Suinos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 24 (5950 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
6
MANEJO REPRODUTIVO
A suinocultura busca, continuadamente, aumentar a eficiência reprodutiva. Para tanto, o técnico precisa conhecer os aspectos reprodutivos que caracterizam a espécie.
No sul do país, em criações tecnificadas de pequeno a médio portes, os índices reprodutivos médios estão em 9,5 leitões/leitegada e 1,9 partos/porca/ano, enquanto o potencial biológico estimado das fêmeassuínas está por volta de 13 leitões/leitegada e 2,6 partos/porca/ano. Isso mostra que existe uma margem considerável entre os resultados e o potencial genético disponível.
Aspectos sobre a reprodução dos suínos
Maturidade sexual
5 - 6 meses
Aptidão reprodutiva
6 - 7 meses
Ciclo estral da fêmea
poliéstrica anual
Duração do ciclo estral
20-21 dias
Duração do cio
3-4 dias
Duração da fasefértil
48 -56 horas
Óvulos liberados por cio
15-25
Local de ejaculação
intra-uterino
Gestação
± 114 dias
Cio pós-desmame
3-10 dias
Pico reprodutivo
4º-5º parto
6.1. MANEJO REPRODUTIVO DA FÊMEA
6.1.1. Nulíparas
A chegada da puberdade é marcada pelo aparecimento do 1º cio fértil. A idade com que acontece é influenciada por diversos fatores tais como raça, genótipo, condição nutricional, meioambiente e manejo adotado na granja.
Com vistas a diminuir a idade da fêmea à primeira cobertura, de forma a maximizar sua produtividade, várias técnicas vêm sendo adotadas:
6.1.2. Indução hormonal
Apesar de se mostrar eficiente na indução de puberdade precoce, a utilização de hormônios não é recomendada, uma vez que tende a resultar em baixo índice de concepção, elevada mortalidadeembrionária e/ou ocorrência de ciclos reprodutivos subseqüentes anormais.
PA LOVATTO, Suinocultura geral, Capítulo 06 Manejo reprodutivo 1
6.1.3. Transporte de fêmeas
O transporte é uma estratégia eficiente em fêmeas com mais de 150 dias de idade. Um elevado percentual das fêmeas que são transportadas e introduzidas em outra granja, entram em cio entre 4 a 7 dias.
6.1.4. Mistura de lotes
Esta é outraprática que se mostra eficiente em estimular o cio de fêmeas púberes. A mistura de diferentes lotes de marrãs em uma baia ou a transferência de um lote para uma nova baia, tem efeito positivo sobre a ciclicidade.
6.1.5. Contato com o cachaço
Este é o método mais eficiente para estimular o aparecimento do cio. O cachaço produz uma substância chamada ferormônio que se encontra na saliva e estimula afêmea. Alguns trabalhos sugerem que deve haver um contato direto, não somente visual, entre o cachaço e a fêmea, sendo que a duração deste contato depende do tamanho do grupo de fêmeas. Isto ficou demonstrado num trabalho (Tabela 01) no qual fêmeas com 160 dias de idade foram alojadas em grupos de 2-4 ou 8 leitoas e tiveram presença do cachaço entre 5 e 20 minutos por dia.
Tabela 01 - Dias àpuberdade em função da exposição ao cachaço por diferentes tempos
Tempo de exposição, min
Período até puberdade, dias
Fêmeas/grupo
5
27 – 33
2
12,5
16
2
12,5
33
4
12,5
38
8
20
23
2
20
20
4
20
20
8
Fonte: Industria Porcina, 1993
Os resultados apresentados sugerem que a melhor eficácia se dá com contato diário de 10-15 min e nos pequenos grupos. A rotação de cachaços tambémexerce forte influência no aparecimento do cio em leitoas (Figura 01).
PA LOVATTO, Suinocultura geral, Capítulo 06 Manejo reprodutivo 2
Figura 01 - Idade à puberdade frente a presença (rotação x único) ou ausência de cachaço024681012160165170180190200210220Idade, diasFêmeas puberes, n°Com machoRotação machoSem macho
Fonte: EMBRAPA/CNPSA, 1985
Os cachaços têm variações quanto ao seu poder deestímulo. Isto é devido, em parte, à idade (Tabela 02). É possível que haja diferença entre cachaços adultos, tanto na produção quanto na liberação de ferormônio na saliva.
Tabela 02 - Efeito do contato diário, durante 30 minutos, de machos de diferentes idades sobre o surgimento da puberdade em leitoas com idade média de 164 dias.
Tratamento
Intervalo entre o 1º contato com o cachaço e a...
tracking img