Teorias de valor: subjetivo, objetivo e marxista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2112 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO

INTRODUÇAO.................................................................................3
1. TEORIA OBJETIVA DE VALOR
1.1 Teóricos associados à Teoria Objetiva de Valor......................................4
1.2 O que é a teoria após cada pensamento.................................................4
1.3 A influência na criação da Teoria Marxista doValor................................5
2. TEORIA SUBJETIVA DE VALOR
2.1 A utilidade marginal e sua influência na Teoria Subjetiva de Valor.........6
2.2 Os pensadores da teoria..........................................................................7
2.3 O que se conclui sobre a Teoria Subjetiva de Valor................................8
3. TEORIA MARXISTA DO VALOR - TRABALHO
3.1 O que pensa KarlMarx............................................................................9
3.2 A Lei do Valor..........................................................................................9
3.3 A Mais-Valia............................................................................................9

CONCLUSÃO E/OU CONSIDERAÇOES FINAIS..........................10REFERÊNCIAS...............................................................................11


INTRODUÇÃO

Em uma sociedade na qual um indivíduo necessita de bens materiais para sobrevivência, é necessário analisar o processo histórico da criação de cada bem, para que possa chegar à conclusão de que este está pronto para o consumo.
Inúmeros teóricos fundamentaram seus pensamentos sobre a maneira deviver na sociedade e o seu processo evolutivo, deixando subentendido que há sempre uma mudança no decorrer do tempo.
Cassel, Outrossim e Cobos foram os principais teóricos a estudarem os tipos de bens e como eles se tornaram necessários aos seres humanos. Dessa forma, chegou-se a conclusão de que os bens podem ser trocados por dinheiro e que tais bens são denominados “bens econômicos”. O valor decada um é diretamente ligado à sua utilidade e à quantidade contida no mercado.
Após essa afirmação várias contradições e críticas foram feitas a respeito do ato de trabalhar, ou seria escravizar? Uns dizem que o valor pago ao trabalhador não é justo e outros dizem que esse trabalhador tem muitas “regalias” a seu dispor.
A partir desses pensamentos surgiram teorias criadas por outrospensadores para que a sociedade entenda realmente o porquê dessa necessidade que foi aumentando cada vez mais com o passar dor anos. Essas teorias são: Teoria Objetiva de Valor, Teoria Subjetiva de Valor e Teoria Marxista do Valor Trabalho.







TEORIA OBJETIVA DE VALOR

* Teóricos associados à Teoria Objetiva de valor
Estudando e fundamentando seuspensamentos sobre essa teoria em questão, Adam Smith, David Ricardo, James Mill, MacCulloch e Karl Marx revolucionaram a maneira de pensar da sociedade naquela época e deram um valor objetivo ao que chamamos hoje de “trabalho”.
* O que é a teoria após cada pensamento
Para Adam Smith, anteriormente, apenas o trabalho influenciava no valor de uma mercadoria, pois os espaços utilizados para acriação desta eram livres e os instrumentos usados eram pouco desenvolvidos. Após a apropriação das terras começou-se a considerar a remuneração da terra (a partir do uso da renda), do capital (a partir do uso dos juros), e do trabalho. Esses componentes representam o custo de produção que determinará o valor das coisas produzidas. Smith além de considerar o valor das mercadorias, também diferenciou ouso e a troca destas. O uso, em seu pensamento, seria a utilidade do produto e a satisfação em consumi-lo, já a troca seria o destino comercial do produto, o qual é trocado no mercado. O valor de troca é o que impõe os preços nas mercadorias. Portanto, o valor de uma mercadoria na sua visão é influenciado pelo trabalho, pela remuneração de terras e pelo capital.
David Ricardo fundamentou...
tracking img