Teste

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2565 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
IT EXPERT
Linux Proxy

Introdução
Embora tenhamos cada vez mais velocidade no acesso à Internet, este acesso ainda é caro Em empresas ou ambientes com um grande número de máquinas, o simples compartilhamento de internet facilmente esgota a banda disponível, devido à grande disputa das máquinas internas pela banda disponível Nestes casos, o uso de um servidor PROXY para acesso à Internet sejustifica pela possibilidade de maior controle e uso mais inteligente da banda disponível

Vantagens
Página muito acessadas pelos computadores da rede interna ficam armazenadas na memória cache do servidor proxy Quando uma máquina da rede interna solicita esta página, o servidor proxy responde com a página que está no cache, não sendo necessária utilizar a Internet novamente O uso do servidorproxy também permite o bloqueio de sites indesejados, o controle do conteúdo acessado pelos usuários da rede local, entre outras vantagens

1

Instalação e Configurações Iniciais

2

Configuração TCP/IP do Host

Protocolo IP
Executa as funções principais da camada de rotamento, roteando os dados. As unidades de dados são chamadas datagramas, que contém umcabeçalho IP que contém endereçamento de rede. Os roteadores examinam o endereço de destino no cabeçalho IP para direcionar os datagramas para seu destino. Não garante a entrega confiável ou em seqüência dos datagramas, por isso é chamada de Não-Orientada à Conexão.

Protocolo ARP
Tem como função relacionar cada endereço IP (camada de roteamento) a um endereço fisico MAC (camada física). Exemplo:No. IP 192.168.30.1 Endereço MAC 00:00:21:3c:09:40

Serviços e Portas
Porta 21 22 23 53 80 110 143 Serviço FTP SSH TELNET DNS HTTP POP 3 IMAP Protocolo TCP TCP TCP UDP TCP TCP TCP

Endereçamento IP
Os endereços IP são números que identificam seu computador em uma rede TCP/IP. O número IP é composto por quatro bytes e a convenção de escrita dos números é chamada de "notação decimalpontuada". Em redes roteadas, o endereço é composto de pelo menos dois números: o da rede e o do host. Se dois dispositivos possuírem endereços com o mesmo número de rede, então eles estão localizados na mesma rede. Do contrário, estão em redes distintas, mas unidas através de um roteador. O número que irá diferencialos dentro desta rede é o número do host.

Classes de Endereçamento IP
Classe A B CEndereço mais baixo 1.0.0.0 128.1.0.0 192.0.1.0 Endereço mais alto 126.0.0.0 191.255.0.0 223.255.255.0

Máscara de Rede
Classe A ( Máscara: 255.0.0.0 ) 126 redes, 16 milhões de host Classe B ( Máscara: 255.255.0.0 ) 16382 redes, 65.536 hosts Classe C ( Máscara: 255.255.255.0 ) 2 milhões de redes, 254 hosts

Redes Privadas – Endereços Especiais
Classe A: 10.0.0.0 a 10.255.255.255 Classe B:172.16.0.0 a 172.31.255.255 Classe C: 192.168.0.0 a 192.168.255.255

Introdução
Configuração: Endereço IP de sua máquina Máscara da Rede para o endereço IP Endereço do Default Gateway Configuração do Servidor DNS a ser utilizado Nome da Máquina Endereço IP da rede Endereço IP de broadcast

Configuração Dinâmica
ifconfig (interface configure) – realiza a configuração de uma interface de rede.Exemplos: ifconfig eth0 192.168.30.1 netmask 255.255.255.0 up – configura e ativa a interface de rede Ethernet (eth0) com o endereço 192.168.30.1, máscara de rede 255.255.255.0 ifconfig eth0 down – desativa a mesma interface ifconfig - exibe todas as interfaces ativas no momento, pacotes enviados, recebidos e colisões de datagramas. ifconfig eth0 - mostra a configuração somente da interface eth0 Configuração Automática no Boot do Debian
Você pode configurar uma ou mais interfaces para serem configuradas automaticamente durante o boot. Para isso existe o arquivos /etc/network/interfaces Exemplo de conteúdo:
auto eth0 iface eth0 inet static address 192.168.0.100 network 192.168.0.0 broadcast 192.168.0.255 netmask 255.255.255.0 gateway 192.168.0.1 dns-nameservers 192.168.0.1...
tracking img