Sustentabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1546 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Passo um
Introdução
Este trabalho é um breve resumo sobre o Direito Comercial e Direito Empresarial, Empresa e sua evolução e o Empresário, espero que ao ler os textos a seguir, as pessoas consigam ter uma visão, do que, este ramo do Direito realmente representa e o quanto ele é importante na vida das pessoas, pois ele regulamenta as empresas, mostrando os direitos eresponsabilidades das pessoas físicas e jurídicas.
Direito Comercial e Direito Empresarial

É o ramo do direito que cuida e suporta a atividade econômica de fornecimento de bens ou serviços q que podemos denominar de empresa, por meio da Lei, Doutrina e Jurisprudência. Seu objetivo é o estudo de casos para a superação de conflitos envolvendo empresários ou os relacionados às empresas.Direito comercial é também a designação tradicional do ramo jurídico que tem por objeto os meios socialmente estruturados de superação dos conflitos de interesse entre os exercentes de atividades econômicas de produção ou circulação de bens ou serviços de que necessitamos todos para viver. Note-se que não apenas as atividades especificamente comerciais (intermediação de mercadorias, no atacado ouvarejo), mas também as industriais, bancárias, securitárias, de prestação de serviços e outras, estão sujeitas aos parâmetros (doutrinários, jurisprudenciais e legais) de superação de conflitos estudados pelo direito comercial. Talvez seu nome mais adequado, hoje em dia, fosse direito empresarial. Qualquer denominação, o direito comercial (mercantil, empresarial ou de negócios) é uma área especializadado conhecimento jurídico.
O nome Direito Comercial tem raízes históricas, foi na Itália, em m1942, que surgiu um novo sistema de regulação das atividades econômicas entre os particulares. Nesse novo sistema, houve o alargamento da frente do direito comercial, passando a incluir as atividades de prestação de serviços e as ligadas a terra, que passaram a se submeter às normasaplicáveis às atividades de comércio, bancárias, securitárias e industriais. O novo sistema passou a ter o nome de teoria da empresa. O direito comercial deixou de abranger só os atos do comércio e passou a disciplinar a produção e a circulação de bens e serviços de forma empresarial.
Com a Lei nº 10.406, de 10 de janeiro de 2002, o novo código civil revogou a parte geral do códigocomercial de 1850, com isso houve substancial modificação por tratar as pessoas jurídicas no ramo do direito civil, ficando o direito comercial apenas os atos do comércio, e através dessa lei foi trazendo para o direito civil, tudo o que era tratado no direito comercial, o que era relacionado com a pessoa jurídica.
O Direito Empresarial é um ramo do Direito Privado, tratado no código civil,é um conjunto de normas referente ao empresário, disciplinando suas atividades, princípios e normas referentes à atividade do titular da empresa, e regula as atividades do empresário que deve atuar econômica e organizadamente para atender a produção ou a circulação de bens e serviços suprindo o mercado consumidor.

Empresa e sua evolução

Empresa é uma organizaçãoenvolvendo pessoas e bens de maneira geral, com o objetivo de lucro, crescimento, multiplicação, sempre buscando a sustentabilidade. A empresa é formada por empresários que em sentido lato são os seus próprios donos que devem ter um perfil empreendedor. É também uma atividade econômica organizada para a produção de bens ou serviços. Sendo uma atividade a empresa não tem natureza jurídica de sujeitode direito nem de coisa, em outros termos não se confunde com o empresário (sujeito) nem com o estabelecimento empresarial (coisa).
Empresa é o exercício de negócios jurídicos, qualificados, atividade econômica organizada, com fins próprios lícitos, não pode ser nada contra a lei. Ex: exploração de Máquinas caça-níqueis, banca de jogo do bicho.
A marca essencial...
tracking img