Teoria contigencial

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1204 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE PAULISTA

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA

GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

FUNDAMENTOS DA ADMINISTRAÇÃO
TEORIA CONTINGENCIAL

Professora: Quézia Talita Duarte
Turma: Sala 13 Componentes: Prislaine Viera, Kelly Padilha, Claeber Wine Oliveira, Claudia Eliodorio,Aguinalda Rodrigues Cardoso, Thainan Tamara

Aracaju, 10 de Outubro de 2011

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO ----------------------------------------------------------------------------------3

1.0 CONTEXTUALIZAÇÃO ------------------------------------------------------------------3

2.0 A TEORIA -----------------------------------------------------------------------------------43.0 PESQUISA DE ALFRED D. CHANDLER -------------------------------------------4
4.0 PESQUISAS DE T.BURNS & G.M. STALKER ------------------------------------5
4.1 Organizações mecânicas -----------------------------------------------------------------5
4.2 Organizações orgânicas------------------------------------------------------------------5
4.3 Adhocracia------------------------------------------------------------------------------------5
5.0 PESQUISA DE JOAN WOODWARD SOBRE A TECNOLOGIA--------------6
5.1 Classificações tecnológicas--------------------------------------------------------------6
5.2Conclusões-----------------------------------------------------------------------------------6

5.0 CONCLUSÃO DA TEORIA--------------------------------------------------------------7

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS--------------------------------------------------------8


INTRODUÇÃO

O objetivo desse seminário é de buscar ampliaçãodos conhecimentos da área de gestão em recursos humanos na referente matéria “Introdução à Administração” no que diz respeito à teoria da contingencia abordada nesse semestre como uma nova teoria entre outras já ministradas no curso.
Nesse sentido, aprimoramos nosso conhecimento acrescentando o conteúdo aos outros já discorridos durante o período letivo desse semestre.

1.0 CONTEXTUALIZAÇÃOA teoria da contingencia ou contingencial enfatiza que (tudo é relativo, tudo depende) não havendo o absolutismo nas organizações ou na própria teoria, explicando-se que existe uma relação funcional entre as condições ambientais e as técnicas administrativas apropriadas.
Sendo que as variáveis ambientais são independentes enquanto as técnicas administrativas são variáveis dependentes dentro deuma funcionalidade, na realidade não existe diretamente uma causalidade entre essas variáveis independentes ou dependentes, existe então uma relação funcional dentre elas.
E somente nãos se da à ampliação da relação funcional é quando haja uma relação causa-de-efeito; pois a gestão é ativa, não é passivelmente dependente na prática da gestão contingencial, o reconhecimento, o diagnóstico e asadaptações à situação são certamente importantes, porém, eles não são suficientes às relações funcionais entre as condições ambientais e as práticas administrativas que devem ser constantemente identificadas e especificadas.

2.0 A TEORIA
A teoria contingencial concebeu-se através de várias pesquisas aonde se observou quais os “modelos de estrutura organizacional” eram mais eficazes em determinadostipos de indústrias, essas pesquisas e como também as indústrias tornaram-se facilitadores na medida do possível procurando compreender e explicar o modo pelo qual variavam sua funcionalidade de acordo com o ambiente ou contexto em que as empresas escolheram como seu domínio de operações ou condições, por outras palavras as condições são ditadas de acordo com o seu ambiente externo, podendo ser...
tracking img