Toyota

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 96 (23913 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de novembro de 2010
Ler documento completo
Amostra do texto
O DISCURSO EFICIENTISTA NA TEORIA ORGANIZACIONAL: UMA ANÁLISE CRÍTICA1[1]
Prof.Dr. Felipe Luiz Gomes e Silva
Do Departamento de Administração Pública da
Faculdade de Ciências e Letras da UNESP –
Universidade Estadual Paulista, campus de Araraquara
Resumo
O objetivo desta pesquisa é estudar criticamente a gestão da força de trabalho que se orienta por determinadas concepções teóricas quecompõem a denominada teoria organizacional. O foco deste estudo é uma nova forma de gestão da força de trabalho que emerge a partir da crise da organização taylorista-fordista: o sistema toyota de produção. Este novo modelo propaga-se em um momento histórico particular, com a emergência do regime de acumulação global do capital predominantemente financeiro (re)define-se a forma de explorar a forçade trabalho. Os princípios construídos por este sistema de produção transcendem o mundo da fábrica. Enquanto ideologia gerencial o “discurso eficientista” da qualidade e competitividade tem inspirado os gestores públicos e em especial aqueles que se dedicam ao setor de educação. A superação desta maneira de organizar é uma condição necessária à emancipação da classe trabalhadora. A reflexãocrítica sobre a organização de trabalho e suas teorias gerenciais não pode esperar a “promessa do mundo novo”, isto é, o seu questionamento deve fazer parte das preocupações teóricas e políticas do conjunto da classe trabalhadora, dos intelectuais, dos técnicos e dos operários.
Palavras-chave: Organização; Ideologia; Alienação; Emancipação.
I - Introdução: o progresso não é linear.
A história dodesenvolvimento das forças produtivas na sociedade capitalista não é linear, portanto jamais apreenderemos a real e efetiva dinâmica da evolução do processo de trabalho - processo de valorização do capital - se o universo conceitual for “dicotomizado”.
O modo de produção capitalista avança negando a manufatura, sistema de cooperação lastreado no trabalho humano. Com o progresso técnico e aconseqüente objetivação do processo produtivo, as habilidades manuais são transferidas para a máquina, os operários tornam-se simples complementos de um mecanismo morto, apêndices do processo de produção de mercadorias. Desta forma, o capital realiza na história o seu ideal: a subordinação do trabalho vivo ao trabalho morto.
A máquina, diferente da ferramenta, não é um simples instrumento nas mãos dosoperários, é uma mão artificial. Os movimentos repetitivos inscritos nas engrenagens mecânicas - resultado da aplicação tecnológica da ciência - substituem os hábitos humanos e a destreza das mãos. (Mantoux, 1928). Desta forma, com a maquinaria (automação) a subsunção formal do trabalho ao capital é substituída pela subordinação real.
E aqui está o específico da máquina: ao invés de ser uminstrumento na mão do operário, a máquina é uma mão artificial. Ela se distingue da ferramenta menos pela força automática que a move do que pelos movimentos de que é capaz, movimentos inscritos em suas engrenagens pela arte do engenheiro e que substituem os processos, os hábitos, a destreza da mão. (Mantoux, s.d., p.178)
Portanto, no incessante desejo de ampliar sua valorização, o capResumo

Nesteinício de século XXI, uma orientação focada nos serviços para o cliente exige uma empresa bem estruturada, baseada em informação, iniciativa, integração e cooperação em diferentes níveis. É preciso trabalhar o cliente interno antes de partir para conquistas de metas e clientes externos. Para isso, é necessário motivar funcionários, como é feito em diversas empresas, dos mais variados segmentos,como é o caso da Toyota, que graças às mudanças implementadas na empresa se tornou a maior montadora mundial, segundo a revista Exame. Entre as formas mais praticadas de gestão estão o reconhecimento de um trabalho bem-feito, a averiguação se o funcionário possui as melhores ferramentas para realizar o trabalho que lhe foi atribuído, usar o desempenho como base para uma promoção, entre outros....
tracking img