Teologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5154 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
I Timóteo.
a. Autor
Paulo, apóstolo de Jesus Cristo, segundo o mandado de Deus, nosso Salvador, e do Senhor Jesus Cristo”.
b. Destinatário
Timóteo acompanhou Paulo nas suas viagens, mas diversas vezes foi enviado pelo apóstolo para outros lugares, ou permanecia atrás quando Paulo precisava partir. Timóteo gozava da total confiança de Paulo.
c. Circunstâncias (data, local, etc )
A linguagemusada em 1:3 sugere que Paulo estivera em Éfeso pouco antes de escrever esta carta. Tudo indica, também, que ele estava em liberdade (ao contrário da ocasião em que escreveu II Timóteo, quando já estava preso).
d. Propósito
I Timóteo foi escrita para que Timóteo soubesse “como convém andar na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da verdade” (I Tm 3:15). Este é o resumoe a chave da epístola, que podemos desdobrar em três assuntos:
* instruções pessoais
* instruções positivas quanto à sã doutrina;
* avisos sobre a falsa doutrina.
e. Esboço
Pensando nos três assuntos mencionados acima, podemos dividir a carta de uma forma bem simples:
* (i) Saudação (1:1-2)
* (ii) 0 primeiro ciclo (1:3-3:16)
* A Falsa Doutrina (1:3-11)
*Exortações Pessoais (1:12-20)
* A Sã Doutrina (2:1-3:16)
* (iii) 0 segundo ciclo (4:1-6:2)
* A Falsa Doutrina (4:1-5)
* Exortações Pessoais (4:6-5:2)
* A Sã Doutrina (5:3-6:2)
* (iv) 0 terceiro ciclo (6:3-19)
* A Falsa Doutrina (6:3-10)
* Exortações Pessoais (6:11-16)
* A Sã Doutrina (6:17-19)
* (v) Conclusão (6:20-21)
Saudação — 1:1-2
A saudação éusada para apresentar o autor e o destinatário da carta. Alguns detalhes interessantes destes versículos devem ser destacados.
incondicionalmente.
A falsa doutrina (i) — 1:3-11
Já temos pensado na Introdução à epístola, onde escritor e destinatário são apresentados. Agora temos o primeiro de três trechos na epístola que avisam sobre a falsa doutrina e os falsos ensinadores. Podemos dividir estetrecho (vs 3 a 11) em três partes menores, facilitando o nosso estudo:
* Quem ensina outra doutrina produz “questões“ — (lit., “contendas”) e não edifica (vs.3-4);
* Quem desvia da sã doutrina produz confusão e não instrui (vs.5-7);
* Quem é contrário à sã doutrina torna-se culpado da lei e não a usa legitimamente (vs.8-11).

.
b. Desviando da sã doutrina — 1:5-7
Tendo faladosobre o perigo de ensinar outra doutrina, agora o Espírito Santo fala de desviar da verdade. Quem se desvia da verdade começa a perambular pelos caminhos tortuosos do engano e da mentira, “não entendendo nem o que dizem nem o que afirmam”. Ou seja: a sã doutrina instrui; “outra doutrina” apenas confunde.
c. Sendo contrário à sã doutrina — 1:8-11
O argumento até agora foi que edificação só viráatravés da sã doutrina (vs. 3-4), e que é necessário advertir quem ensina outra doutrina para que eles não errem o alvo, que é o amor (vs. 5-7). Somente onde houver um coração lavado pela Palavra, uma consciência corrigida pela Palavra, e uma fé orientada pela Palavra, este amor irá manifestar-se plenamente.
Exortações pessoais (i) — 1:12-20
a. Introdução
Estamos entrando agora na segunda subdivisãoda epístola, depois da Introdução. Já consideramos A Falsa Doutrina (1:3-11), onde aprendemos que quem ensina outra doutrina produz contendas e não edifica (vs. 3-4), quem desvia da sã doutrina produz confusão e não instrui (vs. 5-7), e que quem é contrário à sã doutrina torna-se culpado da Lei e não a usa legitimamente (vs. 8-11).
Tendo exposto o erro, o próximo passo agora no caminho doEspírito Santo, ao usar Paulo, é uma exortação pessoal a Timóteo. Dois exemplos são usados para dar peso à exortação pessoal:
* o exemplo positivo de Paulo (12-17); e
* o exemplo negativo de Himeneu e Alexandre (18-20).
b. O exemplo positivo de Paulo (1:12-17)
Paulo terminou o trecho anterior falando de como foi confiado a ele o Evangelho da glória do Deus bendito; agora ele mostra que...
tracking img