Teorias de motivacionais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4087 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Semana 16
PRINCIPAIS TEORIAS MOTIVACIONAIS
Para que as organizações funcionem da maneira correta, deve-se ter certo nível de comprometimentos de seus membros. Esta realidade levou os estudiosos a sempre criarem teorias sobre motivação, os fatores que provocam, canalizam e sustentam o comportamento humano. (BITTENCOURT, 2007).
Os estudos sobre motivação evoluíram das primeiras abordagens queeram muito parecidas entre si, onde se tentava construir um único modelo correto, que se aplicassem a todos os trabalhadores em qualquer situação, para abordagens mais contemporâneas que percebem que a motivação acontece em função da interação entre fatores individuais e ambientais. (ARAÚJO, 2009).
As teorias motivacionais de subdividem em teorias de conteúdo e teorias de processo, onde asprimeiras referem-se a “o que” motiva o comportamento humano e a segunda refere-se em “como” o comportamento é motivado.

ESTUDANDO TEORIAS MOTIVACIONAIS
As teorias motivacionais, (o que motiva o comportamento humano) são avaliadas em dois grupos distintos:
1 - TEORIAS DE CONTEÚDO
• Teoria da Hierarquia das Necessidades – Maslow
• Teoria ERC – Alderfer
• Teoria dos Dois Fatores - Herzberg
• DaRealização ou Teoria das Necessidades Adquiridas – McClelland
2 - TEORIAS DE PROCESSO (como o comportamento é motivado)
• Teoria da Expectação – Vroom
• Teoria da Equidade – Stacy Adams
• Teoria da Expectação – Lawler
• Teoria do Reforço – Skinner
Estudaremos ainda a teoria de McGregor, Teoria de Motivação X e Y, de importância para conceito de Gestão de Pessoas. Vejamos em detalhe cadateoria:

Teoria da Hierarquia das Necessidades – Maslow
Maslow, o autor da teoria, considera “necessidade”, a manifestação natural de sensibilidade interna, que desperta uma tendência a realizar um ato ou a procurar uma determinada categoria de objeto. Esta teoria estuda a motivação através das necessidades dos seres humanos.
De acordo com Chiavenato (1990) citado por Araújo (2009), nesta Teoria,Maslow (1954) defende que o ser humano é motivado pelo desejo de satisfação de uma hierarquia de necessidades segundo cinco níveis básicos, conforme sua predominância e probabilidade:
• Necessidades Fisiológicas: necessidades de sobrevivência - alimento, água, oxigênio, sono, sexo – e também são instintivas, uma vez que nascem com o homem;
• Necessidades de Segurança: busca de proteção contraameaças e privações. Mantém as pessoas em estado de dependência seja com a empresa, seja com outras pessoas;
• Necessidades Sociais: relacionadas ao convívio social – amizade, afeto, amor;
• Necessidade de Estima: desenvolvimento de sentimentos de autoconfiança e de ser útil e necessário para os outros. Sua frustração produz sentimentos de inferioridade e impotência;
• Necessidade deAuto-Realização: tendência de explorar suas potencialidades.
Após estruturar conceitualmente o estudo da motivação humana, o autor estabelece uma distinção nítida entre motivação de deficiência e motivação de crescimento, onde as necessidades básicas correspondem a motivos de deficiências, que constituem déficits no organismo, onde o preenchimento se dá através de objetos ou seres humanos de fora. Destaforma, logo quando o indivíduo satisfaz uma necessidade, surge outra, e assim sucessivamente.
A motivação de crescimento ocorre quando o passo seguinte é subjetivamente mais agradável, isto é, quando já satisfazemos suficientemente as nossas necessidades básicas, assim seremos motivados pelas tendências para individualização.
A diferença entre as necessidades básicas (deficiência) e asnecessidades de crescimento são de ordem qualitativa, uma vez que as pessoas diferem na intensidade de suas necessidades.
De acordo com essa teoria, dificilmente iremos atingir o topo da pirâmide, pois sempre haverão novos objetivos e sonhos.
São muitas as críticas feitas a esta teoria que fazem ressalvas sobre as dificuldades de se avaliar a teoria, a metodologia utilizada no processo de pesquisa,...
tracking img