Tendencias apos dec 80

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2107 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS DEPOIS DA DÉCADA DE 80







1. RESUMO

Apresenta as cinco principais tendências pedagógicas que surgem após a década de 80, destacando-se a Psicomotricidade defendida por Le Boulch (1978), a Desenvolvimentista defendida por Go Tani (1988) e demais autores, a Construtivista defendida por João Batista Freire (1989), a Crítico-Superadora defendida pelo Coletivode Autores (1992) e a Critico-Emancipatória defendida por Elenor Kunz (1994).

Palavras-chave: Tendências pedagógicas. Década de 80. Psicomotricidade. Desenvolvimentista. Construtivista. Crítico- Superadora. Crítico- Emancipatória.



2. Psicomotricidade de Jean Le Bouch
A Psicomotricidade pode ser compreendida como uma ciência relativamente nova que, tendo o homem como objetode estudo, engloba outras áreas: educacionais, pedagógicas e da saúde. (BUENO, 1998)

O discurso inicial da Psicomotricidade era de domínio médico, especificamente neurológico, com o desenvolvimento e as descobertas da neurofisiologia, começa a constatar-se que há diferentes disfunções graves sem que o cérebro esteja lesionado ou sem que a lesão esteja localizada claramente. Sãodescobertos os “distúrbios da atividade gestual”, “da atividade práxica”[1], sem que anatomicamente estejam circunscritos a uma área ou parte do SN[2]. Portanto, o “esquema anatomo-clínico”[3] que determinava para cada sintoma sua correspondente lesão focal, já não podia explicar alguns fenômenos patológicos.[4] (BUENO, 1998)

Segundo Bueno (1998) é a necessidade médica de encontrar uma área[5]que explica determinados fenômenos clínicos[6] que deu o nome pela 1ª vez à palavra Psicomotricidade, no ano de 1870.

Hoje, a Psicomotricidade representa uma ciência das mais respeitadas por diversas áreas e segmentos, incorporada a vários cursos superiores, com um curso de graduação no IBMR[7] (RJ) e com inúmeros cursos de Pós-graduação, assim Bueno (1998, p. 24) complementa que “aevolução da Psicomotricidade no Brasil de forma geral vem acompanhando o desenvolvimento geral da ciência.

Dentro da Psicomotricidade destaca-se o francês Jean Le Boulch que apresenta seus estudos partindo da psicocinética a Psicomotricidade funcional. Suas teorias são:

• Visão homem/corpo: conceitua o individuo como alguém que se organiza a partir da imagem do seu corpo.• Visão teórica: onde a visão da Psicomotricidade é baseada no desenvolvimento, em que o centro é o seu corpo:

- orienta seus estudos por meio da psicocinética;

- divide os estudos do corpo em corpo sentido, corpo vivido, corpo percebido e corpo representado.

- estuda a integração dos mecanismos regulares e de ajustamento do movimento, e entre outros.

• Visãometodológica: que é baseada nas situações-problema e no controle tônico:

- afirma que a ação educativa desenvolve-se por meio de movimentos espontâneos e atitudes corporais, sendo a gênese da imagem do corpo.

- defende que o ajustamento da ação desenvolve-se pela tríade estipulada por Piaget: adaptação, assimilação e acomodação, entre outros.

• Visão prática: sugere o jogo e a expressãolivre, jogos ritmados, de coordenação global, coordenação fina, grafismo e espaço-temporal.

• Visão de avaliação: que a partir das atividades propostas de acordo com a faixa etária explorada, estabelece alguns os parâmetros naturais de acompanhamento dentro de uma determinada evolução, sem estabelecer um método especifico.

Hoje em dia vemos a Psicomotricidade estabelecidadentro principalmente das creches e pré-escolas, utilizando as atividades lúdicas para estimular os processos de desenvolvimento e aprendizagem, aprendizagens estas significativas, espontâneas e exploratórias da criança e de suas relações interpessoais, buscando também analisar e interpretar o jogo infantil e seus significados, e seu principal objetivo é a Psicomotricidade, onde os mecanismos de...
tracking img