Transtorno alimentar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2065 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Trabalho
De
Top. De Biologia

21 de Fevereiro de 2013

Colegio Estadual Divino Pai Eterno
Trindade 21 de Fevereiro de 2013
Serie: 2° Turma: F Turno: Matutino
Prof°: Larissa
Alunos (a):Evandro
Guilherme
Larissa
Jose

Transtorno
Alimentares

Introdução
Os Transtornos Alimentares (TA) vem ganhando projeção nosmeios de
comunicação devido ao aumento de sua incidência principalmente entre adolescentes e
jovens adultas. A Associação Brasileira de Transtornos Alimentares vincula a
informação de que a faixa etária crítica para o aparecimento desses transtornos, anorexia
e bulimia nervosa, se encontra aproximadamente entre os 16,6 e os 18,3 anos, e entre os
17,7 e os 21 anos respectivamente.Outro dado relevante é o fato de que apenas 10%
dos portadores de TA são homens (EDA, 1995). Além do mais, os transtornos
alimentares freqüentemente ocorrem de maneira comórbida com a depressão e
transtornos de ansiedade (Morgan, Vecchiatti e Negrão, 2002).
Numa análise etiológica dos TAs, se encontra tanto entre os fatores
predisponentes, quanto entre osprecipitantes e mantenedores, os fatores sócio-culturais
como de grande relevância na dinâmica dos transtornos. Muito embora, nesse sentido a
literatura sobre o assunto discorra majoritariamente sobre os aspectos sociais em suas
expressões inter-relacionais, ou seja, de ordem microssocial- pressão dentro da família ou
grupo de amigos- citando padrões corporais socialmente eleitos apenas de formasuperficial. No esforço de preencher essa lacuna, o presente trabalho enfoca os aspectos
sociais na sua dimensão macroestrutural ideológica, por exemplo, a forma como os
padrões corporais supracitados são veiculados no discurso midiático.Nesse contexto de
propagação dos TA, faz-se mister compreender a inter-relação que estes apresentam
com a adolescência e a interferência da mídia na produção dediscursos relativos à
estética que são direcionados ao público púbere.

Desenvolvimento

Transtorno Alimentar
Disfunção alimentar, ou transtorno alimentar (TA), é um termo amplo usado para designar qualquer padrão de comportamentos alimentares que causam severo prejuízo à saúde de um indivíduo. São considerados como patologias e descritos detalhadamente pelo CID 10, DSM IV e pela OMS.Geralmente apresentam as suas primeiras manifestações na infância e na adolescência. O diagnóstico precoce e uma abordagem terapêutica adequada dos transtornos alimentares são fundamentais para o manejo clínico e o prognóstico destas condições.
Aproximadamente 90% dos casos são de mulheres jovens, porém recentemente está havendo um aumento no número de transtornos em homens e em adultos de ambos ossexos. Esses transtornos atingem entre 1 e 4% da população e seguem aumentando de frequência significativamente nos últimos anos.

Classificações
Existe um número diversificado de transtornos alimentares dependendo da fonte. Os mais conhecidos são a anorexia e a bulimia, porém existem vários outros segundo as pesquisas:
* Anorexia
* Bulimia
* Hipergafia
* Ortorexia
* Pica* Síndrome de Prader-Willy
* Transtorno da compulsão alimentar periódica (TCAP)
* Transtorno obsessivo compulsivo por alimentos
* Transtorno de ruminação
* Vigorexia
* Transtorno alimentar não específicado.
Devido às idiossincrasias da adolescência, mostram as estatísticas que essas disfunções alimentares são mais freqüentes nessa faixa etária, quase sempre associadas a algumquadro de disfunção emocional, na dinãmica da família, da escola, do trabalho e outras áreas importantes da vida social. Contudo, outras faixas etárias também mostram incidência dessa disfunção alimentar, inclusive bebês.

Agora iremos falar de cada item
Anorexia:
Anoréxicos atingem uma grande perda de massa, de modo que o seu Índice de Massa Corporal se reduza a valores inferiores a...
tracking img