Trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2407 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
TEXTO DE AULA – MÓDULO II - DISCIPLINA T.G.A I[1]


Profº Guilherme Soares - FACAL

A ABORDAGEM SISTÊMICA.
Um sistema é um "todo organizado e unido, composto por duas ou mais partes interdependentes, componentes ou subsistemas, e delimitado por fronteiras identificáveis do seu macro-sistema ambiental". Esta definição abarca um conjunto amplo de realidades. O corpo humano é um sistema, tal comoo Sistema Solar, um ecossistema ou uma organização. Foi este caráter pluridisciplinar que fascinou Ludwig Von Bertalanffy quando estabeleceu a sua Teoria Geral dos Sistemas, chegando a afirmar que "na ciência moderna, a interação dinâmica é o problema básico em todos os campos". Trata-se da constatação de um fato que parece simples: vivemos num mundo de sistemas interdependentes.
Outras definiçõesde sistemas:

• “Conjunto de partes interagentes e inter-dependentes que, conjuntamente, formam um todo unitário com determinado objetivo e efetuam determinada função.” OLIVEIRA, Djalma P. R. ,2001.


• “Um conjunto de elementos interagentes e interdependentes relacionados cada um ao seu ambiente de modo a formar um todo organizado.”


• Um todo complexo e organizado; uma reunião decoisas ou partes formando um todo unitário e complexo.” JOHNSON, R. A., KAST, F. E., ROSENWEIG, J. E. 1963.



❑ CONCEPÇÃO DO MUNDO: VISÃO ATOMÍSTICA X HOLÍSTICA

A teoria geral dos sistemas remete a um confronto entre duas perspectivas de ver as coisas.
❑ Visão atomística – entende as coisas somente em termos de suas partes;

❑ Visão holística (sistêmica) – entende ascoisas a partir da organização de suas partes, e da interação dessas partes entre si para formar um todo indissociável.

A Teoria Geral dos Sistemas assenta em conceitos razoavelmente intuitivos e simples. Cada sistema é composto por subsistemas ou componentes e está integrado num macro-sistema. O todo formado por um sistema é superior à mera soma das partes que o constituem.
Chama-se a esteconceito holismo e resulta das sinergias (forças mútuas, trocas de energias) que se estabelecem entre os vários subsistemas.

HOLISMO – É a tese que defende a idéia que a totalidade representa mais do que a soma de suas partes.
Essas duas formas de se vê as coisas da realidade do mundo impulsionam também a duas concepções de pensamento que orientam as ações:

❑ Pensamento mecanicistas oudeterminista – entende o funcionamento das coisas, inclusive do comportamento humano, como sendo algo estático, em sua forma de causa e efeito com bastante grau de previsibilidade e certeza.
❑ Pensamento dinâmico ou heurístico – entende o funcionamento das coisas como algo dinâmico, imprevisível, sem um comportamento determinado e padronizado. Admite a possibilidade (probabilidade) de haver mais de umadireção a seguir.




Quanto a diferença de sistemas determinísticos e probabilísticos:

• Sistema determinístico- é aquele no qual as partes interagem de uma forma perfeitamente previsível, podendo-se prever sem nenhum risco ou erro, o seu estado seguinte.
• Sistema probabilístico- é aquele que não poderá ser oferecido uma previsão detalhada. As partes interagem, porém, admite-se maisde uma possibilidade de interação e consequentemente de resultado daí advindo.
AS ORGANIZAÇÕES SE INSEREM EM QUAL DOS DOIS MODELOS DE SISTEMAS?
❑ HIERARQUIA DE SISTEMAS
Todo sistema é constituído de suas partes, estas por sua vez, podem ser também outros sistemas ou subsistemas, quando está contido em outro sistema. Assim, podemos tomar a organização como um sistema que contém outrossubsistemas, conforme mostra a figura 1 abaixo.


[pic]
Figura 1: O sistema organizacional
O próprio universo é um sistema constituído por uma infinidade de sistemas e subsistemas. Kenneth Boulding propõe uma hierarquia de sistemas, com nove  níveis, cada nível também caracteriza-se por um sistema de sistemas.




• Subsistema x Sistema x supra sistema
–...
tracking img