Teoria do big-push e de perroux

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3224 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TEORIAS DO BIG-PUSH DE ROSENSTEIN-RODAN E DOS POLOS DE CRESCIMENTO DE PERROUX COM UMA ANÁLISE DE SUAS APLICAÇÕES
Alfredo Moreira1 Bruna Salgueiro¹ Danielly Barros¹ Ronald Morais¹ Valéria Menezes¹

RESUMO O presente artigo tem por objetivo principal apresentar as teorias do Big Push e dos Polos de Crescimento elaboradas por Rosenstein-Rodan e François Perroux, respectivamente. E após aapresentação de cada teoria será analisado um artigo, já desenvolvido por outros autores, onde foi feito a aplicação dessas teorias e observado se elas funcionam na prática ou não. Palavras-chaves: Big Push; polos de crescimento.

1 INTRODUÇÃO A Teoria do Big Push elaborada por Rodan ressalta a importância das economias externas no sistema de desenvolvimento. Ele era defensor do princípio de que paradesenvolver uma economia e impulsionar seu progresso seria essencial a execução de investimentos agregados em diferentes escalas de indústrias, tendo como finalidade ocasionar um estímulo considerável na economia. Rodan diferencia três categorias de indivisibilidades da economia: 1. Indivisibilidades da função de produção, relativo à oferta de interesses coletivos. 2. Indivisibilidades da demanda.3. Indivisibilidades da função de produção. François Perroux elaborou a teoria dos polos de crescimento. Um polo de crescimento tem sua origem devido ao surgimento da chamada indústria motriz a qual atua adquirindo matéria-prima e captando mão-de-obra. A indústria motriz possui ainda algumas particularidades importantes:
1

Acadêmicos do curso de Ciências Econômicas da UFAM

1. Apresentadimensão elevada. 2. Seu desenvolvimento possui taxa acima da média local. 3. Possui vigorosa correlação técnica. O polo de crescimento é uma região que influencia um ponto específico. Entretanto, para que esta influência seja executada na sua totalidade são necessários alguns meios que estabeleçam essa relação, como os meios de transporte, as estradas, os meios de comunicação, viabilizando assim oprogresso dos polos centrais.

2 TEORIA DO BIG PUSH DE ROSENSTEIN -RODAN Teorias que trabalhavam com o desenvolvimento econômico, antes dos anos de 1940, o faziam de forma mecanicista (bem no sentido das aulas de desenvolvimento econômico), ou seja, baseada nos pressupostos teóricos do equilíbrio reajustável (mão invisível), pleno emprego (utilização) dos fatores e da concorrência perfeita. Depoisde 1940, com o advento de uma crise mundial (1929) e da segunda guerra mundial, os teóricos começaram a trabalhar mais com a questão do desenvolvimento. Porém, Rosenstein-Rodan foi um pesquisador que mostrou que o processo de desenvolvimento não se dá de forma contínua (cíclica). Por isso, em tempo de crise é necessário um empurrão, o chamado Big Push, para fazer com que a economia consiga sairde um ciclo de estagnação e continue em trajetória de crescimento.

Rosenstein-Rodan era partidário da ideia de que para tirar uma economia da estagnação e promover o seu desenvolvimento era necessário à realização de um conjunto de investimentos em uma gama variada de indústrias, promovendo verdadeiro ataque frontal, visando provocar um grande impulso na economia (big push), de sorte que osnovos trabalhadores constituiriam mercado para as novas atividades (SOUZA, 1999, p. 237).

Com esse pensamento, podemos exemplificar a implantação da Zona Franca de Manaus, após anos de declínio da economia amazonense, com o fim do período áureo da borracha. Essa implantação foi idealizada pelo deputado federal Francisco Pereira da Silva e criada pela Lei no. 3173 de 06 de junho de 1957, como portolivre. No entanto, dez anos depois, o governo do presidente Humberto de Alencar Castelo Branco, por meio do Decreto no. 288, de 28 de fevereiro de 1967 ampliou essa legislação e reformulou o modelo, estabelecendo incentivos fiscais por 30 anos para implantação desse polo industrial. Com essa ideia, foi criado o atual modelo de desenvolvimento em uma área de 10.000 km da Amazônia Ocidental,...
tracking img