Sustentabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4317 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
sustentabilidade

Entusiastas
saem na frente
102 HsMManagement 91 • março-abril 2012 hsmmanagement.com.br

Fotos: iStock

O

Quão rápido as empresas estão adotando uma gestão orientada para a sustentabilidade? o mais recente estudo sustentabilidade & inovação, realizado pelo boston consulting group e pela mit sloan management review, identifica dois grupos bem diferentes: as“entusiastas” e as “cautelosas”

comprometimento das empresas com a gestão orientada para a sustentabilidade está aumentando. Algumas organizações, porém, o têm ampliado de forma muito mais agressiva do que outras. Com isso, surge um abismo entre as líderes da estratégia da sustentabilidade (as empresas “entusiastas”) e as retardatárias (as “cautelosas”). Essa é a principal conclusão da segunda pesquisaanual Sustentabilidade & Inovação, produzida ao longo de 2010/2011. O estudo, feito pelo Boston Consulting Group em parceria com a MIT Sloan Management Review, ouviu mais de 3 mil executivos de companhias de diversos portes, desde as com menos de 500 funcionários até algumas com mais de 500 mil, no mundo todo. Também foram entrevistados acadêmicos e executivos seniores.

Como as organizações estãorespondendo aos desafios e às oportunidades da sustentabilidade? Como estão mudando, ou não, os termos em que se dá a competição diante das preocupações relativas à sustentabilidade? Como as práticas de ponta em gestão estão sendo transformadas em consequência disso? Essas são as questões exploradas no estudo. O crescimento dos investimentos relativos à sustentabilidade é explicado,principalmente, pelo fato de que as empresas acreditam, cada vez mais, que a sustentabilidade será um modo de obter vantagens. Elas creem mesmo que precisará ser incorporada estrategicamente em todos os aspectos da operação e que, no futuro, exigirá uma mudança radical no comportamento competitivo das companhias.

“Nós precisamos integrar a sustentabilidade, não como uma etapa do processo, mas na estrutura donegócio”, argumenta Katie Harper, gestora da cadeia de fornecimento sustentável da Sears do Canadá, expressando uma visão comum a outros entrevistados.

entusiastas e cautelosas: visões distintas
Embora a pesquisa tenha revelado que a maior parte das empresas acredita que a sustentabilidade venha se tornando, crescentemente, parte central do negócio, um grupo de empresas (que chamamos de“entusiastas”) se destaca por realmente agir a partir da ideia de que esse aspecto é central. Enquanto o outro grupo, o das empresas “cautelosas”, vê a sustentabilidade do ponto de vista do gerenciamento

sinoPse •• Os•gastos•com•sustentabilidade•sobreviveram•à•recessão•iniciada• em•2008:•34%•das•empresas•afirmam•que•não•os•reduziram• nos•dois•anos•seguintes•e•quase•60%•delas•revelam•que•seus•investimentos•aumentaram•em•2010.•De•maneira•geral,•as• organizações•estão•comprometidas•com•a•sustentabilidade•de•fato,• porém•os•níveis•de•investimento•variam•significativamente•entre•as• “entusiastas”•e•as•“cautelosas”. •• Todas•as•empresas•enxergam•os•benefícios•da•sustentabilidade;• contudo,•as•entusiastas•estão•na•vanguarda•e•apontam•os• caminhos•de•maior•potencial•rumo•a•uma•vantagem•competitiva•maior•–organizados•em•sete•práticas. •• Mais•de•3•mil•executivos•de•companhias•de•diversos•portes• situadas•no•mundo•inteiro•responderam•à•pesquisa•que•serviu• de•base•ao•estudo•e•que•se•apoia•também•em•análises•de• especialistas•acadêmicos•e•gestores•seniores.

o estudo e este texto são de autoria de Knut Haanaes, sócio e diretor no escritório do boston consulting Group (bcG) sediado em oslo etambém o líder mundial das iniciativas de sustentabilidade do bcG; balu balagopal, sócio sênior e diretor no escritório do bcG em Houston; Ming teck Kong, líder de projeto no escritório do bcG em singapura; ingrid velken, líder de projeto no escritório do bcG em oslo; david arthur, consultor no escritório do bcG em oslo; Michael s. Hopkins, editor-chefe da Mit sloan Management Review; e nina...
tracking img