Trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1151 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNISC - UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL
ENGENHARIA AMBIENTAL
GEOLOGIA


Remedição de solos





Renan Bernardes
 Daniela Viganico


Santa Cruz do Sul, dezembro de 2011


Introdução
















































Remediação de solos
Retirar ou atenuar a concentração do contaminante em solo ou águasubterrânea, com o emprego de diversos métodos de engenharia, para que a concentração seja reduzida a limites pré-determinados na Avaliação de Risco a Saúde Humana ou leis vigentes.
Dentre os métodos de remediação podemos citar: a Biorremediação; Escavação, Remoção e Destinação do solo; Bombeamento e Tratamento das águas subterrâneas; Extração Multifásica; Extração de Vapores do Solo; Injeçãode Ar; Barreiras Reativas Permeáveis; Estabilização; Tecnologias Térmicas; Oxidação Química, e Redução Química, dentre outras.
Biorremediação - A Biorremediação é uma ciência que estuda monitora e utiliza um conjunto de tecnologias para remover ou neutralizar poluentes orgânicos presentes nos solos, nas águas ou em outros ambientes utilizando microorganismos, como fungos, bactérias, ouleveduras, ou suas enzimas. A tecnologia de Biorremediação pode ser empregada “in situ” ou “ex situ”. A Biorremediação “in situ” consiste em tratar o material contaminado no próprio local, enquanto a “ex situ” envolve a remoção do material contaminado do seu local original. A aplicação da Biorremediação in situ no tratamento de solos oferece a vantagem de não ser necessária a remoção e o transportedas zonas contaminadas, permite o tratamento de grandes áreas e tem menor custo. A Biorremediação ex situ é indicado nos casos em que há risco de alastramento da contaminação e quando não é possível o tratamento no local, devido, por exemplo, dificuldade de acesso ao local.
Tratamento Térmico - Utiliza o calor como forma de remediar compostos orgânicos persistentes ao meio, como borras de óleo ecompostos clorados de difícil biodegradação. O calor utilizado objetiva a redução da pressão de vapor dos contaminantes, redução da viscosidade, tensão superficial e aumento da solubilidade da maioria dos compostos, além de acelerar o processo de Biorremediação. Esta técnica geralmente é empregada concomitante a outras tecnologias para captação dos contaminantes desprendidos no aquecimento taiscomo Extração Multifásica, Extração de Vapores e Bombeamento e Tratamento. As formas mais conhecidas que utilizam o emprego do calor no solo e água subterrânea são: a Injeção de Vapor de Água, Injeção de Ar Quente, Aquecimento por Radio-frequência; Aquecimento por Eletrodos e por Resistência Elétrica;
Tratamento Físico-Químico - Dos processos físico-químicos, os métodos atualmente mais usadosbaseiam-se na lavagem do solo. Estes métodos fundamentam-se no princípio tecnológico da transferência de um contaminante do solo para um aceitador de fase líquida ou gasosa. Os principais produtos a obter são o solo tratado e os contaminantes concentrados. O processo específico de tratamento depende do tipo(s) de contaminante(s), nomeadamente no que se refere ao tipo de ligação que estabelece com aspartículas do solo.

Geralmente as argilas têm uma elevada afinidade para a maior parte das substâncias contaminantes (por mecanismos físicos e químicos). Assim, para separar os contaminantes do solo, há que remover as ligações entre estes e as partículas do solo, ou extrair as partículas do solo contaminadas.
A fase seguinte consiste na separação do fluido, enriquecido em contaminantes daspartículas de solo limpas. Adicionalmente pode ser necessário considerar um circuito de exaustão e tratamento do ar, se for provável a libertação de compostos voláteis. A aplicação desta técnica pode não ser viável (técnica e economicamente), especialmente quando a fração argila do solo é superior a 30%, devido à quantidade de resíduo contaminado gerada.
Escavação, Remoção e Destinação do solo -...
tracking img