Temperaturas extremas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1512 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
TEMPERATURAS EXTREMAS (CALOR E FRIO)

O ser humano dispõe de mecanismos reguladores eficazes porque precisa manter a temperatura interna do seu corpo praticamente constante, entre 36°C e 38°C,mesmo em condições ambientais muito agressivas.
Para evitar que o calor recebido do ambiente e o produzido internamente devido a atividade física realizada desestabilizem a temperaturacorporal, o organismo utiliza processos físicos e fisiológicos para dissipar o excesso de calor.
Os mecanismos físicos são os seguintes:
• Radiação: é a troca de calor que se produz através de ondas eletromagnéticas entre corpos com diferentes temperaturas. A perda ou ganho de calor por radiação depende da temperatura superficial dos corpos.
• Condução: é a troca de calor queacontece entre corpos em contato. A perda ou ganho de calor por condução depende da temperatura dos corpos.
• Convecção: é a troca térmica entre a pele e o ar que a rodeia. A perda ou ganho de calor por convecção depende da temperatura e da velocidade do ar.
• Evaporação: a evaporação do suor é o único dos mecanismos que só implica em perda de calor, essa perda depende da umidade e davelocidade do ar.

Os mecanismos fisiológicos mais importantes são os seguintes:
• No frio: redução do fluxo sanguíneo superficial e o incremento da atividade física (tremor).
• No calor: aumento da produção de suor e do fluxo sanguíneo superficial, e diminuição da atividade física (moleza).
 Calor
 Exposição Ocupacional
 Os efeitos da sobrecarga térmica (ou estresse térmico),que um trabalhador está submetido em uma área de trabalho quente, dependem de fatores ambientais e de características individuais do trabalhador, tais como idade, peso e, condicionamento físico, especialmente do aparelho cárdio-circulatório. Entre os fatores ambientais devem ser considerados a temperatura, a umidade, o calor radiante (sol, fornos) e a velocidade do ar.
As ocupações com maiorrisco de exposição ao calor incluem os cozinheiros, padeiros, fundidores de metais, fabricantes de vidros, mineiros, entre outros. Os riscos aumentam com a umidade elevada, que diminui o efeito refrescante da sudorese, e com o esforço físico prolongado, que aumenta a quantidade de calor produzido pelos músculos.
A exposição prolongada ao calor excessivo pode causar um aumento da irritabilidade,fraqueza, depressão, ansiedade e incapacidade para concentrar-se. Nos casos mais graves, pode ocorrer alterações físicas tais como desidratação, erupção (vesículas roxas na área afetada da pele) e câimbras (espasmos e dor nos músculos do abdômen e das extremidades).
 Esgotamento por calor
 Ocorre quando a perda contínua de fluidos, através da transpiração, não é compensada pela ingestão de líquidos esais. O trabalhador continua transpirando em profusão mas apresenta palidez, fraqueza, dor de cabeça, tonturas e náuseas. A temperatura corporal se apresenta normal ou ligeiramente elevada e a pele torna-se úmida, fria e pálida ou avermelhada.
Intermação ou hipertermia
 A intermação ou hipertermia é a ocorrência mais grave na exposição ocupacional ao calor e decorre da falha do mecanismointerno do organismo para regular sua temperatura interna. A transpiração cessa e o organismo perde a capacidade de liberar o excesso de calor. A temperatura corporal aumenta para 41°C ou mais e a pele torna-se seca, quente e vermelha ou azulada. Os sintomas incluem dor de cabeça, náuseas, confusão mental, delírio, perda da consciência, convulsões, coma e, se não tratada oportunamente, pode até levar amorte.
Limites de tolerância ao calor
No caso de exposição excessiva ao calor, os limites são aqueles constantes do Anexo nº 3 da NR-15 da Portaria 3214/78. Em geral, é necessário a implementação de procedimentos para uma adequada rehidratação e reposição salina, através da ingestão de sal e água. Vestimentas adequadas devem ser utilizadas. A reposição de líquido e sais perdidos pelo suor pode...
tracking img