Stress gerencial-resumo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (833 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Relatório , Capitulo 10- Stress gerencial
Pretende-se com o presente estudo descrever o que é o stress gerencial e como ele afeta no campo gerencial, entendendo melhor o conceito vamos descrever eidentificar alguns tipos de stress e esclarecer como ele afeta tanto o campo organizacional e mostrar como o stress pode também contribuir de uma forma positiva nas organizações.
O stress é um malque vem aumentando de forma ininterrupta nos últimos anos ele pode causar desde leves sintomas até a morte, os sintomas podem ter uma relação direta com doenças que estão presentes no nosso cotidianocomo: dor de cabeça pressão alta. Ou doenças graves como: Ulceras ataques cardíacos por isso deve ser diagnosticado por um profissional especializado. Os especialistas afirmam que apreensão,conflito, transtornos da vida das pessoas e pressão no trabalho são causas dessa condição que cada vez mais o ser humano esta exposto. Mais como ele pode influir no campo gerencial?
O ambiente maisfavorável a esse tipo de situação é o das organizações, e o gerente é o mais vulnerável por lidar com pessoas de diferentes personalidades de uma forma muito intensa às vezes o contato nem sempre é agradável,o papel do gerente está diretamente relacionado com tomadas de decisões, resolver conflitos, estabelecer harmonia entre personalidades conflitantes.
Gerenciar pessoas é uma tarefa muito difícil exigealto grau de maturidade e equilíbrio pessoal alem do profundo conhecimento da natureza humana por isso se um gerente esta estressado suas decisões tomadas de maneira errada atingira um maior númerode pessoas influindo nos resultados da empresa alem de seu próprio mal estar.
Stress aspecto histórico e conceito
Historicamente falando embora o conceito de stress seja relativamente antigo apalavra stress foi usada no século XVII para representar “adversidade” ou “aflição” e no fim do século XVIII seu uso evoluiu para “pressão” ou “esforço” exercida pela própria pessoa seu organismo e mente...
tracking img