Trabalho e liberdade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1796 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TRABALHO E LIBERDADE


Mabiane Godri
Prof. Norberto Siegel
Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI
Bacharelado em Administração - Finanças (FIN 13) – Filosofia
29/03/11


RESUMO

O conceito de trabalho veio mudando constantemente no curso da história da humanidade. Antes, ele era considerado um castigo, um desprezo, era dado como inferioridade. Com a evolução dassociedades, ele se tornou fonte de prosperidade e riqueza. E é exatamente isso que nos proporciona a nossa liberdade. Liberdade essa de aquisição, de conquista. Uma liberdade que todo trabalho oferece para cada trabalhador.


Palavras-chave: Trabalho. Obrigação. Liberdade Financeira.


1 INTRODUÇÃO
Grande parte das nossas vidas transcorre emlocais de trabalho. Gastamos horas desenvolvendo tarefas que, aparentemente, não possuem um relacionamento estreito com a nossa pessoa.
A maioria dos seres humanos se compromete a trabalhar pelo simples fato de que isso significa sua sobrevivência. Esta idéia nos passa que o trabalho é um elemento preenchedor das necessidades básicas.
Algo que é extremamente discutível decorre de considerar oquanto o trabalho pode promover a dinâmica do conhecimento sobre si mesmo. É lógico que, a motivação no ambiente de trabalho é vital na compreensão do comportamento como um todo. Daí entender que os seres humanos trabalham pelo fato de estarem ocupados, por que gostam, por terem um salário, oportunidades de promoção e/ou crescimento, são alguns dos modos que nos indica o quanto estas satisfaçõesestão determinadas pelos benefícios pessoais e de desenvolvimento.



2 O CONCEITO DE TRABALHO

É importante saber que a história do trabalho começou quando o homem buscou os meios para satisfazer suas necessidades – a produção da vida material. Esta busca se reproduz historicamente em toda ação humana para que o homem possa continuar sobrevivendo. Há uma característica comum, relativamente aotrabalho, que atravessa todos os tipos de sociedades, desde a esclavagista, industrial ou feudal: a subordinação de quem vive do trabalho prestado a outrem, quer seja rei, imperador, senhor feudal, industrial ou entidade patronal. A História mostra-nos que só os países que se organizaram e apostaram nas forças de trabalho atingiram patamares de bem-estar elevados. Mas com a evolução dassociedades também os conceitos evoluíram. Assim o trabalho adquire um novo sentido associado à criação de valores úteis.

Atualmente o trabalho mostra-se como a possibilidade da concretização ou realização da nossas metas. Constitui a busca da realização pessoal, de um sentido para nossa vida e nos fornece um sentimento de identidade tão significativo que só pode ser superado pelo nome próprio queusamos. Ou seja, no sentido mais amplo, o Trabalho pode ser considerado nossa própria vida.

Mas, é o trabalho que dá sentido as coisas, é ele quem faz com que as pessoas dêem valor ao tempo livre e a vida, mas a contrapartida também é o trabalho em excesso que nos tira isso. “A relação do trabalho continua estreitamente ligada à questão do uso do tempo individual e social na medida emque ‘o trabalho é o grande regulador do tempo’.” De acordo com Boissonnat (1998, p. 82).
O trabalho é, portanto, o agente transformador do homem. Por meio dele é possível que exista sonhos e expectativas, quando há motivação e prazer em se realizar um trabalho evidentemente. É necessário que nossos jovens, que serão os trabalhadores de amanhã, aprendam desde cedo o valor do trabalho e cabe aos paisesse ensinamento.

2.1 LIBERDADE FINANCEIRA

O grande problema da economia foi e sempre será a necessidade do ser humano, suas ambições, aquilo que se almeja nunca tem fim. As pessoas à medida que conquistam aquilo que desejam materialmente, nunca estacionam seus objetivos, logo surge um próximo desejo e assim sucessivamente acontece com a maioria das pessoas. E para cada indivíduo...
tracking img