Toytismo x fordismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1448 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Organização Contemporânea
Aula 2
Escolas de pensamento em administração e seus impactos nas organizações

Aula 2
 Escolas

de pensamento em administração e seus impactos nas organizações

Para baixar as aulas www.slideshare.net/alevy

Page  2

Escolas de Pensamento




 



Ao longo dos anos, a humanidade desenvolveu técnicas de administração de empresas que setornaram “escolas” Estas “escolas” orientam as visões de mundo sobre como “organizar as coisas nas empresas” Passam a ser “ensinadas” Formam profissionais que levam estas visões para as empresas As “escolas de pensamento em administração” constroem a realidade

Page  3

Os modelos


Pouca coisa mudou quando o assunto é “modelo de administração” Apesar de “modismos” como reengenharia,vivenciamos modelos de administração há muitos pensados e profundamente arraigados na cultura da humanidade Empresas brasileiras adotam modelos relacionados à cultura do país, que é uma cultura autoritária
    





Taylor Fayol Weber Fordismo Toyotismo

Page  4

Administração Científica


Frederick Taylor (1856-1915), engenheiro mecânico, propõe a Administração Científica erecomenda em 1911 um sistema baseado em
     

Análise do trabalho Simplificação das operações Busca do “best way” Treinamento do mais apto Incentivo salarial por maior produção Foco em tarefas

Mentalmente perturbado, Taylor contava passos de sua casa ao trabalho, tentando fazer o percurso cada vez em menos tempo. Dormia em pé, amparado em caixas, achando que isso o livraria dos constantespesadelos que o acometiam. Era um caso típico para internação psiquiátrica, mas criou uma “técnica de administração” que é usada ainda hoje em montadoras, hospitais, McDonalds e hotéis. A “administração científica” de Taylor é lesiva ao ser humano,que o trata uma peça de máquina.

Page  5

Tempos Modernos


Charles Chaplin, em “Tempos Modernos”, desvendou a verdadeira essência da“Administração Científica” de Taylor, retratando um ser humano enlouqecido, brutalizado e engolido pela maquinaria

Page  6

Taylorismo


Conheça a metodologia de trabalho dos adeptos da “administração científica” neste filme que conta a invenção do teclado


O nascimento do QWERTY

Page  7

Administração Industrial






Em 1916, Henri Fayol, francês, Engenheiro de Minas,lança o clássico “Administração Industrial e Geral” Tem a mesma visão de Taylor no que diz respeito à administração de tarefas, mas pensa a adminsitração de empresas de modo mais “abrangente” Para ele, a administração do trabalho implicava em:
    

Planejamento Organização Comando Coordenação de atividades Controle de performance

Os 14 “princípios de administração” que Fayol defende maldisfarçam sua vocação de controle de seres humanos no espaço de trabalho

Page  8

14 princípios (1)


Especialização do trabalho Encoraja melhorias contínuas Autoridade Disciplina Unidade de comando


  



Funcionário tem 1 e apenas 1 chefe Unidade de direção






Planos simples podem ser compreendidos por todos Subordinação de interesses individuais aos interessesda empresa Remuneração justa
 

Não significa aquela que a empresa quer pagar

Page  9

14 princípios (2)


Operações

RH

Centralização


Consolidação das funções de gestão Como no Exército
Marketing CEO A linha de comando formal, como no Exército, preconizada por Fayol, é a realidade estrutural da maioria absoluta das empresas no Brasil e no mundo. Isso explica problemasde criatividade e inovação que são crônicos nas organizações.



Linha de comando formal




Ordem
Pessoas e material tem lugar certo e definido e devem permanecer ali (pessoas e máquinas como iguais)




Equidade


Tratamento igual, mas não necessariamente idêntico

 

Manutenção do emprego para bons trabalhadores Iniciativa


Entendida como a habilidade de...
tracking img