Thomas kuhn

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2898 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O desenvolvimento da Ciência em Thomas Kuhn

1- Introdução

T. Kuhn constitui um marco importante na perspectiva do desenvolvimento científico na medida em que se opõe a uma concepção de ciência explicativa. Neste sentido, Kuhn vai tentar desenvolver as suas teorias epistemológicas num contacto mais estreito com a história das ciências.
Kuhn apercebe-se que, de facto, as explicaçõestradicionais da ciência, o indutivismo, o falsificacionismo, não resistem à evidência histórica.
O aspecto mais importante da sua teoria reside no ênfase dado ao carácter revolucionário do próprio progresso científico. Este dá-se, segundo Kuhn, mediante saltos e não numa linha contínua. Neste sentido, a forma como Kuhn vê o progresso científico implica a abordagem de alguns conceitos fundamentais:"paradigma", "ciência normal", "anomalia",e "revolução".
A fase que precede a formação da ciência é caracterizada por toda uma actividade diversa e por toda uma desorganização que só mediante a adopção de um paradigma se estrutura. O paradigma será assim uma estrutura mental assumida que serve para classificar o real antes do estudo ou investigação mais profunda, o que comporta elementos de naturezametodológico-científica, mas também metafísica, psicológica, etc. O que Kuhn designa de ciência normal será o período em que se actua dentro de um dado paradigma que é perfilhado por uma comunidade científica. Os cientistas avançam, neste período, dentro dos problemas que o paradigma assumido permite detectar. Ao fazerem-no, experimentam dificuldades ou problemas que, por vezes, o paradigma nãoconsegue resolver, as chamadas "anomalias". Quando estas ultrapassam o controle, instala-se uma crise que só será resolvida pela emergência de um novo paradigma. É chegada então a revolução científica: muda-se a forma de olhar o real, criam-se novos paradigmas. A adopção de um novo paradigma, a nível individual, é descrita por Kuhn como uma espécie de "conversão" que envolve todo um possível conjuntode razões. Após a adopção de um novo paradigma inicia-se um período de ciência normal até que uma nova crise se instale.
Procurarei, ao longo deste texto, explicitar estes conceitos, explorando as suas conexões. Abordarei, a título conclusivo, as consequências da perspectiva de Kuhn para uma nova ideia de ciência, questão esta que se me afigura fundamental e justificativa deste despretensiosotexto. Para compreender o alcance e a fecundidade da perspectiva de Kuhn, procederei a uma breve comparação entre esta perspectiva e a perspectiva popperiana de ciência, uma vez que esta última surge como uma tentativa de superação do indutivismo, embora não o tenha conseguido na totalidade. Parece-me, todavia, importante referi-la.

2- Paradigmas e Ciência Normal

Não houve nenhum período desdea antiguidade mais remota até aos fins do século XVII em que existisse uma opinião única, generalizada e aceite sobre a natureza da luz. Em vez disso, havia numerosas escolas (…) competidoras e todas realçavam como observações paradigmáticas, o conjunto particular de fenómenos ópticos que lhes podia explicar a sua teoriai, ou seja, o período que antecede a adopção de um paradigma é um período dogénero do acima descrito, caracterizado pelo desacordo constante e pela discussão de fundamentos. Em casos como este existem quase tantas teorias como cientistas e penso que é por aqui que poderei começar contrapondo este tipo de períodos designados por Kuhn de "pré-ciência" a períodos de ciência madura que, de acordo com o mesmo, são governados por um só paradigma. Mas o que é então um paradigma?Nas próprias palavras de Kuhn um paradigma é o que os membros de uma comunidade científica compartilham e, reciprocamente, uma comunidade científica consiste em homens que compartilham um paradigma.ii E o que compartilham esses homens? Um conjunto de suposições teóricas gerais, leis e técnicas para a aplicação dessas leis. É então o paradigma que coordena e dirige a actividade de grupos de...
tracking img