Sustentabilidade e a contabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 25 (6036 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
CENTRO UNIVERSITÁRIO DAS FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS

CONTABILIDADE SUSTENTÁVEL

JRV
São Paulo, 2010

Projeto Integrado I, apresentado a UniFMU como matéria de caráter obrigatório ao primeiro semestre da graduação em ciências contábeis, sob orientação dos professores do curso.

Sumário
Resumo 3
1 Introdução 4
2 Metodologia da Pesquisa 9
3 Referencial Teórico 10
3.1Desenvolvimento Sustentável 10
3.2 Ecoeficiência 11
3.3 Gastos Ambientais 12
4 O Estudo de Multicasos 16
5 Considerações Finais 19
Referências 21

Resumo

Há no mercado divulgação de gastos incorridos em atividades não relacionadas com a sustentabilidade ecológica, como gastos ambientais. Para evitar isso, é necessário compreender o fato gerador do gasto ambiental. O objetivo deste trabalho éinvestigar, analisar e identificar o tipo de evento relacionado com o fato gerador do gasto ambiental para melhorar a informação sobre as atividades que visam à sustentabilidade ecológica
dos negócios. Este trabalho analisa certos conceitos, limita o campo de atuação da Contabilidade da gestão ambiental, propõe um conceito chamado de O Sistema Empresa Ecoeficiente e o analisa e o compara comdeterminados casos práticos.
Palavras-chave: Sustentabilidade Empresarial, Contabilidade da Gestão Ambiental, Gastos Ambientais.

1 Introdução

As empresas são sistemas que interagem com outros sistemas formando um todo. Quando um sistema não se desenvolve, o todo não pode se manter. Com base nesse raciocínio, as firmas podem ponderar a sustentabilidade em seus processos decisórios e inseri-la noplanejamento estratégico visando à continuidade de seus negócios (da parte) e da sociedade em geral (do todo).
Sustentabilidade qualifica tudo aquilo que pode se manter. Sustentar pode ter muitos significados. Um deles pode ser atributo a algo ininterrupto, cíclico, com perspectiva de continuidade.
Nesse sentido, Kates et al. (2003) considera a situação atual do mundo como insustentável. Comuma sociedade em crescimento, globalizada, interconectada e desigual, a humanidade não está conseguindo manter a sustentabilidade dos ecossistemas que suportam a vida na Terra.
As sociedades nascem e se desenvolvem por meio de organizações, instituições e empresas que operam para atender às necessidades das pessoas. Erigir um desenvolvimento sustentável pode significar organizações, instituições eempresas atuando em suas regiões para satisfazerem as necessidades da população presente sem comprometer a capacidade das futuras gerações em satisfazerem suas próprias necessidades.
Para isso, são necessárias várias pequenas mudanças na cultura, nos paradigmas e nos negócios da humanidade. Uma dessas mudanças é a inserção da sustentabilidade nos processo de decisão das organizações, dasinstituições e principalmente das empresas.
No contexto dos negócios, a sustentabilidade pode ter três dimensões: a econômica, a social e a ecológica. Essas dimensões são conhecidas internacionalmente como Triple Bottom Line (TBL) da sustentabilidade de um negócio.
O Conceito TBL reflete sobre a necessidade de as empresas ponderarem em suas decisões estratégicas o bottom line econômico, o bottom linesocial e o bottom line ambiental, mantendo: a sustentabilidade econômica ao gerenciar empresas lucrativas e geradoras de valor; a sustentabilidade social ao estimular a educação, cultura, lazer e justiça social à comunidade; e a sustentabilidade ecológica ao manter ecossistemas vivos, com diversidade.
Conforme a Figura 1 há interações entre os três bottom line da sustentabilidade:

Figura [ 1 ] -Interações do Triple Bottom Line (TBL) da sustentabilidade
Fonte: Baseado em CES-FGV (2006) e em Sustainable measures (2006).
Observa-se que as características e a sustentabilidade das comunidades são o resultado das interações entre o meio ambiente, a economia e a sociedade. Assim, muitas empresas interessadas no desenvolvimento sustentável podem investir no bottom line econômico, no bottom...
tracking img