem envolver a restrição alimentar extrema ou o uso de medidas para compensar as poucas calorias ingeridas através da alimentação, como exemplo a prática de exercícios exagerados.
A bulimia nervosa écaracterizada por episódios em que a pessoa come, em um curto período de tempo (episódio bulímico), uma quantidade muito grande de comida, superior a que uma pessoa da mesma idade, constituição e peso comeria, por vezes engolindo sem mastigar, sem saborear, misturando diversos tipos de alimentos ou ainda comendo comida gelada. Estes episódios normalmente são interrompidos pela chegada de outra pessoa, ouquando a pessoa fica tão distendido, começa a doer. Depois destes episódios de exagero alimentar, os portadores de bulimia nervosa costumam realizar episódios de compensação para tentar evitar ganho de peso, como provocar vômitos ou usar laxantes. Estes comportamentos normalmente ocorrem fora das vistas de outras pessoas, pois costumam causar vergonha e desconforto e não costumam ser notados até quese tornem tão frequentes que causem prejuízo à vida da pessoa.
A bulimia nervosa pode ser uma síndrome em diferentes doenças médicas ou mais um componente da anorexia nervosa. Algumas pessoas apresentam as características dos dois transtornos alimentares, alternando períodos de anorexia com os de bulimia.
Na anorexia nervosa pode ocorrer:
* Interrupção da menstruação;
* Osteopenia...
tracking img